Momento +

Governo de Mato Grosso destina novas viaturas ao Corpo de Bombeiros Militar

Publicados

em


O Governo do Estado entregou, por meio da Secretaria de Segurança Pública (Sesp-MT), em solenidade realizada na manhã desta segunda-feira (03.05), 4 novas viaturas que reforçarão a frota do serviço operacional do 1° Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar (1°BBM). O lote inclui uma viatura Auto Rápida modelo Duster e 3 Unidades de Resgate modelo Master.

As viaturas poderão ser utilizadas em ocorrências de salvamento e serviços pré-hospitalares, dando melhores condições de trabalho aos servidores além de melhorar o atendimento à sociedade durante os chamados de urgências e emergências.

A cerimônia de entrega foi realizada apenas para autoridades, respeitando protocolos de biossegurança contra a Covid-19.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Alessandro Borges, destacou que as novas viaturas vão proporcionar um melhor atendimento às vítimas socorridas pelos militares do CBM-MT, além de gerar mais economia com manutenção.

“Os maiores beneficiados dessa atualização da frota é a população Mato-grossense que receberá um atendimento com mais qualidade. Além disso, essas novas viaturas demandam menos manutenção e consequentemente menos custos ao Estado. As viaturas poderão ser utilizadas imediatamente em ocorrências e salvamento de atendimentos pré-hospitalares”.

Leia Também:  Brasil do "futuro": Um dos Senadores mais sujos do País com dezenas de processos na Justiça Renan Calheiros ameaça pedir prisão de ex-Secretário da Presidência em CPI

Além disso, o comandante-geral adjunto, Coronel BM Ricardo Antônio Bezerra Costa, afirmou “que o Governo está investindo e trabalhando garantir uma boa estrutura para os atendimentos de resgate a sociedade mato-grossense”.

A solenidade contou com a presença do secretário de estadual de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, o secretário adjunto Carlos George de Carvalho Davim, comandante-geral do CBMMT, Coronel BM Alessandro Borges Ferreira, o comandante-geral adjunto, Coronel BM Ricardo Antônio Bezerra Costa e demais coronéis da corporação.

Fonte: GOV MT

Momento +

Brasil do “futuro”: Um dos Senadores mais sujos do País com dezenas de processos na Justiça Renan Calheiros ameaça pedir prisão de ex-Secretário da Presidência em CPI

Publicados

em

O ex-secretário de Comunicação da Presidência da República, Fábio Wajngarten, irritou o presidente e o relator da CPI da Covid durante seu depoimento nesta quarta-feira (12), ao ser questionado sobre frases do presidente Jair Bolsonaro contra as vacinas. Wajngarten respondeu: “Pergunte para ele”.

O relator, Renan Calheiros, queria saber se as declarações de Bolsonaro contrárias a vacinas causavam impacto na população. Renan, ameaçou pedir a pri~so do ex-Secetário da presidência.

Wajngarten evitou responder apenas “sim” ou “não”, o que fez o relator repetir a questão diversas vezes.”Você não pode dizer ‘pergunte a ele’. Você está aqui como testemunha. Sim ou não?”, disse o presidente da CPI, Omar Aziz.

“Você não pode dizer ‘pergunte a ele’. Você está aqui como testemunha. Sim ou não?”, disse o presidente da CPI, Omar Aziz.

Fabio Wajngarten deixou a Secretaria de Comunicação do governo em março deste ano, após quase dois anos no cargo..

Este é o quinto dia de depoimentos da comissão parlamentar de inquérito, que apura ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia de Covid e eventual desvio de verbas federais enviadas a estados e municípios.

Leia Também:  Vigilância Epidemiológica de Nova Mutum MT revela diminuição de casos de Dengue no municipio em relação a igual período de 2020

Na condição de testemunha, o depoente se compromete a dizer a verdade, sob o risco de incorrer no crime de falso testemunho.

Otavio Ventureli(da redação de Brasilia)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA