Momento +

Rodada do Brasileirão deste fim de semana começa com clássico do futebol as 17 horas de hoje envolvendo Vasco x Flamengo no Rio

Publicados

em

Já fazem três anos e três meses que Vasco e Flamengo se enfrentaram pela última vez em São Januário. Com o Clássico dos Milhões deste sábado,  as 17 horas, pelo Brasileirão, a contagem chegará ao fim e o Rubro-Negro entrará em campo apenas com um remanescente da última vez que foi ao estádio – e venceu o rival por 1 a 0: trata-se de Diego(foto), que será o capitão rubro-negro nesta tarde.

Em 8 de julho de 2017, o Flamengo venceu o Vasco por 1 a 0, com gol do atacante Everton. Naquela partida, pela 12ª rodada do Brasileiro, o técnico Zé Ricardo mandou a campo o seguinte time: Thiago; Rodinei, Rafael Vaz, Rhodolfo e Trauco; Márcio Aráujo, Cuéllar e Diego; Everton Ribeiro, Everton e Guerrero.

O retrospecto recente do Flamengo contra o Vasco, em partidas válidas pelo Campeonato Brasileiro, é positivo: foram duas vitórias e quatro empates nas edições de 2019, 2018 e 2017. Em 2016, não houve confronto entre os times pois o Cruz-Maltino disputou a Série B. A última derrota do Rubro-Negro no clássico nesta competição foi em 27 de setembro de 2015: 2 a 1 no Maracanã.

Leia Também:  Ttribuna de Contas MT suspende pregão da Secretaria de Segurança para contratação de empresas para fornecimento de refeição

 

 

Otavio Ventureli(da redação)

 

Momento +

Presidente do PDT de MT lamenta saída de Pivetta da sigla e diz que vice-governador deixou um legado em 15 anos de filiação e militância

Publicados

em

O deputado estadual e presidente do PDT em Mato Grosso, Allan Kardec, lamentou a desfiliação do vice-governador Otaviano Pivetta(a esquerda na foto) da sigla.

O estopim para o rompimento foi o apoio de Pivetta à Coronel Fernanda, que defende as ideologias do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Fiquei triste, ontem tivemos uma conversa e ele pediu a desfiliação, mas ele já vinha ensaiando isso desde a campanha de 2018, quando apoiou o Bolsonaro. Agora ele se manifestou a favor da candidata Coronel Fernanda e isso vai direto contra a direção partidária”, explicou Kardec.

Porém, mesmo com a desfiliação, o deputado não poupou elogios a Pivetta no tempo em que foi membro do PDT.

“O Pivetta deixou um legado no PDT, teve mais de 15 anos de militância, teve 3 mandatos de prefeito, que foram premiados em todo Brasil. Ele é uma pessoa que tenho como referência, mas hoje é uma pessoa que se posiciona diferente daquilo que o PDT orienta”.

Allan ainda disse que a saída do vice-governador não provocará uma “debandada” do partido. “O PDT continua firme, hoje sem o Pivetta, mas crescendo no Estado. Ele não irá levar ninguém, não fez o pedido para ninguém sair. Ele só se desfiliou, não irá para nenhum partido até o final deste ano e nós vamos estar tocando o partido, hoje sem o Pivetta, mas lembrando sempre que ele ajudou na construção do partido no Estado”.

Leia Também:  Papai Noel de 87 anos é o candidato mais velho à concorrer as eleições municipais de novembro próximo em Mato Grosso

Racha no PDT

Otaviano Pivetta declarou apoio à Coronel Fernanda durante carreata realizada no sábado (17), em Lucas do Rio Verde, Mato Grosso. Ainda filiado ao PDT, o anúncio foi em desencontro com a escolha do partido em apoiar o advogado Euclides Ribeiro.

Na segunda-feira (19), Pivetta postou em sua rede social que pediu para sair da sigla e que teve uma conversa “amigável e respeitosa” com Allan Kardec.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com Assessoria)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA