Momento +

Secretário municipal de obras irmão de Prefeito é suspeito de assassinar a tiros ex-Presidente de Câmara municipal candidato a vereador

Publicados

em

O candidato a vereador em Patrocínio, no Alto Paranaíba, em Minas Gerais, Cássio Remis, foi assassinado a tiros na tarde desta quinta-feira, 24, depois de fazer uma live criticando obras que estavam sendo realizadas pela prefeitura.

Remis, de 37 anos, estava em frente a uma casa em que, segundo ele, poderia começar a funcionar o comitê de campanha de seu adversário político na cidade, o prefeito Deiró Marra, ex-deputado estadual.

De acordo com a Polícia Militar em Patrocínio, o suspeito de ter cometido o crime é Jorge Marra, secretário de Obras da cidade e irmão do prefeito. Ele está foragido.

Na live, é possível ver o candidato, que também é presidente do PSDB em Patrocínio, falando sobre as obras. Cássio Remis pára durante a gravação e começa a filmar um homem que desce de uma caminhonete, vai em sua direção e pega seu celular.

Segundo a PM, em seguida o candidato foi à Secretaria Municipal de Obras para tentar recuperar o aparelho, quando foi atingido e morto nas proximidades do imóvel em que a pasta funciona. A polícia fez buscas para localizar o secretário. Cássio Remis já foi vereador e presidiu a Câmara Municipal de Patrocínio.

Leia Também:  Hospital Regional de Rondonópolis MT anuncia sespensão do atendimento à pacientes com Covid 19 mas não explica os motivos da decisão

Na transmissão ao vivo que fez antes de morrer, o candidato acusava a prefeitura de colocar equipamentos públicos para obras que beneficiariam o prefeito, candidato à reeleição no município. “Estamos aqui na avenida que está servindo para reforma (sic) e para nossa surpresa, mas não para nossa estranheza, nós nos deparamos desde ontem com um arsenal de funcionários da prefeitura sendo utilizados para fazer o calçamento de onde possivelmente será o comitê do prefeito Deiró Marra.”

Ao perceber a chegada do homem que desce da caminhonete, o candidato retira o telefone, que parecia estar sobre um tripé, passa a filmar a pessoa que se aproxima e diz: “tá agora o secretário. Chegaram aqui para me agredir. Entendeu?”. Há uma discussão, mas inaudível. O telefone parece cair. Em seguida, o secretário teria conseguido deixar o local levando o aparelho. Ao tentar recuperá-lo na secretaria, o candidato foi morto.

O presidente estadual do PSDB, deputado federal Paulo Abi-Ackel, divulgou nota sobre o assassinato do candidato. “O PSDB de Minas Gerais manifesta seu mais profundo repúdio à extrema violência que se abateu sobre o presidente municipal do PSDB de Patrocínio, Cássio Remis dos Santos, de 37 anos. Nenhuma divergência política justifica a substituição do debate e das diferenças por meios violentos, ainda mais em se tratando de vidas humanas”, afirmou.

Leia Também:  Série B: Na Arena do Índio Condá em Chapecó Chape x Vitória empatam em 1 x 1 neste sábado e pouco avançaram em busca dos seus objetivos

Em coletiva à imprensa na noite desta quinta-feira(24), O Prefeito do municipio confirmou que os disparos que matou Remis, partiu mesmo do seu irmão que está foragido.

 

Otavio Ventureli(da redação)

Momento +

Um dos pioneiros de municipio de Mato Grosso que havia se recuperado de covid 19 há 15 dias morre nesta segunda de causa não revelada

Publicados

em

O pai do vereador da  cidade de Sorriso, em Mato Grosso, Fábio Gavasso, morreu nesta segunda-feira (19).

A causa da morte não foi revelada. No entanto, Daquir Gavasso, de 72 anos(foto), havia se recuperado da Covid-19 há duas semanas. O vereador  comunicou a morte do pai pelas redes sociais.

Daquir Gavasso teria sido um dos pioneiros da cidade de Sorriso. O presidente da Câmara de Vereadores da cidade, vereador Claudio Oliveira, lamentou a morte de Daquir e declarou luto oficial de três dias no município.

“Foi um cidadão que ajudou a construir Sorriso, sempre foi dedicado nas questões do desenvolvimento do Município e pai do nosso vereador Fábio Gavasso, por quem nos solidarizamos”, disse.

No último dia 4, Fábio Gavasso fez uma publicação no Facebook comemorando a recuperação do pai, que havia contraído a Covid-19 e ficou internado por um tempo para tratar a doença. “Hoje é uma data especial.  A data que recebemos o meu pai de volta ao lar com a graça de Deus. […] Deus é maravilhoso sempre. A missão continua”.

Leia Também:  Abatido, técnico Vágner Mancini diz que Corinthians marcou errado na goleada para o Flamengoe vê problemas físicos e táticos na equipe

O velório de Daqui Gavasso está sendo realizado na capela do cemitério de Sorriso desde às 8h desta segunda-feira (19). O enterro dele ocorreu as 16 hs.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA