Momento +

Segunda-feira (02): Mato Grosso registra 491.619 casos e 12.836 óbitos por Covid-19; Foram notificadas 1.045 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (02.08), 491.619 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 12.836 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.045 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 491.619 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 9.770 estão em isolamento domiciliar e 467.575 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 433 internações em UTIs públicas e 256 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 79,16% para UTIs adulto e em 30% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (99.926), Rondonópolis (34.892), Várzea Grande (32.883), Sinop (23.585), Sorriso (17.185), Tangará da Serra (16.808), Lucas do Rio Verde (14.641), Primavera do Leste (13.090), Cáceres (10.687) e Barra do Garças (10.026).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Barra do Garças adere ao Mais MT Muxirum e as aulas começam na próxima semana

O documento ainda aponta que um total de 376.852 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 516 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

No domingo (01.08), o Governo Federal confirmou o total de 19.938.358 casos da Covid-19 no Brasil e 556.834 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 19.917.855 casos da Covid-19 no Brasil e 556.370 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta segunda-feira (02.08).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Inscrições para 7° Circuito Empreendedor de Alta Floresta estão abertas

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Momento +

Tenente- coronel Hadassah Beserra assume comando do maior Batalhão da PMMT

Publicados

em

 

Tenente- coronel Hadassah Susannah Beserra Souza assumiu o comando do 3º Batalhão da Polícia Militar na tarde de sexta-feira (24.09). A solenidade de passagem de comando aconteceu na sede da unidade, no bairro CPA IV, em Cuiabá. A militar  é a primeira policial mulher  a comandar o maior batalhão da PMMT.

O ato solene foi presidido pelo comandante-geral da PM, coronel Jonildo José de Assis e pelo comandante do 1º Comando Regional de Cuiabá, coronel Esnaldo Moreira. Tenente-coronel Gilcimar Mendes Côrrea, que transferiu a função de comandante para a tenente-coronel Hadassah Susannah, estava sob o comando do 3º BPM desde que o então coronel Fernando Augustinho de Oliveira Galinho foi promovido, no início deste mês.

Coronel Fernando Augustinho de Oliveira Galinho ficou à frente do 3º Batalhão por mais de três anos. Ao se despedir, o oficial destacou o empenho da tropa, da parceria da unidade com a comunidade e dos relevantes índices de produtividade do maior batalhão da PM. “Aos nossos parceiros quero agradecer por confiarem na Polícia Militar. Nossos policiais são aguerridos e compromissados com a segurança pública. Continuem empenhados nesta missão para com a nova comandante tenente-coronel Hadassah”, disse o coronel Fernando.

Leia Também:  Várzea Grande: Famílias carentes da região do grande Cristo Rei recebem doações de roupas

A nova comandante do 3º Batalhão, tenente-coronel Hadassah Susannah, 38 anos, foi aluna da Escola Militar Tiradentes entre os anos de 1994 e 2000. A militar ingressou na PMMT em fevereiro de 2001. Nascida em Jauru, tenente-coronel Hadassah é formada no Curso de Oficiais da PMMT; graduada em Ciências Jurídicas- Direito pela Universidade de Cuiabá (UNIC); concluiu o curso de Operações Rotam (COR), curso de Polícia Judiciária Militar, curso de Instrutor de Tiro Policial.

Experiente, tenente-coronel Hadassah comandou a 2ª Companhia Independente da Polícia Militar do bairro Lixeira; da 6ª CIA PM Bosque da Saúde, coordenadora administrativa sistêmica do 10 º BPM, ajudante de ordem entre 2018 e 2017 da Casa Militar, Assessora Jurídica da PMMT, dentre outras funções.

O maior batalhão da PMMT, sediado no bairro CPA IV, em Cuiabá, faz parte do 1º Comando Regional e é responsável pelo policiamento ostensivo em 100 bairros e 9 comunidades rurais que somam cerca de 130 mil habitantes.  A estrutura desse batalhão é formada por 8 unidades: sede, sete companhias (Jardim Vitória, Três Barras, Pedregal, Moinho, Planalto, Planalto, Bosque da Saúde e CPA) e o Grupo de Apoio (GAP).

Leia Também:  Governo conclui drenagem e avança para fase de pavimentação da Trincheira Jurumirim, em Cuiabá

 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA