Momento +

Nota de pesar do presidente da Câmara Municipal de Cuiabá Misael Galvão ao pastor Sebastião Rodrigues de Souza que faleceu nesta quarta(08)

Publicados

em

Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele Dia e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda”, Timóteo 4:7-8:.
Sim, grande líder de todos os assembleianos de Mato Grosso e do Brasil, pastor Sebastião Rodrigues de Souza, o senhor combateu o bom combate e deixou um legado incalculável e de valor inestimável na missão de anunciar a “obra de Deus”.
O pastor Sebastião Rodrigues de Souza, aos 89 anos, nos deixou nesta quarta-feira (08). Ele estava internado desde a última semana, vítima da COVID-19 – assim como seu filho, o também pastor Rubens Siro de Souza, que faleceu na última sexta-feira (03).
Deixou viúva a irmã Nilda, e órfãos os filhos Silas, Silene e Abílio – noras, genros, netos, bisnetos e tataranetos. E deixa órfãos também mais de 250 mil fiéis de Mato Grosso, de quase 2 mil templos  da Assembleia de Deus, distribuídos nos 141 municípios.
À família e aos irmãos, meu mais profundo sentimento de pesar e minhas condolências. Ele era para mim, para a família e toda a comunidade religiosa de Cuiabá e Mato Grosso um exímio orador, professor e mestre – perde Cuiabá, perde Mato Grosso e perde o Brasil.
Pastor Sebastião foi um exemplo de fé e evangelização e salvação de almas para o reino do Senhor. E para mim, ele foi um conselheiro, meu exemplo de pai de família, meu exemplo de calma e determinação, meu exemplo Pastoral, meu exemplo de superação, meu exemplo de empreendedorismo. Essa é a minha referência do pastor Sebastião e para sempre será. Foi e continuará sendo um exemplo de agregador para o país e o mundo.
Destemido e visionário, pastor Sebastião entra para história de Mato Grosso não apenas no cunho religioso, ele era respeitado e procurado por toda a comunidade empresarial, política e social para decisões e apoios.
Pastor Sebastião desbravou o evangelho em Mato Grosso. Em cada rua, em cada bairro, zona rural, cidades em cada canto deste estado a palavra de Deus está presente graças ao ministério do pastor Sebastião.
Nascido em Minas Gerais, o pastor Sebastião Rodrigues de Souza começou a se dedicar integralmente à igreja aos 28 anos de idade. Em Mato Grosso, ele chegou na década de 1970 para, como ele mesmo dizia, “cuidar da obra de Deus”. E nesses últimos 45 anos, ele cuidou com maestria, êxito e louvor da igreja.
Cuidou de forma comprometida e séria. Quando chegou ao nosso Estado, Cuiabá e Várzea Grande tinham, juntas, apenas sete igrejas. Em mais de 45 anos de trabalho diário, hoje as duas cidades contam com mais de 300 templos. No Estado, então, são cerca de 250 mil fiéis. E tudo isso devemos ao exemplo e comprometimento do pastor Sebastião com nossa fé.
Além de chegar a todos os cantos de Mato Grosso, dentre as grandes obras da vida do pastor Sebastião Rodrigues de Souza está a o Grande Templo, localizado na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (Avenida do CPA), em Cuiabá. Tal construção é um marco na trajetória do líder religioso. A igreja comporta 22,5 mil pessoas sentadas, tem estacionamento com mil vagas, além de ter uma escola com capacidade para 1,5 mil alunos, uma rádio e a SBE Assistência Social.
Pastor Sebastião era presidente da Convenção Estadual das Assembleia de Deus e 1º vice-presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil.
LUTO – A importância do pastor Sebastião Rodrigues de Souza se reflete, também, no Poder Legislativo da Capital. A Câmara Municipal de Cuiabá decretou luto oficial de três dias em razão do falecimento do Pastor Sebastião Rodrigues de Souza, ocorrido nesta quarta-feira (8), e demais vítimas da Covid-19, que vieram a óbito no município de Cuiabá. A Portaria 510/2020 será publicada ainda hoje.
Otavio Ventureli(com assessoria)
Leia Também:  Governador autoriza asfalto novo para 11 bairros em Cuiabá e aplica R$ 411,4 milhões em convênios para a Baixada

Momento +

Polícia Civil apreende 18 tabletes de diversos entorpecentes em residência e prende um suspeito em flagrante

Publicados

em

A Polícia Civil apreendeu nesta quinta-feira (29.06), em Colniza, na região noroeste de Mato Grosso, 18 tabletes de entorpecentes em uma residência da cidade. Um suspeito , de 42 anos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas.

A equipe da Delegacia de Colniza estava em diligências para apurar informações sobre o tráfico de drogas no município, quando os policiais abordaram uma pessoa que estava em um veículo com as mesmas características do alvo da investigação. Ao ser abordado, o suspeito ficou visivelmente nervoso e, inicialmente, não quis se identificar.

Após entrevista com a equipe, o suspeito forneceu seu nome e ao fazer a checagem foi constatado que contra ele havia um mandado de prisão em aberto pela Justiça de Mato Grosso do Sul, onde responde a processo pelo crime de estupro de vulnerável na Comarca de Campo Grande.

Em revista à residência do suspeito foram encontrados 11 quilos de maconha, um quilo de pasta base e um quilo de cocaína. O material foi encaminhado para unidade policial, onde o suspeito foi autuado em flagrante pelo delegado Bruno França pelo crime de tráfico de drogas e teve o mandado de prisão formalizado.

Leia Também:  ALMT aprova projeto que facilita a obtenção do CAR para pequenos produtores

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI