Momento +

Sem pontaria, São Paulo e Grêmio não saem do zero neste sábado no Morumbí e freiam ascensão na tabela com muita reclamação dos gaúchos

Publicados

em

São Paulo e Grêmio ficaram no empate em 0 a 0 na noite deste sábado(17), no Morumbi, num jogo entre duas equipes técnicas que procuraram ter a bola nos pés, mas pecaram nas finalizações e frearam a ascensão de ambos na tabela do Campeonato Brasileiro.

Os goleiros Tiago Volpi e Vanderlei foram praticamente espectadores de rivais que criaram, mas não acertaram o pé. O duelo válido pela 17ª rodada gerou expectativa por reunir duas equipes bem montadas e com os técnicos há mais tempo em seus cargos na Série A: Fernando Diniz e Renato Gaúcho. Esperava-se bem mais do espetáculo.

O empate leva o São Paulo aos 27 pontos, ainda em quarto lugar, mas com Santos e Fluminense na cola. O Grêmio vai a 21 e vê os adversários da parte de cima mais longe.

O São Paulo começou como dono do jogo e chegou a ter 86% de posse de bola nos primeiros 15 minutos. Com Daniel Alves na lateral, o Tricolor conseguiu encurralar o Grêmio, avançar com seus dez jogadores de linha e achar espaços com tabelas rápidas e boa circulação de bola. Faltou, porém, acertar o pé: Luciano, Brenner e Bruno Alves finalizaram sem perigo.

Leia Também:  Levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Púbica indica que Mato Grosso ocupa o 1º lugar em casos de racismo no ranking nacional

O Grêmio se reencontrou aos poucos e colocou seus meio-campistas na partida. Em vez de apostar apenas em contra-ataques com Pepê, o time gaúcho também rodou a bola, equilibrou as ações e arriscou de longe: Maicon e Pepê criaram boas chances. Apesar das oportunidades, Vanderlei e Tiago Volpi mal sujaram seus uniformes na primeira etapa.

No segundo tempo, logo de cara, São Paulo e Grêmio assustaram: um chute de Igor Gomes que exigiu boa defesa de Vanderlei e uma finalização de Kannemann após cabeceio de Geromel. O time de Renato Gaúcho foi mais incisivo, principalmente após as entradas de Ferreira e Jean Pyerre.

Jogando mais no campo do São Paulo, o Grêmio rondou o gol de Tiago Volpi, pressionou a saída de bola e aproveitou erros do rival para criar oportunidades. Do lado do Tricolor, Daniel Alves deixou a lateral e passou para o meio-campo, mas foi responsável por alguns dos erros que favoreceram o Grêmio. O panorama não mudou, e o 0 x 0 se manteve.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com G1)

Momento +

Policial do GOE de Mato Grosso brilha no “Brasileirão” de Jiu-Jitsu em Caieiras SP e é Campeão Brasileiro da modalidade com muito talento

Publicados

em

O policial Leandro Furtado Rezende, lotado na Gerência de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil de Mato Grosso, conquistou o primeiro lugar na categoria Master 4, peso meio pesado, no Campeonato Brasileiro de Jiu-jitsu Esportivo 2020.

O evento nacional ocorreu no fim de semana, em Caieiras, região metropolitana da grande São Paulo (SP), e reuniu atletas competidores de vários estados.

Durante os três dias de torneio, o investigador de polícia demonstrou o seu talento em  artes marciais, derrotando adversários também treinados para disputar o campeonato brasileiro de Jiu-jitsu deste ano.

Leandro Rezende pratica artes marciais na modalidade Jiu-jitsu há 31 anos, sendo que há 22 anos foi batizado na categoria faixa preta.

Condecorado com a medalha de ouro pelo primeiro lugar na categoria Master 4, peso meio pesado, Leandro falou da felicidade pela vitória obtida com dedicação, comprometimento, além do esforço físico e suor. Perdendo na luta final de sete a zero, e faltando apenas 15 segundos, o investigador de polícia finalizou o oponente.

“Iniciei o dia de quinta-feira (22), participando de uma operação policial e trabalhando até as 21 horas na GOE. Na madrugada de sexta-feira(23) embarquei para São Paulo. Consegui algumas horas para descansar e logo às 13 horas fui para a cidade de Caieiras, onde mesmo cansado e ainda exausto, competi saindo como campeão”, completou ele.

Leia Também:  Pressionando o Náutico no decorrer da etapa final o Cruzeiro consegue o empate aos 40 minutos do segundo tempo pela Série B neste domingo

O policial civil agradeceu os colegas da GOE pelo incentivo, em especial ao delegado da unidade Ramiro Mathias Queiroz e o chefe de operação EdCarlos da Silva Campos por acreditar na sua capacidade e, principalmente, por apoiar as participações em campeonatos fora do estado.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com GD)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA