Momento +

Líder do governo diz que gravação reforça necessidade de mudança

Publicados

em

Major Vitor Hugo arrow-options
Fábio Rodrigues Pozzebom/ABr

Líder do governo na Câmara, Major Vítor Hugo continua na busca por assinaturas para destituir Waldir

O líder do governo na Câmara dos Deputados , Major Vitor Hugo (PSL-GO), disse nesta quinta-feira (17) que continua a recolher assinaturas de deputados do PSL para tentar destituir o deputado Delegado Waldir (GO) da liderança do partido. Em disputa interna pelo controle da legenda, Vitor Hugo reforçou a necessidade de mudança ao comentar uma gravação vazada com a voz de Waldir. No áudio, Waldir diz que poderia “implodir” o presidente Jair Bolsonaro , a quem se refere como “vagabundo” . Waldir é aliado de Luciano Bivar , presidente do partido.

“Manifestação infeliz. Fica claro, como foi gravado em momento reservado, o posicionamento. Mais um motivo que reforça a necessidade da mudança da liderança. Imagine o líder do PSL fazendo uma manifestação expressa contra o presidente dessa maneira. E falando certamente uma mentira. Não tem nada contra o presidente”, disse Vitor Hugo.

Leia também: Janaina Paschoal sobre situação do PSL: “Tanta loucura parece impossível!”

Leia Também:  Governador e primeira-dama discutem ações de enfrentamento à violência contra a mulher

A Secretaria-Geral da Câmara dos Deputados manteve nesta quinta-feira Waldir (GO) como líder do PSL . Após Jair Bolsonaro intervir para destitui-lo, aliados do presidente da República recolheram assinaturas em duas listas para nomear Eduardo Bolsonaro (SP) como novo líder da legenda. A área técnica da Câmara, entretanto, invalidou os documentos por não ter alcançado na conferência de assinaturas os 27 apoios necessários para a troca. Por outro lado, uma lista entregue pelo grupo de Waldir chegou a 29 deputados, reafirmando seu posto.

“Nós vamos buscar uma nova lista (…) Não vi qualquer derrota. O processo ainda não acabou”, disse o líder do governo.

Leia também: Líder do PSL diz que vai implodir Bolsonaro: “Sou o mais fiel a esse vagabundo”

O parlamentar afirmou ainda que troca tem o objetivo de buscar “estabilidade” no partido.

“A gente não pode ter uma liderança no PSL que desestabiliza o jogo, como por exemplo a obstrução em Medida Provisória importante para o governo.”

Propaganda

Momento +

Polícia encontra homem de 35 anos na rodovia dos Imigrantes em MT sequestrado e feito refém desde a última sexta-feira por três bandidos

Publicados

em

Um homem de 35 anos foi liberado de um cativeiro após 3 dias refém de dois bandidos, na região da Rodovia dos Imigrantes, em Várzea Grande, na noite desta segunda-feira (25).

A Vítima contou que durante o tempo que ficou em posse dos bandidos, ouvia conversas sobre roubos de caminhonete. O carro dele também foi recuperado.

De acordo com as informações, por volta das 22h45, polícia foi acionada assim que a vítima começou a pedir ajuda na rodovia. Quando chegaram, o rapaz contou que foi abordado na madrugada de sexta-feira (22), por dois bandidos armados.

Eles tomaram seu dinheiro, aliança, carteira com documentos e o veículo, um Fiat Toro. Depois, ele foi amarrado e levado para uma casa não identificada, onde ficou o tempo todo vendado.

Durante o tempo que ficou refém, ouviu os bandidos conversando com “Moranguinho” e “Laranjinha”, sobre roubos de caminhonetes. Mas, sem saber o motivo, acabou sendo liberado na noite desta segunda-feira na rodovia.

O caso foi registrado pela PM e será encaminhado para a Polícia Civil. O veículo também foi abandonado pelos bandidos e entregue à vítima, já que não consta nenhum registro contra.

Leia Também:  Segundo mandato do Prefeito de Campo Novo do Parecis MT começa com suspeita de irregularidades em licitação no valor de 1 milhão

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA