Momento +

Mulher é presa em flagrante com 295 selos de LSD em bermuda que seria entregue a reeducando

Publicados

em


Durante procedimento de revista na Penitenciária Major PM Eldo Sá Corrêa (Mata Grande), em Rondonópolis (215 km ao Sul de Cuiabá), uma mulher foi presa em flagrante por levar 295 selos de substância análoga a LSD em uma peça de roupa que seria entregue a um reeducando. O fato ocorreu na manhã desta terça-feira (23.02).

Enquanto a visitante aguardava no corpo da guarda, o cão farejador apontou indícios de material ilícito nas peças de roupa levadas por ela. Os policiais penais fizeram uma revista minuciosa e encontraram 295 selos de substância análoga a LSD no cós de uma bermuda que seria entregue a um recuperando.

A mulher foi presa em flagrante delito e encaminhada à Delegacia de Polícia, juntamente com as substâncias ilícitas, para as providências necessárias.

Também nesta terça-feira, por volta de 12h, a direção da unidade e policiais penais plantonistas interceptaram um drone da marca Phatom com materiais ilícitos. Com ele, foram apreendidos aproximadamente 100 gramas de substância aparentando ser maconha, um fone de ouvido, 12 cartões com chips, quatro aparelhos celulares e um pacote de papel de seda.

Leia Também:  SES divulga boletim oficial com números sobre mortes e confirmações de infecções por coronavírus em MT de segunda a esta terça

Medidas de segurança

Com isso, já são 35 drones apreendidos nos últimos anos só na Mata Grande. O sucesso dessas apreensões se deve a várias ações preventivas para evitar que os materiais ilícitos cheguem às mãos dos recuperandos. Entre elas, destacam-se a instalação de telas de “pinteiro” (hexagonal e galvanizada) nos solários das ante alas, alambrados em toda a unidade penal, cerca no perímetro externo da unidade e rondas diurnas e noturnas.

Além disso, a vigilância ostensiva dos policiais penais nas torres, como também uma equipe que faze campana na laje da penitenciária são medidas que contribuem para reforçar a segurança da unidade.

Fonte: GOV MT

Momento +

Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra autor de homicídio ocorrido em Dom Aquino

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

O autor de um homicídio duplamente qualificado cometido em Dom Aquino (166 km ao sul de Cuiabá), e com mandado de prisão em aberto, foi preso pela Polícia Civil do município de Jaciara, também região sul do Estado, na manhã desta quarta-feira (24.02).

O suspeito de 44 anos estava com a ordem judicial de prisão temporária decretada, pela Justiça da Vara Única da Comarca de Dom Aquino pelo homicídio duplamente qualificado. Ele foi detido ao se apresentar na Delegacia de Polícia de Jaciara, acompanhado de seu advogado.

HOMICÍDIO

O crime contra a vida ocorreu na noite do dia 01 de novembro de 2020, em um balneário de cachoeira na cidade de Dom Aquino. A vítima, Adeusmar Messias Freitas de 54 anos, foi atingida por cinco disparos de arma de fogo.

Conforme apurado pela Polícia Civil o homicídio duplamente qualificado foi motivado por uma disputa antiga entre os envolvidos, em razão do turismo realizado na cachoeira e pelo valor econômico que era gerado no local.

Leia Também:  Incêndio de grandes proporções atinge loja de auto peças em Várzea Grande MT; temperatura das chamas fêz desabar o teto do estabelecimento

A vítima e o suspeito eram vizinhos pois as respectivas propriedades faziam divisa com o ponto turístico. Diante da desavença o crime foi premeditado e praticado por meio de emboscada e motivo torpe.

PRISÃO

Após cumprimento do mandado de prisão temporária, o suspeito foi ouvido pelo delegado de polícia de Jaciara, Ricardo de Oliveira Franco, e posteriormente colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA