Momento +

Secel e Oi Futuro selecionam cinco iniciativas com melhor desempenho no programa MOVE_MT

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) e Oi Futuro selecionaram as cinco iniciativas que tiveram melhor desempenho no MOVE_MT, programa voltado para a aceleração de projetos e negócios da economia criativa em Mato Grosso.  Os empreendimentos receberão prêmio em dinheiro e seus responsáveis participarão de intercâmbio no Rio de Janeiro (RJ) para conhecer o ecossistema de inovação da cidade e interagir com a rede do Labora, o Laboratório de Inovação Social do Oi Futuro. 

Durante seis meses, o MOVE_MT proporcionou mais de 2.500 horas de formação e mentorias a 27 projetos e negócios criativos contemplados por meio de edital público. Destes, foram premiados cinco empreendimentos: Sumac Records, de Cuiabá, Encontrei lá Brechó, de Cuiabá, Delícias da Rozi, de Cáceres, ArtGi Empreendimento Sustentável, de Terra Nova do Norte, e Cadju Filmes, de Várzea Grande.

Além da imersão no Instituto de inovação e criatividade da Oi, serão ainda distribuídos R$ 170 mil reais aos cinco projetos premiados. O objetivo é que os recursos sejam investidos para impulsionar a evolução dos empreendimentos. 

A escolha considerou o desempenho ao longo do ciclo de aceleração e apresentação do Pitch, técnica em que todos os participantes do programa expuseram o desenvolvimento e a aprimoração de seus projetos de forma concisa e verbal. Formada por profissionais atuantes em economia criativa, a banca de avaliação analisou o desempenho dos empreendedores nos pontos de vista da economia, do investimento e do impacto de seus trabalhos.

Para a superintendente de Desenvolvimento da Economia Criativa na Secel, Keiko Okamura, foi perceptível a evolução dos projetos durante apresentação do pitch.

Leia Também:  Justiça de MT reconhece prescrição punitiva e extingue ação contra Arcanjo no esquema de desvio de milhões de reais da Assembleia

“Com apresentações impecáveis, mostrando planejamento, proposta de sustentabilidade, ampliação de receita, engajamento nas redes sociais, os empreendedores mato-grossenses saem desse processo com um propósito. Estamos orgulhosos dessa jornada e os resultados só apontam para o grande potencial humano, cultural e econômico de nosso Estado”, destaca Keiko. 

Mais sobre os projetos premiados 

Sumac Records: estúdio e gravadora voltada para a aceleração de artistas autorais. Oferece serviços para o desenvolvimento de carreiras sustentáveis, atuando nas frentes de capacitação, produção, distribuição e promoção. Instagram @sumacrecords

Encontrei Brechó: negócio criado por uma mãe adolescente que busca atender todos os corpos e entrega conteúdo de valor na internet. “Encontrei Lá Brechó” oferece peças plus size, com estilo visando elevar a auto estima das clientes. Estimula uma nova forma de consumo, visando a preocupação com o meio ambiente. Instagram @encontrei__

Cadju Filmes: produtora de documentário audiovisual dedicada a temas indígenas, de direitos humanos e ambientais. Busca amplificar os saberes e as vozes das mulheres indígenas, documentando sua luta pela preservação de sua cultura e da terra, além de formar jovens mulheres em audiovisual. Instagram @cadjufilmes

Delicias da Rozi: doceria on-line voltada para as classes C, D e E de Cáceres (MT), engajada na redução dos impactos ambientais por meio do uso e descarte consciente de embalagens. Instagram @deliciasdarozi.caceres

Artgi Empreendimento Sustentável: negócio especializado na produção de artigos em madeira e engajado na sustentabilidade, visando a preservação do meio ambiente, o reflorestamento e o aproveitamento da matéria prima. Instagram @artgi_empreend_sustentavel

Leia Também:  Paciente viaja de Cuiabá à Aripuanã MT segurando a porta da ambulância com uma corda; Ministério Público MT vai apurar o descaso da Prefeitura

MOVE_MT

Promovido em parceria entre Secel-MT e Oi Futuro, o MOVE_MT propiciou uma intensa formação aos participantes mato-grossenses, por meio de workshops coletivos e mentorias individualizadas. As atividades foram totalmente gratuitas e realizadas em ambiente virtual. 

Os workshops abordaram temas sobre Comportamento Empreendedor, Economia Criativa, Inovação, Desenvolvimento Sustentável, Ferramentas de Prototipagem Digital, Captação de Recursos e Formação em Pitch. Já os atendimentos individuais durante as mentorias visavam amadurecer os processos de gestão e embarcar tecnologia no modelo de atuação dos projetos.

Foram ainda ofertados encontros chamados de ‘Café com Líderes’ em que fundadores ou representantes de outras iniciativas de sucesso compartilham experiências de suas atividades.

De acordo com a gerente de Cultura e Educação do Oi Futuro, Carla Uller, os empreendedores aprenderam como se estruturar, se entenderem como empresas, e pensaram maneiras de gerar ou potencializar a geração de receita.

“Muitos participantes entraram apenas como produtores, escritores, artistas e músicos e saíram entendendo que eles não deixaram de ser da área de cultura, mas que também despertaram o lado empreendedor, desenvolveram outra habilidade, com olhar direcionado para a gestão, de números, indicadores e impacto”, explica.

Confira aqui todas as iniciativas selecionadas para o ciclo de Aceleração MOVE_MT. Todas receberam uma ajuda de custo como prêmio pela participação.

Fonte: GOV MT

Momento +

Em ação conjunta PRF e PC/MT prendem donos de oficina que adulteravam veículos roubados

Publicados

em

Duas pessoas foram presas em flagrante na região metropolitana de Cuiabá pelos crimes de receptação qualificada e adulteração de sinal identificador de veículo, em ações conjuntas da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Civil.

Na última quinta-feira (26), no município de Várzea Grande, a Polícia Rodoviária Federal e a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) localizaram uma oficina de funilaria automotiva utilizada para realizar adulteração de sinais identificadores de veículos pesados (caminhões), produtos de crime.

Ação foi possível após a PRF apreender um caminhão adulterado no município de Barra do Garças. Os policiais apuraram que o veículo era produto de crime e havia sido adulterado nessa oficina.

As equipes policiais se deslocaram ao local e encontraram escondido dentro do galpão da empresa um caminhão que estava com uma placa fria. Feitas as devidas checagens, constatou-se que a numeração de chassi correspondia a outra placa veicular, de um automóvel furtado no dia 18 de maio em Cuiabá. O proprietário do local foi preso em flagrante por receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

Leia Também:  Comodoro soma mais de R$ 58 milhões em investimentos do Governo de MT

Em outra ação conjunta realizada nessa sexta-feira (27), por equipes da PRF e Derfva, os policiais localizaram um semirreboque que foi roubado no município de Várzea Grande, no início deste mês.

O veículo estava escondido em um estabelecimento comercial de peças usadas, localizado em Cuiabá, na BR-364. O semirreboque estava em processo de adulteração, sendo que as etiquetas oficiais de identificação de numeração do chassi foram removidas e o número de identificação veicular adulterado.

O proprietário do local também foi conduzido para a Derfva e autuado em flagrante pelos crimes de receptação qualificada e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

Do início deste ano até o dia de hoje, somente a Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso já recuperou 188 veículos com registro de roubo/furto nas rodovias e estradas federais do estado. Esse resultado advém de um planejamento realizado com base nas estatísticas das ocorrências, aumento da fiscalização em pontos críticos e atuações integradas com outros órgãos.

Outro fator que contribui com isso é o Sistema Nacional de Alarmes da PRF (SINAL), disponibilizado desde novembro de 2017, serve para registrar roubos e furtos de veículos. O sistema tem por objetivo divulgar, imediatamente após o registro, informações de ocorrências nas últimas 72 horas. A probabilidade de recuperação de um veículo é maior nas primeiras horas após a ocorrência do fato.

Leia Também:  Prefeito de Nova Ubiratã MT Edegar Bernardi diz que a regularização fundiária no municipio é um dos objetivos de sua Administração

Qualquer pessoa que tenha sofrido roubo ou furto de veículos dentro do Brasil pode efetuar o registro pelo site https://www.gov.br/prf/pt-br/servicos/sinal , como também pode ser feito por meio do número 191, central de emergência da Polícia Rodoviária Federal. Salienta-se a importância de que o registro na PRF não substitui o Boletim de Ocorrência na Polícia Civil.

Fonte: PRF MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA