Momento +

Governo federal pode perdoar dívidas de R$ 1 bilhão de igrejas

Publicados

em


source
igreja
Unsplash/Akira Hojo

Bolsonaro, que já se posicionou contra taxas pagas pelos templos, tem até 11 de setembro para sancionar ou vetar a medida

Um projeto aprovado pelo Congresso Nacional pode anular dívidas tributárias, que somam quase R$ 1 bilhão, de igrejas acumuladas após fiscalizações e multas aplicadas pela Receita Federal. As informações foram publicadas pelo ‘Estadão/Broadcast’.

O texto ainda precisa ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para começar a valer. A bancada evangélica é importante pilar de sustentação política do governo, portanto, a espectativa de parte dos congressistas é que o texto seja aprovado por Bolsonaro. Ele tem até 11 de setembro para decidir se mantém ou não o benefício aos templos religiosos.

No final de abril, já havia acontecido uma reunião entre o deputado David Soares (DEM-SP), filho do missionário R. R. Soares, e representantes da Receita Federal, para debater o tema e ver as possibilidades de isenção e perdão de dívidas. 

Leia Também:  Inelegível até fevereiro de 2022 Roberto França ex-Prefeito de Cuiabá corre o risco de ter sua candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral

O presidente já ordenou à equipe econômica “resolver o assunto”, mas os técnicos da pasta resistem. David Soares foi autor da emenda que introduziu o perdão finaceiro que pode beneficiar a Igreja Internacional da Graça de Deus, fundada por seu pai.

Momento +

Polícia prende em flagrante homem de 25 anos acusado de ameaçar divulgar na internet fotos íntimas de uma moça que teria perdido o celular

Publicados

em

Homem de 25 anos foi preso em flagrante, na noite desta terça-feira (29), em Campo Verde, Mato Grosso, após ameaçar divulgar fotos íntimas de uma moça de 19 anos, que perdeu o celular.

Ele afirmou ainda que só devolveria o aparelho se ela transasse com ele, mas que se ela contasse para alguém, ela seria morta.

A jovem marcou encontro com o suspeito na noite desta terça(29), mas avisou a Polícia Militar, que montou um esquema e ficou observando o local do encontro até o primeiro contato.

Quando o suspeito flagrou os policiais, tentou correr, mas acabou sendo alcançado. Ele estava em posse de 3 celulares. Um era o da vítima, que estava todo formatado sem seus dados. Ele não informou como conseguiu o aparelho.

Já em outro celular, estavam várias fotos da vítima. Polícia acredita que ele salvou os arquivos em outro aparelho como forma de chantageá-la em outras oportunidades.

Ele foi encaminhado para a delegacia da Polícia Civil e autuado pelo crime de tentativa de estupro, receptação, importunação e assédio sexual e ameaça.

Leia Também:  Bem afinada: AL MT aprova por 19 x 2 em primeira votação PEC que garante reeleição para a Presidência do TCE órgão recheado de corrupção

 

 

Otavio Ventureli(da redação com GD)

 

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA