Momento +

Igor marca em cobrança de escanteio na final CRB vence, desbanca o CSA na noite desta quarta(05) e conquista a sua 31ª taça do Alagoano

Publicados

em

O CRB detonou a sequência do CSA no Alagoano. Nesta quarta(05), o Galo venceu o clássico por 1 a 0 e conquistou o 31º título de sua história. O herói do jogo foi até improvável.

lateral Igor apareceu livre na área aos 46 do primeiro tempo, numa cobrança de escanteio, e fez o único gol do confronto. Esse foi apenas o terceiro gol dele com a camisa do Galo, mas teve o impacto de decidir um estadual. Ficou marcado.

O CSA começou o jogo ameaçando. Aos oito minutos, Michel Douglas apareceu na área do CRB, se antecipando à zaga, e deu um toque venenoso. Assustou o goleiro Victor Souza. O Galo respondeu com o argentino Diego Tores, que emendou um sem-pulo, aos 27. Thiago Rodrigues voou para espalmar.

O clássico era lá e cá. Bilu bateu falta no ângulo e Victor Souza, do CRB, fez grande defesa. Veio o troco. Gamalho também testou o goleiro do CSA de longe e deu trabalho. O gol saiu aos 46 minutos. Diego Torres cobrou escanteio de canhota, aberto, e Gamalho tocou de cabeça no outro lado. Igor Caríus apareceu livre e marcou de cabeça.

Leia Também:  Prefeita de Sinop MT afirma que decisão de não mais concorrer a reeleição nas eleições de novembro próximo é de ordem pessoal

Perdendo, o CSA teve que sair mais para o jogo. Criou ótima chance aos 18 minutos. Igor Fernandes cruzou para trás e Michel Douglas acertou de primeira. Pra fora.

O CRB guardou mais posição e só escapou na boa. Teve uma ótima chance aos 47. Bill cruzou da esquerda, Felipe Menezes desviou e acertou a trave do CSA.

Na sequência, Alecsandro acertou uma cabeçada para baixo, com muito veneno, e Victor Souza defendeu, salvando o Galo.

Allano ainda experimentou de longe e o goleiro do CRB voltou a defender. Aos 54, no último lance, o CSA jogou na área do Galo e o goleiro Thiago Rodrigues cabeceou para a rede. Não valeu. Ele estava impedido, e o CRB ficou mesmo com a taça.

Rei Estadual

O técnico Marcelo Cabo merece destaque. Ele virou o rei do estadual em Alagoas. O treinador conquistou nesta quarta o terceiro título seguido. Dois pelo CSA, e agora um pelo CRB.

 

Otavio Ventureli(GE Alagoas)

Momento +

Baixaria continua: Advogado Cleverson Contó divulga audio no qual uma mulher acusadora de agressão desmente que tenha sido agredida pelo profissional

Publicados

em

O advogado Cleverson Contó(foto) divulgou, nesta sexta-feira (18), áudios em que a Influencer Digital Mariana Vidotto supostamente nega ter sofrido as agressões das quais o acusa.

Nos áudios, que teriam sido trocados entre Mariana e o advogado, os dois também conversam sobre vídeos íntimos do casal que Contó teria se recusado a gravar.

Em um dos áudios, a Influencer Digital supostamente chega a dizer que muitas pessoas tem a procurado para esclarecer se Contó teria ou não cometido agressões físicas contra ela.

“É óbvio que as pessoas estão me perguntando “ele te bateu?”, “ele fez alguma coisa?”, “ele já te deu um soco?”, não. Você não fez isso comigo”, diz trecho do arquivo.

Em outro momento, Mariana e Cleverson conversam sobre vídeos íntimos que a blogueira teria pedido para o advogado gravar. Contó relembra que, mesmo sob insistência da ex-namorada, ele teria se recusado a fazer as gravações.

Mariana argumenta que teria ficado sabendo de vídeos íntimos entre Cleverson e Laryssa Morais, médica que também acusa o advogado de violência doméstica. O advogado, no entanto, rebate.

Leia Também:  Foragido vai registrar boletim de ocorrência em Base Comunitária e tem prisão cumprida

Mariana, esquece isso. Depois que aconteceu todos os rolos, todos os vídeos que eu tinha, eu apaguei. Da última vez que a gente ficou, eu fiz questão de apagar assim que terminamos. Antes de tomar banho, eu apaguei os vídeos”, afirma.

Em seguida, a blogueira supostamente confirma que Cleverson teria apagado as imagens.

O caso

As agressões que teriam sido praticadas por Cleverson Contó ganharam as manchetes após Mariana Vidotto e um grupo de mulheres virem a público narrar a violência sofrida durante os relacionamentos que mantiveram com o advogado.

Em sua conta no Instagram, Mariana contou que chegou a perder cerca de nove quilos durante o relacionamento e que, no início do ano, Cleverson entrou com um processo contra ela com uma multa de R$ 20 mil caso ela dissesse algo sobre ele.

Outra vítima que ganhou destaque no caso foi a médica Laryssa Moraes que chegou a relatar, também no Instagram, que as agressões ela teria sofrido foram tão brutais que resultaram em um nariz quebrado e em retinas deslocadas. Cleverson também teria tentado estuprá-la com um pen-drive.

Leia Também:  Com a greve dos Correios que já dura 30 dias Procon MT orienta consumidores em relação ao pagamento em dia dos seus compromissos

Já a defesa do advogado Cleverson Campos Contó, representada por Eduardo Mahon, alega que Cleverson estaria sendo alvo de extorsão por parte das vítimas.

Mahon argumentou que não existem exames ou prontuários médicos apontando as agressões que foram relatadas pela médica Laryssa Moraes e a influencer digital Mariana Vidotto. Segundo a defesa, Mariana teria exigido R$ 500 mil para retirar as acusações contra Contó.

 

Otavio Ventureli(da redação)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA