Momento +

Se deu mal: Malandro é preso em flagrante quando tentava clonar o cartão de crédito do Pai de uma delegada do DHPP

Publicados

em

Um Golpista está preso em Cuiabá, desde a última segunda(03), após tentar clonar o cartão de crédito do pai da delegada Jannira Laranjeira(foto) da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A Polícia Civil confirmou o fato e investiga a atuação do grupo em Cuiabá.

De acordo com as informações, uma mulher ligou no telefone fixo da residência do pai da delegada, no CPA 1, informando que o cartão dele havia sido clonado.

Durante o golpe, ele foi informado que o ‘funcionário do banco’ iria até a casa buscar o cartão, sendo solicitada ainda a senha pessoal da vítima. O pai da delegada a informou do fato, que logo entendeu que se tratava de um golpe.

Ela acionou a Polícia Militar que prendeu o homem em flagrante na porta da casa da vítima, quando ele tentava buscar o cartão de crédito. Com ele, os policiais encontraram 2 CNHs com nomes diferentes.

Encaminhado para a Central de Flagrantes, ele foi autuado pelo crime de estelionato, uso de documentos falsos e associação criminosa. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Leia Também:  Operação conjunta das PC e Militar prende em flagrante casal de traficantes com maconha, cocaína, balança de precisão e um revolver 38

 

Otavio Ventureli(com ascom)

Momento +

Em discurso inflamado candidato a Prefeito ex-delegado de Polícia Civil e ex-Secretário de Justiça afirma que “corrupção deve ser praticada”

Publicados

em

Uma gafe do deputado estadual Wallber Virgolino(foto)  marcou o primeiro debate entre candidatos a prefeito de João Pessoa, capital da Paraíba.

Ao defender a transparência na gestão pública, Virgolino, que já foi delegado da Polícia Civil, afirmou ser preciso “praticar a corrupção”.

“Se chegarmos à prefeitura a gente pretende fazer uma operação pente-fino em todas as secretarias. Corrupção deve ser praticada, não apenas falada”, afirmou ele, que prometeu entregar a controladoria-geral do município a um policial federal ou um integrante do Ministério Público caso seja eleito.

“Só se combate a corrupção abrindo essa caixa preta. Não tenho nada a esconder”, completou Virgolino, sem notar que sua frase anterior teve sentido contrário do que pretendia dizer. O candidato que debatia com ele no momento, Raoni Mendes, também não comentou a gafe do adversário.

Virgolino foi eleito deputado estadual pela primeira vez nas eleições de 2018 com 48.053 votos. Na Paraíba, o parlamentar já ocupou cargos de delegado do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil (GOE), de corregedor do Detran-PB e de secretário de Administração Penitenciária. No Rio Grande do Norte, foi secretário de Justiça e Cidadania.

Leia Também:  Justiça proibe que advogado Cleverson Contó acusado de agredir mulheres se aproxime a menos de 500 metros de empresária

 

Otavio Ventureli(da redação com G1)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA