Momento +

Justiça MT determina que morte de servidor público aposentado levado de sua residência em Chapada e assassinado seja apurado pela DHPP

Publicados

em

A Justiça determina que a investigação do latrocínio do funcionário público aposentado Nicomedes Francisco Pinto Lopes, 69, fique sob responsabilidade da Polícia Civil em Cuiabá.

Uma das justificativas é o fato de que o corpo foi localizado na região do Distrito da Guia, apesar de Nicomedes ter sido levado de sua residência pelos criminosos em Chapada dos Guimarães MT.

Um dos suspeitos de participar da associação criminosa que resultou na morte da vítima foi interrogado ontem pelo delegado Alexandre da Silva Nazareth, mas negou participação na morte.

Luís Victor Carvalho dos Santos, 19, havia sido preso no sábado (3), durante uma troca de tiros com a Polícia Militar em Várzea Grande. Na ocasião, ele se identificou com o nome do irmão menor de idade.

Foi autuado pelo crime e estava aguardando remoção para o Pomeri, quando a Polícia Civil de Chapada o localizou. Segundo Nazareth, o jovem integra uma associação criminosa que atuou em diversos roubos violentos e latrocínio tentado somente este ano em Chapada e municípios da região.

Leia Também:  Governo de Mato Grosso investe R$ 14,1 milhões em reforma e ampliação do Hospital Adauto Botelho

Ele teve duas ordens de prisão cumpridas por crimes anteriores e foi removido para a Delegacia de Polinter na noite de ontem.

Sobre a investigação da morte de Nicomedes, Nazareth assegura que nesta sexta-feira encaminhará o inquérito em andamento para a Diretoria da Polícia Civil, que definirá qual unidade da Capital dará sequência à investigação.

O corpo do aposentado foi localizado em decomposição na manhã de 25 de março, com disparos de arma de fogo. No mesmo dia, dois casais foram presos acusados de receptarem objetos e dinheiro sacado de suas contas bancárias.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria e GD)

Momento +

Para a disputa da Série A do Brasileiro Cuiabá poderá contar com o reforço do zagueiro Dedé ex-Vasco e Cruzeiro

Publicados

em

Embora não entre em campo desde julho de 2019, o zagueiro Dedé(foto), que rescindiu o seu contrato com o Cruzeiro e está livre no mercado, interessaria a cinco clubes brasileiros, sendo que quatro são da Série A.

Segundo o jornalista Jorge Nicola, ex-ESPN, pessoas ligadas ao atleta confirmaram os interessados no jogador: Cuiabá, Fortaleza, Atlético-GO, Vasco e Red Bull Bragantino.

Esses clubes teriam feito propostas para contar com o zagueiro. A diretoria do Dourado não confirma.

Na verdade, segundo Nicola, a maior proposta seria do Cuiabá, que teria oferecido um salário de R$ 400 mil, seguido por Fortaleza R$ 350 mil, Red Bull R$ 300 mil, Atlético-GO R$ 250 mil mais produtividade e Vasco R$ 200 mil.

Após se lesionar, o Dedé optou por fazer cirurgia no Rio de Janeiro, o jogador também faz uma recuperação do preparo físico na cidade e o desejo do dele seria de continuar no Rio.

O jogador, que pertencia ao Cruzeiro, sequer disputou a segunda divisão com o clube.

 

Leia Também:  Na estreia de D'Alessandro Nacional do Uruguai perde para o Argentino Juniors na noite desta terça em Buenos Aires pelo grupo F da Liberta

 

Otavio Ventureli(da redação com ESPN)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA