Momento +

Funcionário de estabelecimento comercial de suplementos alimentares é preso em flagrante e confessa furto de 10 mil reais em mercadorias

Publicados

em

Continua preso em uma unidade prisional da Capital desde a manhã desta terça-feira (1º), um suspeito de 27 anos, acusado  por furto qualificado por abuso de confiança.

O homem, que era funcionário de um estabelecimento comercial de suplementos alimentares, levou R$ 10 mil em produtos.

Os produtos foram recuperados após ação rápida de policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá.

As diligências começaram  logo após a delegacia ser acionada na segunda-feira (31.08) para apurar o furto ocorrido em um estabelecimento comercial, localizado no bairro Quilombo.

A vítima relatou que havia contratado um funcionário no mês de junho. Porém, ao verificar as câmeras de segurança da loja observou que a esposa do funcionário esteve lá e saiu com uma sacola com vários produtos.
No entanto, os itens levados pela mulher não foram registrados pelo funcionário.

Ao ser perguntado pela dona da loja sobre os produtos, ele alegou que teria esquecido de registrar. Desde então, a proprietária passou a observar e começou a perceber que estavam sumindo diversas mercadorias. O prejuízo causado foi avaliado em cerca de R$ 10 mil.

Leia Também:  Prefeito e Vice de Sorriso MT têm os bens bloqueados pela Justiça que dá prazo de 24 horas para que gestores tornem sem efeito nomeações de advogados

Ainda segundo a vítima, ao acessar o computador da loja e entrar no aplicativo do Instagram, percebeu que o perfil apresentava vários produtos idênticos aos da sua loja, sendo um dos produtos, inclusive, que tem em sua loja e o fabricante não vende mais.

Com base nas informações, os policiais civis conseguiram localizar o rapaz, que ao ser abordado confessou que vinha praticando o furto de forma continuada. Os produtos foram recuperados na casa do funcionário.

Diante do flagrante, o suspeito foi conduzido à Derf-Cuiabá, onde foi interrogado pelo delegado Guilherme Bertoli de Carvalho e autuado por furto qualificado pelo abuso de confiança.

Após os procedimentos policiais, o rapaz foi encaminhado para uma unidade prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

 

Otavio Ventureli(com ascom)

Momento +

Cassada, ex-Juíza Selma Arruda detona Senador biônico Carlos Fávaro chamando-o de oportunista desprovido de qualquer qualidade moral

Publicados

em

A ex-juíza Selma Arruda,  não poupou críticas ao senador interino e candidato Carlos Fávaro,  afirmando que ele é um “oportunista”, “completamente desprovido de qualquer qualidade moral” e que “nem pra vice prestou”. Fávaro assumiu a vaga de Selma após a juíza aposentada ser cassada.

“É um oportunista, é um ser completamente desprovido de qualquer qualidade moral. Ele fez tudo que fez com o único objetivo de defender os interesses dos que estão financiando tudo isso. E tanto fez que logo em seguida mostrou um projeto de lei e tudo mais, projetos diretamente defendendo o segmento, e não é o segmento da agricultura, entendeu? Não é, ‘ah, não, ele é do agro…’, não… O segmento dos Maggi, ponto. Tem uma digital por trás dele, tem uma marca registrada”, disse.

Selma foi cassada pela prática de abuso do poder econômico e arrecadação ilícita de recursos nas eleições de 2018. A decisão foi estabelecida por maioria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em abril de 2020 o  presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), desembargador Gilberto GIraldelli, determinou a diplomação de Carlos Fávaro (PSD) no cargo de senador, até a realização da eleição suplementar, que acontece em 15 de novembro, e na qual Fávaro também participa como candidato.

Leia Também:  Sem o zagueiro Benvenuto Botafogo viaja para Goiânia para enfrentar neste domingo(27) o Atlético GO pela 12ª rodada do Brasileirão

Em julho de 2020, Fávaro apresentou a Emenda nº 10 ao Projeto de Lei 1.397/2020. O PL prevê medidas para minimizar os impactos provocados pela crise do novo coronavírus e incentiva a conciliação preventiva, desafogando o Judiciário, além de ser uma ferramenta jurídica importante para a recomposição e crescimento da economia. Os apoiadores de Fávaro não devem ser prejudicados com a emenda, que deve afetar pequenos produtores. No entanto, a emenda impacta o agronegócio.

Empresas do porte da Bom Futuro, de Eraí Maggi, que possuem muito crédito com bancos, acabam sofrendo com o crescimento do número de recuperações judiciais pois as condições de empréstimo pioram, já que os juros tendem a aumentar em decorrência da suspensão das dívidas dos produtores que buscaram a RJ. Em bancos internacionais as taxas de juros chegam a ser metade dos bancos brasileiro.

Blairo Maggi, um dos responsáveis pelo Grupo Amaggi, é um dos críticos do crescimento de pedidos de recuperação judicial no agro, inclusive já os classificando como “enriquecimento ilícito”. A Amaggi é uma trading que comercializa insumos agrícolas com cerca de quatro mil produtores rurais e locais. A emenda de Fávaro deveria beneficiar empresas deste ramo.

Leia Também:  Com a expulsão de Zé Gabriel no inicio do segundo tempo Inter consegue segurar empate contra o São Paulo neste sábado no Beira-Rio

Para Selma, Fávaro não foi bom ‘nem como vice’, e só poderia chegar ao Senado no “tapetão”. “Nem pra vice prestou. Traiu o governador na época, saiu. Aí vem pra uma disputa, não teve capacidade de ganhar, não teve capacidade de votos, e pelo que dizia a boca miúda, não sei se é verdade, mas o que dizem à boca miúda é que despejou muito dinheiro na campanha e fez, sim, muito caixa 2. Coisa que, inclusive, testemunha falou no meu processo para o juiz que me condenou, e até hoje não foi aberto inquérito a respeito. Mas enfim… o que acontece, o cara não tem capacidade para ser vice, não tem capacidade para ser senador, tem que chegar no tapetão mesmo, né? Ele não consegue mais nada. Mas isso o eleitor está vendo. Isso aí eu vou te dizer que vai ter que derramar muito, muito, muito dinheiro para consegui se eleger”, finalizou.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com GD)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA