Momento +

Série B: América mineiro vence clássico com o Cruzeiro no Mineirão neste sábado e assume terceira colocação na competição

Publicados

em

No clássico mineiro da Série B, levou a melhor quem mostrou mais merecimento em campo. Superior em qualidade e organização no Mineirão, na noite deste sábado(29), o América-MG derrotou o Cruzeiro por 2 a 1 e assumiu a terceira colocação da Série B, chegando ao quarto jogo seguido sem derrota.

Já a Raposa ampliou o jejum de triunfos, chegando ao terceiro jogo e ficando a um ponto da zona do rebaixamento.

O primeiro tempo começou equilibrado, com as duas equipes tentando levar perigo aos gols de Fábio e Matheus Cavichioli. Mas, com o decorrer do tempo, viu-se que quem tinha mais organização e repertório era o América. Envolvia o Cruzeiro, aproveitando dos espaços deixados e com a qualidade do seu setor ofensivo.

Superior e sem ser ameaçado, o Coelho abriu o placar com Eduardo Bauermann, de cabeça. Comemorou ao estilo Pantera Negra. Não demorou muito, e o América fez o segundo, aproveitando a saída de bola errada da Raposa, Matheusinho recebeu cruzamento e mandou para o gol.

Enderson Moreira voltou para o segundo tempo  com três alterações no Cruzeiro. Elas deram mais mobilidade ao time cruzeirense, que, mesmo com mais vontade e chegando mais ao ataque, levou pouco perigo ao gol do América-MG, que deixou de ser perigoso e envolvente como na primeira etapa, preocupando-se mais em manter o resultado.

Leia Também:  Palestras apresentam benefícios do aleitamento materno e cuid...

Com isso, chamou o Cruzeiro para a sua defesa e levou um gol, um belo gol de Arthur Caíke. O Cruzeiro insistiu, mas sem organização, chutou mais fora da área e voltou a levantar bolas na área. Sem grande sucesso para levar perigo. Na soma dos tempos, América melhor, e vitória merecida.

Otavio Ventureli(com GE minas)

Momento +

Assaltante que levou malotes de dinheiro da Caixa do Boa Esperança em Cuiabá é morto a tiros na Bolívia

Publicados

em

A Polícia da cidade de San Matías, na Bolívia, investiga e tenta localizar criminosos que mataram  o  cuiabano Vinicius Bernardinelli Dacache, de 36 anos, assassinado com 11 tiros  na última quarta-feira (12).

Em 2006, ele foi condenado a 16 anos e oito meses de prisão por envolvimento em um roubo na agência da Caixa Econômica Federal ocorrido no dia 4 de junho do ano anterior.

Na ocasião, foram roubados R$ 195 mil de malotes que chegavam à agência, localizada no bairro Boa Esperança.

Vinicius também já havia sido preso por roubo em Tangará da Serra MT.

De acordo com informações de sites locais da Bolívia, Vinicius atuava no ramo de tratores e máquinas e três dos tiros foram na cabeça dele.

Consta ainda que ele não estava com o celular ou as chaves de um carro que estava próximo ao corpo dele.

Os familiares do foragido da Justiça foram até San Matias e realizaram o translado do corpo dele para Cuiabá.

Leia Também:  Matador de policial militar e filha de 16 anos em Rondonópolis MT é preso em loja de sapatos em Goiânia

O sepultamento dele aconteceu na manhã desta sexta-feira (12). Ainda conforme informações locais, não foram identificados os responsáveis pela morte de Vinicius.

 

Otavio Ventureli(da redação com hiper)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI