Momento +

“Foi um acontecimento importante e fez a diferença na vida de muitas famílias”, afirma secretária de Assistência

Publicados

em

 

Foram os detalhes que fizeram com que o Ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá, fosse transformado em um espaço de realização de sonhos para mais de 1,150 mil casais que participaram do Casamento Abençoado, no domingo (10.10).  Flores, iluminação e tapete vermelho compuseram a decoração do local. A cerimônia emocionou muitos que acompanhavam o casamento presencialmente ou que assistiam pelos canais que transmitiram o evento ao vivo.

“Foi um acontecimento importante paras muitas famílias e por isso a primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, fez questão de garantir aos casais e convidados tudo o que um casamento tem direito como bem-casados, doces e brinde com espumante”, pontuou a secretária de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), Rosamaria Carvalho, que coordenou de perto toda a ação.

Segundo ela, foram semanas de preparação e muito zelo de todos os colaboradores envolvidos. “A primeira-dama visitou muitas vezes o local da cerimônia antes, cuidando de cada detalhe para que tudo saísse perfeito. Tivemos muitas pessoas envolvidas cuidando da decoração e da organização do evento. Só podemos agradecer a equipe da Setasc e todos os demais colaboradores”, disse Rosamaria.

Leia Também:  Documentário que homenageia Agostinho Bizinoto o mestre da cultura mato-grossense será lançado nesta quarta-feira (27)

A secretária adjunta de Cidadania da Setasc, Rosineide Porcionato, lembrou que foram criados grupos em aplicativo de mensagens para que as os noivos e noivas acompanhassem a preparação do casamento. “Foi uma alegria enorme poder vivenciar tudo isso e compartilhar a alegria desses casais. A própria primeira-dama estava nesses grupos acompanhando a ansiedade e expectativa dos participantes”.

Participaram do casamento os casais com renda total de até três salários mínimos e que são cadastrados no CADÚnico. Além da cerimônia, o Estado custeou todo o processo cartorial para a oficialização da união civil dos inscritos, em parceria com o Tribunal de Justiça, Associação dos Notários e Registradores de Mato Grosso (Anoreg), Defensoria Pública e Ministério Público.

Fonte: GOV MT

Momento +

“Setor de base florestal apoia plenamente o programa Carbono Neutro MT “, afirma presidente do Cipem

Publicados

em

O presidente do Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (Cipem), Rafael Masson, afirma que o setor apoia a iniciativa do Estado de implementação do Programa Carbono Neutro MT, lançado nesta segunda-feira (25.10). A meta voluntária do Estado é neutralizar os gases do efeito estufa até 2035.

“O Estado está levando mais uma bandeira muito forte para o mundo e para o Brasil, e o setor apoia plenamente o programa. Somos da base florestal, com muito orgulho, temos mais de 4,7 milhões de hectares em manejo sustentável no estado”, disse Masson durante a cerimônia de lançamento.

Com o fortalecimento das metas ambientais do Programa Carbono Neutro MT, a projeção é alcançar 6 milhões de hectares de manejo susntentável até 2030. O manejo sustentável é a estração de ativos da floresta com o menor impacto anbiental, preservando a mata em pé.

O Cipem foi uma das instituições que aderiram ao programa como apoiadores, e que farão campanhas para disseminar as metas e os resultados. Também assinaram a Federação das Indústrias de Mato Grosso (FIEMT), a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato), a Associação dos Produtores de Soja  (Aprosoja-MT),  Associação Matogrossense dos Produtores de Algodão (AMPA), Instituto Mato-Grossense da Carne (Imac), União Nacional do Etanol de Milho (UNEM),  e Ação Verde.

Leia Também:  Agricultores de Porto Alegre do Norte recebem selo que identifica origem e qualidade dos produtos

O Cipem é a união de oito sindicatos patronais de Base Florestal, que tem o objetivo de organizar e fortalecer o setor. Incentiva a produtividade e o consumo consciente de madeira e seus subprodutos de forma sustentável, com respeito a legislação vigente e em harmonia com o meio ambiente.

Carbono Neutro MT

O Programa Carbono Neutro MT foi instituído pelo decreto 1.160/2021, com o objetivo de fortalecer 12 ações que contribuem para o desenvolvimento sustentável, gerando o equilíbrio entre as emissões e remoções de gases do efeito estufa.

As medidas elencadas como importantes para a descarbonização de MT são:  a manutenção do ativo florestal do estado, manejo florestal sustentável, regularização fundiária, melhorias na gestão de áreas protegidas, reflorestamentos comerciais, restauração de florestas, redução do risco de incêndios, manejo sustentável para a produção agropecuária, proteção de vegetação secundária em áreas de desmatamento legal, recuperação de pastagens, integração lavoura-pecuária-floresta, e produção e consumo de biocombustíveis.

As ações serão ajustadas e revisadas constantemente para adequação às inovações tecnológicas e mudanças de conjuntura político-sociais. O decreto também institui o Comitê Gestor do Programa para monitorar os resultados.

Leia Também:  No primeiro dia, unidade móvel do Hospital de Amor em Sorriso, atendeu mais de 55 mulheres

Mato Grosso criou também quatro categorias do Selo Carbono Neutro MT: compromissário, apoiador, carbono 0%, e financiador. O selo será uma certificação importante para as empresas que querem mostrar o seu compromisso com o meio ambiente.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA