Momento +

Lei do ex é cumprida em São Januário e de virada com dois gols de Kayser Atlético GO vence o Vasco por 2 x 1 na noite desta quinta no Rio

Publicados

em

O Atlético-GO venceu o Vasco de virada, por 2 a 1, na noite desta quinta-feira(10), em São Januário, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro!

Após Cano abrir o placar para o time carioca, Renato Kayzer colocou em prática a “lei do ex” e marcou duas vezes.

Nos minutos finais, o atacante argentino ainda igualou o placar. Mas o gol foi anulado por toque de mão depois de revisão do VAR. Antes do apito final, o Vasco ainda teve Bruno Gomes expulso por agressão.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo(13).  Às 18h, o Atlético-GO vai até Pituaçu enfrentar o Bahia, pela 10ª rodada do Brasileirão. Um pouco mais tarde, às 20h30, o Vasco enfrenta o Botafogo, no Nilton Santos.

Apesar da derrota, com o gol marcado na partida, Cano chegou aos 6 na competição e aparece na vice-artilharia, junto com Marinho, do Santos. O jogador do Vasco segue na caça de Thiago Galhardo, que também marcou na rodada e lidera com 8.

Com a vitória, o Atlético-GO vai aos 9 pontos, deixa a zona de rebaixamento e aparece em 14º lugar. O Vasco, por outro lado, perde a chance de assumir a vice-liderança, cai para a 6ª posição e permanece com os mesmos 14 pontos.

Leia Também:  Polícia Federal pede quebra de sigilo bancário de supostos envolvidos em caixa 2 durante a campanha de Taques ao Governo de MT em 2014

 

Otavio Ventureli(da redação)

Momento +

Com a expulsão de Zé Gabriel no inicio do segundo tempo Inter consegue segurar empate contra o São Paulo neste sábado no Beira-Rio

Publicados

em

Inter e São Paulo empataram por 1 a 1 na noite deste sábado(26), no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Colorado saiu na frente, com gol de Galhardo, mas o Tricolor empatou na sequência com Luciano. Os gols foram na etapa inicial.

No segundo tempo, com a expulsão de Zé Gabriel, o jogo virou ataque do São Paulo contra defesa do Inter. Mas os donos da casa conseguiram se segurar, ao mesmo tempo que faltou competência ao time visitante para fazer valer a superioridade numérica.

Inter e São Paulo começaram a partida com muita intensidade. Logo aos dois minutos, o Tricolor, sem aprender com os erros diante da LDU, no meio de semana, errou na saída de bola com Daniel Alves. Galhardo, o artilheiro do Brasileirão, cabeceou após cruzamento da direita, e Volpi defendeu.

O lance, porém, não valeria. Foi marcado impedimento. Aos poucos, o Colorado foi chegando até abrir o placar, aos 19. Moisés acertou lindo cruzamento na cabeça de Galhardo. O atacante subiu entre os zagueiros são-paulinos e cabeceou, sem chance para Volpi.

Leia Também:  Conselho Nacional de Justiça determina que Presidente do TJMT se manifeste em 24 horas sobre reeleição para Presidente do Poder Judiciário

Num primeiro momento, o São Paulo sentiu o gol e pareceu assustado em campo. Mas logo se reencontrou e, aos 25, após cobrança de falta de Reinaldo, Pablo desviou, e Luciano, oportunista, empatou em toque na pequena área. Depois de um período do jogo sem criatividade, o São Paulo volto a levar perigo com Pablo, mas o atacante errou o arremate. O Inter, por sua vez, tentou encaixar contra-ataques. Sem sucesso.

A segunda etapa começou com grande chance desperdiçada pelo São Paulo. Após boa troca de passes entre Reinaldo e Luciano, o atacante achou Tchê Tchê em boa condição. Mas o volante parou na boa defesa de Marcelo Lomba. Com maior volume de jogo, o Tricolor chegou bem de novo aos dez, mas Brenner cabeceou fraco demais o cruzamento de Reinaldo.

O Inter, que já encontrava dificuldade no jogo, ficou em pior condição aos 14 minutos, quando Zé Gabriel levou cartão vermelho por falta dura em Igor Gomes. Nos minutos seguintes à expulsão, o Tricolor teve duas boas chances. Ambas desperdiçadas. Aos 18, Tchê Tchê chutou por cima do gol de fora da área. E, aos 21, em falta perigosa, Daniel Alves mandou na barreira.

Leia Também:  Secretário municipal de obras irmão de Prefeito é suspeito de assassinar a tiros ex-Presidente de Câmara municipal candidato a vereador

Sem conseguir atacar com perigo, o Inter passou a se fechar na defesa para segurar o empate. E o São Paulo, sem criatividade, não conseguiu fazer valer a superioridade numérica. Nos acréscimos na base da pressão, Marcelo Lomba salvou o Inter da derrota ao fazer grande defesa em cabeçada de Daniel Alves.

 

 

Otavio Ventureli(da redação)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA