Momento +

Governo inaugura ampliação da Escola Estadual Bromildo Lawisch em Itanhangá e entrega material didático aos estudantes

Publicados

em

 O Governo de Mato Grosso, através da Secretaria de Estado de Educação, inaugurou nesta segunda-feira (13.09) a ampliação da Escola Estadual Bromildo Lawisch, no município de Itanhangá (475 km de Cuiabá). A unidade ganhou cinco novas salas de aula totalmente climatizadas, além da manutenção das outras seis salas de aula já existentes.

Na cerimônia, que contou com a presença do secretário de Educação Alan Porto e do prefeito da cidade, Edu Pascoski, foi realizada, ainda, a entrega oficial do material didático para os alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio, além do compromisso de ampliação do refeitório, em parceria com o município.

O investimento no novo bloco da unidade foi de R$ 558 mil, sendo R$ 500 mil do Governo do Estado e R$ 58 mil de contrapartida do município.

A obra, uma reivindicação de mais de cinco anos da comunidade, coloca fim a um problema que preocupava os profissionais. Parte dos estudantes ocupava salas alugadas, em outro prédio, que era locado desde 2014 a um custo mensal de R$ 2,1 mil. Ou seja, a ampliação da unidade representa também uma economia de R$ 25,2 mil por ano.

“Há muito tempo precisávamos destas salas. Tínhamos salas superlotadas, alunos em outro prédio em salas pequenas, com problemas no período de chuva, e que precisavam atravessar a rua até para utilizar banheiro”, relata a diretora da escola, Rosimary Aparecida Rodrigues.

Ela enfatiza que os estudantes adoraram o ambiente novo e afirma que a nova estrutura será uma aliada na recuperação da aprendizagem dos estudantes. “Vamos ter um trabalho bem grande e a nova estrutura é um ânimo para os estudantes começarem de novo, depois de um ano e meio parados devido à pandemia”.

Leia Também:  Ação conjunta apreende carga de cerveja avaliada em R$ 230 mil

Ex-diretora da escola, a professora de Ciências Justina Inês, que está na unidade desde 2013, afirma que foram muitos anos de luta até ter o projeto de ampliação da unidade aprovado na gestão do governador Mauro Mendes, em 2019.

“Esse era um sonho para toda escola, para todos os professores e estudantes. Um espaço confortável muda a aprendizagem dos alunos. A escola está linda, pintada, reformada. Dá orgulho. Os estudantes estavam cobrando para voltar para a escola”, declara Justina.

Parceria em destaque

O secretário Alan Porto ressaltou a parceria do Estado com o município, afirmando que desta forma é possível chegar com mais celeridade dentro das escolas.

“Começo a semana de forma muito especial, vendo uma escola atrativa, que faz toda a diferença na educação de qualidade. Temos aqui um espaço digno para o trabalho dos profissionais, para implementar os projetos pedagógicos que visam a recuperação da aprendizagem dos nossos estudantes”.

O secretário reforçou que o Estado age como facilitador, para que a educação de Mato Grosso se transforme em uma das melhores do país. “A educação é uma ação conjunta que inclui os pais, os profissionais, o legislativo, o executivo, toda a sociedade. Afinal, falar em educação é falar do futuro, da família e isso precisamos fazer juntos”.

Enfatizou ainda todas as ações que o Governo do Estado tem implementado para provocar a mudança necessária, com a previsão de investimentos de R$ 936 milhões, até o próximo ano, por meio do Programa Mais MT. Investimentos estes na infraestrutura física e tecnológica e, principalmente, na área pedagógica.

“O governador Mauro Mendes e o vice-governador Otaviano Pivetta implementaram a política fiscal que deu condições para que o Estado hoje faça os maiores investimentos da história. Não há atrasos em pagamentos, em repasses, e aqui, em parceria com o município, conseguimos fazer uma obra em tempo recorde e com um custo baixo. O governo de Mato Grosso tem maturidade e responsabilidade com o dinheiro do contribuinte”.

Leia Também:  Comissão de Constituição, Justiça e Redação aprova 10 pareceres favoráveis durante reunião ordinária

O secretário reforçou que o Governo vai continuar avançando na educação, com melhorias na infraestrutura, com formação continuada dos profissionais, com material didático de qualidade. “Nós vamos virar esse quadro, recuperar a aprendizagem dos nossos estudantes, tão prejudicada durante a pandemia, e vamos ser um dos melhores do país na educação. O governador e o vice-governador não vão descansar enquanto isso não acontecer”.

O prefeito Edu Pascoski lembrou que, após o projeto aprovado, a Seduc fez o repasse e o município teve condições de licitar e executar a obra. Aos estudantes, reforçou que o patrimônio é deles e que precisam cuidar do espaço.

“Quero agradecer o governador e o vice-governador, que vêm fazendo uma gestão descentralizada, em parceria com os municípios. E aqui está a prova disso, entregando oficialmente 5 salas de aula. Aqui os recursos são bem aplicados. Agradecemos as parcerias que são realizadas, não só na educação, mas na infraestrutura, nas estradas e rodovias. Obrigado pelo Estado estar presente em Itanhangá”.

Momento histórico

A secretária municipal de Educação, Suzana Bêss, descreveu o momento como histórico. Afirmou que está há 22 anos na rede e nunca houve a oportunidade de sentar e discutir a educação como agora, com redes consolidadas, com gestão compartilhada, com parcerias.

“Estou acompanhando os investimentos e o que tenho a dizer aos estudantes é que aproveitem. Esse momento histórico da educação está nas mãos de vocês. Estão recebendo salas novas, material didático de qualidade, vocês têm professores capacitados. Tem internet na escola. Não percam essa oportunidade de estudar, porque isso ninguém tira de vocês”.

Fonte: GOV MT

Momento +

Governo entrega 104 títulos de regularização fundiária no aniversário de Diamantino

Publicados

em

 

No aniversário de 293 anos da cidade de Diamantino (181 km de Cuiabá), o Governo de Mato Grosso, por meio do Instituto de Terras (Intermat) entregou 104 títulos urbanos aos moradores do Bairro Novo Diamantino. A entrega foi neste sábado (18.09), em uma solenidade com o presidente da autarquia Francisco Serafim, o prefeito Manoel Loureiro e demais autoridades.

“O governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes determinaram que estivéssemos aqui no aniversário da cidade para entregar este presente aos moradores residentes no Bairro Novo Diamantino que aguardam há anos por este documento. É um prazer trazer essa alegria, neste importante dia de comemoração”, declarou o presidente do Intermat.

O morador Jair Stvaneli, acompanhando da esposa Isabel Stvaneli, explicou não teria condições de ter acesso ao título, pois o rendimento que recebe com seu trabalho de caminhoneiro não é suficiente para pagar pelo documento, mas que o programa de regularização fundiária do Estado garantiu legitimidade do seu imóvel, com documentação registrada em cartório.

“Moro aqui há 33 anos, sou caminhoneiro e não teria como pagar pelo título, pois ficou complicado conseguir garantir um rendimento extra que eu pudesse investir na escritura. Temos um excelente governador, o senhor Mauro Mendes trabalha pela nossa sociedade, a prova disso está aqui nas minhas mãos, tenho o documento do meu imóvel”, disse morador.

Leia Também:  Várzea Grande e Acorizal podem ser beneficiados com indicações para melhorar a infraestrutura de comunidade da zona rural

É importante destacar que o Intermat realiza todas as etapas do processo regularização conforme determina a lei. Por isso, dos 104 títulos entregues, 14 foram totalmente gratuitos, sendo que os demais; 90 documentos são necessários o pagamento das taxas. Todos terão acesso ao documento devidamente registrado em cartório.

Para o prefeito do município, Manoel Loureiro, a chegada do título no dia do aniversário da cidade representa um novo momento na vida dos moradores. “É o melhor presente entregue à nossa população, pois estamos tornado este cidadão proprietário legal da sua residência. Só tenho que agradecer ao Estado que tem realizado todos os esforços para garantir a regularização fundiária aqui e nos demais munícipios de Mato Grosso”, afirmou o gestor .

Com Imóvel escriturado o cidadão pode ser considerado proprietário legal, podendo realizar a venda ou reformar com ajuda de custo ofertado pelo crédito imobiliário ofertado pelos Bancos, usando o bem como garantia.

Sebastião Ferreira de Arruda, foi outro morador beneficiado no processo de regularização. “É uma glória que veio do céu, porque eu estou esperando desde 1992 e nunca chegava. Entrava e saia gestão e nada de resolver isso, mas agora estou com meu documento aqui”.

Leia Também:  Agricultura e Obras colaboram com doação de hortaliças produzidas no Socioeducativo

De acordo com o diretor de Regularização Urbana do Intermat, Robinson Pazzeto, a entrega desta primeira remessa é apenas o início de muitas outras que ainda serão realizadas pela autarquia. A metá é entregar mais de mil novos títulos em trabalho conjunto com a gestão municipal.

“Este aqui é um trabalho de parceria, graças a Deus os gestores dos municípios de Mato Grosso acreditam no Intermat e os termos de cooperação para os trabalhos têm dado muito certo – este é o resultado final, entrega de títulos.  Aqui, a Prefeitura de Diamantino desempenhou um bom trabalho, só temos que agradecer a todos. Ainda devem ser entregues cerca de 1.500 títulos”, explicou Pazzeto.

Saiba quais são os bairros com processo de regularização em andamento

Cohab Serra Azul; (77) títulos, Cohab Nossa Senhora da Conceição Morumbi (51), Jardim Alvorada (51), São Benedito (114), Bairro da Ponte (93), Jardim Primavera (4), Bairro Pedregal (329), Bela Vista (40) e Progresso (350).

Também participaram da entrega dos títulos em Diamantino a deputada federal, Rosa Neide, o chefe jurídico do Intermat, Dr.Klismahn Santos do Monte, a servidora Iza Karol Gomes Luzardo Pizza, vereadores e moradores.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA