Momento +

Governador Mauro Mendes faz pedido formal ao vice Otaviano Pivetta que atende e desiste de concorrer ao Senado na eleição suplementar

Publicados

em

O governador Mauro Mendes confirmou que fez um pedido formal ao seu vice, Otaviano Pivetta, para que ele permanecesse ao seu lado no governo.

O pedido foi feito durante uma reunião, na  manhã desta quarta-feira (02), em que participaram apenas os dois mandatários do Estado.

“Apresentei para ele um pedido formal para que continue no governo. Fizemos até agora um trabalho grande para consertar o Estado, e Mato Grosso começa a viver agora uma nova realidade, que ele ajudou a construir”, disse o governador.

Mauro Mendes defendeu a permanência de Pivetta, lembrando que os dois participaram do projeto de eleição do então governador Pedro Taques, “que lamentavelmente não teria dado certo e agora nós dois estamos juntos para consertar o Estado e estamos dando grandes passos nessa direção”.

“Estamos construindo juntos um novo caminho que vai dar muitos resultados para Mato Grosso. É uma nova história. Nosso Estado vai viver nos próximos anos um novo momento, com grandes investimentos e resultados para o cidadão, para a sociedade, em todas as áreas. Não só na infraestrutura, mas na saúde, no social, na educação. O que vai acontecer em Mato Grosso, como poucos estados brasileiros vão experimentar”, defendeu.

Leia Também:  Cinzas de vulcão ativo cancelam treino do Flamengo neste domingo(20) em Guayaquil no Equador em preparativos para o jogo de terça(22)

O governador ainda destacou que Pivetta é um ótimo companheiro de jornada, que trabalha pensando no bem da sociedade, do cidadão, em entregar serviços melhores. Ele tem desenvolvido um trabalho fundamental na infraestrutura e na educação e será primordial a sua permanência no governo.

Atendeu ao pedido de Mendes

O vice-governador, Otaviano Pivetta (PDT), oficializou a retirada da sua candidatura ao Senado. O anúncio foi feito por meio de uma postagem em seu perfil pessoal de uma rede social, na noite desta quarta-feira (2).

“Comunico que retirei minha pré-candidatura ao Senado. A batalha só vale a pena quando o objetivo é mais nobre do que a tarefa que estamos realizando”, disse Pivetta em nota.

A desistência foi um pedido do governador Mauro Mendes (DEM), feito durante reunião no período da manhã, no Palácio Paiáguas.

“Apresentei para ele um pedido formal para que continue no governo. Fizemos até agora um trabalho grande para consertar o Estado, e Mato Grosso começa a viver agora uma nova realidade, que ele ajudou a construir”, explicou o chefe do Executivo.

Leia Também:  Sampaio Corrêa MA não toma conhecimento do Avaí na Ressacada em Floripa e aplica 5 x 2 na equipe catarinense pela Série B

Veja nota completa

Prezados amigos, comunico que retirei minha pré-candidatura ao Senado. A batalha só vale a pena quando o objetivo é mais nobre do que a tarefa que estamos realizando. Hoje me convenci que consertar MT da maneira que estamos fazendo é o melhor que posso para esse momento. Obrigado a todos que acenaram com a confiança e apoio ao meu nome.

 

Otavio Ventureli(com assessoria)

Momento +

Polícia civil investiga morte de mulher de 54 anos encontrada sem vida na cozinha de sua residência com uma facada na região do pescoço

Publicados

em

Uma mulher identificada como Gilzete Souza Silva, 54 anos, foi morta com uma facada na região do pescoço, na manhã  sábado (19), no Residencial Glória, em Pontes e Lacerda MT. O suspeito do crime é o esposo da vítima, de 34 anos.

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada por volta das 5h40 por um vizinho de Gilzete. Ele relatou que ouviu o marido da vítima gritando que alguém teria matado sua esposa.

A PM esteve no local e encontrou a mulher caída no chão da cozinha, onde havia uma poça de sangue na altura da cabeça. A cena do crime foi isolada até a chegada da Perícia Técnica (Politec).

Neste interim, o marido de Gilzete ligou para o 190 e deu uma versão diferente sobre o caso. Na ligação, a PM orientou que ele retornasse para sua residência. O suspeito chegou na casa visivelmente alterado e afirmava que alguém teria matado sua esposa.

Questionado sobre o que poderia ter ocorrido, ele alegou que teria ido até um estabelecimento colocar crédito no celular e ao retornar, encontrou o imóvel bagunçado e a esposa já morta.

Leia Também:  Wanderley Luxemburgo pode contar com o retorno do atacante Luis Adriano já recuperado de contusão para o jogo deste domingo(20) diante do Grêmio

Os policiais também perguntaram se ele poderia ter matado a própria esposa, o suspeito asseverou que teria sido um homem conhecido como ‘mané’. No entanto, ele confessou que seria usuário de drogas e que poderia ter usado maconha na noite da morte da esposa.

Diante da apuração policial, ele foi detido e autuado em flagrante por feminicídio.

 

Otavio Ventureli(da redação com OD)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA