Momento +

Polícia Civil prende quatro integrantes de associação criminosa envolvida em furtos qualificados em Várzea Grande

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Quatro integrantes de uma associação criminosa envolvida em crimes de roubos, furtos qualificados e tráfico de drogas que vinha atuando em Várzea Grande foram presos pela Polícia Civil, na segunda-feira (14.06), durante investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos do município (Derf-VG).

Na ação, os suspeitos foram flagrados de uma mala de mercadorias furtadas de um estabelecimento comercial na noite anterior.

O grupo já era investigado pela equipe da Derf-VG pelo envolvimento em furtos de estabelecimentos comerciais na cidade. Segundo as investigações, a associação criminosa atua com crimes de roubo, furto e tráfico de drogas e os líderes recrutam usuários para praticar os crimes em troca de entorpecentes.

As diligências que resultaram na desarticulação do grupo iniciaram na manhã de segunda-feira (14.06), após os policiais da Derf-VG receberem informações sobre um furto qualificado por arrombamento em uma loja de moda fitness, localizada na região central de Várzea Grande.

Na ocasião, a dona da empresa ao chegar no estabelecimento encontrou a porta de vidro quebrada, sendo subtraída uma mala com mais de R$ 2,3 mil em mercadorias, além do prejuízo do valor da porta, calculado em aproximadamente R$ 2,6 mil.

Leia Também:  Detran de Mato Grosso amplia serviços online através do aplicativo MT Cidadão

Assim que foi acionada do roubo, a equipe da Derf-VG iniciou as investigações conseguindo identificar um dos envolvidos no furto, como um dos usuários de drogas recrutados pelos líderes da associação criminosa para a prática de crimes.

Com informações do local onde estaria a mercadoria, os policiais foram até o endereço, onde localizaram quatro integrantes do grupo fazendo uso de drogas e comemorando a ação criminosa. Com eles, os policiais encontraram a mala de mercadorias furtadas na noite anterior, sendo que uma das suspeitas estava vestindo um dos conjuntos furtados.

Diante dos fatos, os quatro suspeitos foram conduzidos à Derf-VG, onde após serem interrogados foram autuados em flagrante pelos crimes de associação criminosa, furto qualificado pela destruição de obstáculo e concurso de pessoas.

A associação criminosa também é investigada pela prática de outros crimes como o furto em uma clínica odontológica ocorrido no dia 14 de abril e outro ocorrido em uma loja de roupas no dia 03 de junho.

Segundo a delegada, Elaine Fernandes de Souza, todos suspeitos possuem passagens anteriores e são investigados pela prática de diversos furtos ocorridos recentemente em Várzea Grande.

Leia Também:  Estudo mato-grossense avalia pecuária mais sustentável e sem antibióticos

“Os integrantes da associação criminosa se revezam na função que desempenham nas cenas do crime, ora um arromba, enquanto os outros dão cobertura nas imediações”, disse a delegada.

Fonte: PJC MT

Momento +

PL que cria regulamenta a existência de ‘animais comunitários’ em MT é aprovada na Assembleia Legislativa

Publicados

em

Foto: Fernanda Trindade

Foi aprovado na sessão ordinária desta quarta-feira (22), em segunda votação, o Projeto de Lei nº 726/2019 do deputado Ulysses Moraes que estabelece a existência do animal comunitário em Mato Grosso. Serão considerados tutores de um animal comunitário os responsáveis, os tratadores e os membros da comunidade que com ele tenham estabelecido vínculos de afeto e dependência e que se disponham voluntariamente a cuidar e respeitar os direitos desse animal.

“Ficamos muitos felizes com essa aprovação, porque os animais abandonados nas ruas são da nossa responsabilidade. Estamos na luta pela causa animal e esse projeto ajuda também no combate aos maus-tratos. E essa é uma forma de aliviar o problema de animais abandonados no nosso estado”, disse Moraes.

Além disso, a matéria cria casas para o abrigo desses pets. De acordo com a proposta, esses locais terão placas com a identificação ‘Animais Comunitários’. “Para abrigar esses animais, ficará permitida a colocação de casas em vias públicas, escolas públicas e privadas, órgãos públicos e empresas tanto públicas quanto privadas, com a autorização, é claro, do responsável pelo local”, destacou o parlamentar.

Leia Também:  Estudo mato-grossense avalia pecuária mais sustentável e sem antibióticos

Só o município de Cuiabá, por exemplo, tem mais de 14 mil animais de rua e a quantidade está crescendo com a pandemia. Um balanço da Diretoria de Bem-estar Animal, da Prefeitura de Cuiabá, indica que, em média, 10% dos animais domésticos foram abandonados e perambulam pela cidade. “Por isso, precisamos dar mais atenção a esse problema e a criação dos animais comunitários pode amparar esses cães e gatos abandonados”, afirma o parlamentar.

Vale destacar que os tutores deverão providenciar a identificação dos animais comunitários sob sua responsabilidade. “E para fazer a ideia funcionar, o poder público precisa fazer campanhas de conscientização do projeto, promover orientação técnica aos adotantes, registrar os dados do animal por meio de cadastro informatizado, dentre outros incentivos”, disse o deputado.

Ulysses Moraes está atuando na causa animal desde o início do mandato. O parlamentar tem mais projetos de leis com essa temática e em maio deste ano lançou o disque-denúncia animal. Após o pedido de ajuda de várias organizações não-governamentais (ONGs), o parlamentar criou essa plataforma com o objetivo de fazer a interlocução com os órgãos competentes. “Já fizemos o resgate de um animal e a plataforma está funcionando muito bem no papel de interlocução com os órgãos responsáveis por fazer o resgate. Agora essa aprovação do PL dos animais comunitários já é um grande avanço para o Estado de Mato Grosso”, finalizou o deputado.

Leia Também:  Aprovado em edital Aldir Blanc, novo álbum da Tocandira será lançado hoje com fusão de jazz com rasqueado

Tem denúncia de maus-tratos?

Se você tiver alguma denúncia, o canal de atendimento do disque-denúncia animal é via telefone (65) 99967-8310 ou pelo link: ulyssesmoraes.com.br/resgateanimal. E mesmo com a existência do número, em casos urgentes, as pessoas podem comunicar também à Polícia Militar pelos 190.

Fonte: ALMT

 

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA