Momento +

Prefeitos de Lucas do Rio Verde, Sinop e Nova Mutum vão à Brasilia solicitar ao Ministério dos Transportes que obras na BR 163 sejam retomadas

Publicados

em

Com objetivo de cobrar agilidade no processo da devolução da concessão da BR-163, o prefeito de Lucas do Rio Verde MT, Miguel Vaz, acompanhado dos prefeitos Roberto Dorner (Sinop) e Leandro Felix (Nova Mutum), além do senador Wellington Fagundes, esteve em Brasília (DF), nesta quarta-feira (18), para uma reunião com o secretário nacional de Transporte Terrestre, Felipe Queiroz.

Durante o encontro, a comitiva do médio-norte reiterou o pedido para que as obras na rodovia sejam retomadas, utilizando parte do valor do pedágio nas ações de manutenção e na construção de travessias nas quatro cidades cortadas pela rodovia.
De acordo com o secretário nacional, a solicitação será encaminhada ao ministro, que avaliará e tomará uma decisão.

“Também estivemos na Secretaria de Governo, onde solicitamos ao secretário especial de Assuntos Federativos, Flavio Giussani, uma audiência com o presidente Jair Bolsonaro. O nosso objetivo é sensibilizar o presidente, mostrando o potencial econômico da nossa região e o número de mortes que ocorre diariamente, devido à falta de infraestrutura da rodovia”, destacou o prefeito Miguel.

Leia Também:  No Mineirão Athletico paranaense vira para cima do Atlético mineiro que continua sem vencer sob o comando de Cuca

Ainda durante a viagem, os gestores estiveram com o presidente do Instituto Sociocultural Brasil China, Thomas Low, em busca de investimentos internacionais para a região, e com o secretário nacional do Turismo, Bob Santos, em busca de recursos para a revitalização de pontos turísticos.

 

Otavio Ventureli(da redação com Ascom Lucas)

Momento +

“O PSB sempre defendeu a candidatura da médica e professora Natasha”, afirma Max Russi em coletiva

Publicados

em

A médica e professora universitária, Natasha Slhessarenko(na foto ao centro) oficializou a desistência de sua candidatura ao Senado Federal

O deputado estadual Max Russi reafirmou, nesta segunda-feira (08), que o Partido Socialista Brasileiro de Mato Grosso (PSB-MT) sempre defendeu a candidatura da profissional de saúde.

Durante a coletiva, onde a professora universitária oficializou sua desistência da disputa ao Senado Federal, pela agremiação, o presidente do PSB estadual foi enfático.

“O PSB sempre defendeu a candidatura da Natasha, até pelo que ela representa. Uma mulher muito inteligente e capacitada”, reforçou.

Russi afirma que Natasha seria um reforço fundamental para o partido, até mesmo se decidisse por uma disputa a Câmara Federal ou Assembleia Legislativa. No entanto ressaltou que a decisão da médica precisa ser respeitada.

“Se a doutora Natasha fosse, seria um ganho muito grande para o PSB. Se fosse candidata a deputado estadual, seria uma mulher forte na Assembleia, que ia dar uma contribuição gigantesca ao Parlamento. Se ela fosse a Câmara Federal seria da mesma forma. O conhecimento que ela tem, de Educação e de Saúde, poucos tem”, avalizou.

Leia Também:  América mineiro vence o Juventude no Alfredo Jaconi pela 21ª rodada do Brasileirão e se afasta da zona da confusão

O parlamentar explicou que todas as decisões do Executiva Estadual são tomadas em conjunto com os correligionários, bem como a definição por de caminhar junto ao projeto de reeleição do governador Mauro Mendes (União Brasil).

“A partir do momento que teve uma decisão por parte dela (Natasha), de não ser candidata, nesso momento passou-se ao diretório a execução do encaminhamento da aliança. Foi a partir daí que o partido entrou para definir a coligação que participaremos”, esclareceu.

 

Otavio Ventureli(da redação com Assessoria)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI