Momento +

Mauro Mendes anuncia vacinação contra Covid 19 para servidores do DETRAN de Mato Grosso que integram segurança pública do Estado

Publicados

em

O governador Mauro Mendes comunicou nesta segunda-feira (05.04) que ao menos 3.200 profissionais das forças de Segurança Pública do Estado serão vacinados ainda no mês de abril contra o covid-19.

Isso inclui também os servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), que fazem parte da estrutura da Segurança Pública do Estado.

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, explicou que a vacinação seguirá critério de idade, como forma de não discriminar nenhuma das categorias que pertencem às forças de Segurança. “Está sendo criada uma lista com a idade de todos os profissionais e a distribuição será por idade, prestigiando todos os 141 municípios”, pontuou.

Segundo o governador Mauro Mendes, de início a Secretaria de Estado de Saúde vai conseguir 3200 doses, podendo chegar a 3500. “Muito provavelmente ainda no mês de abril poderemos vacinar todo o contingente, que tem colocado a própria vida em risco no combate à pandemia”, afirmou o governador.

A vacinação dos servidores do Detran contra o covid-19 é mais um avanço conquistado pela atual gestão com a inclusão da Autarquia no quadro das forças de segurança pública estadual. Em reunião realizada na Secretaria de Segurança Pública com a presença do Detran-MT, no dia 1º de abril, o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, informou que o Detran-MT estava dentro desse calendário de vacinação para as forças de segurança pública e na segunda-feira (05.04) o Detran encaminhou a Sesp a relação dos servidores, por idade, para a vacinação.

Leia Também:  Câmara Municipal de Várzea Grande MT vai investigar Diretor da Casa por desvio de conduta durante festinha organizada em sua casa

“O anúncio feito pelo governador Mauro Mendes na segunda-feira foi um marco histórico para concretizar tudo que já havia sido articulado pela gestão do Detran-MT”, ressaltou o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.

Articulação e avanços

Desde o início, a atual gestão do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) vem articulando junto ao Governo do Estado, Secretaria de Segurança Pública (Sesp-MT) e Assembleia Legislativa para que o Detran seja incluído nas forças de segurança pública do Estado.

No dia 04 de dezembro de 2020, após diversas articulações políticas, o Detran-MT avançou na conquista da publicação da Emenda Constitucional n° 95 de 02 de dezembro de 2020, de iniciativa do governador Mauro Mendes, que disciplina a segurança viária no Estado de Mato Grosso.

Com essa regulamentação, o Poder Executivo Estadual concedeu ao Detran-MT o aparato legal necessário para a execução da segurança viária no âmbito estadual.

A Emenda Constitucional n° 95 recepciona na legislação estadual as alterações inseridas na Constituição Federal pela Emenda Constitucional nº 82, de 16 de julho de 2014, que atribuiu aos órgãos executivos de trânsito dos estados, dos municípios e do Distrito Federal a responsabilidade pela segurança viária.

Leia Também:  Servidores do Instituto de Medicina Legal de MT participam de aplicação da vacina contra a Covid 19 em profissionais do sistema penitenciário

“A alteração do texto constitucional foi um marco na história da Autarquia, que passou a integrar definitivamente a Segurança Pública Estadual, oportunizando desde então  proposição de políticas públicas mais eficientes para a garantia da segurança viária à sociedade mato-grossense”, ressaltou o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Momento +

Governo de Mato Grosso já abriu 200 leitos de UTIs atingindo 608 leitos exclusivos para tratamento de pacientes vítimas da Covid 19

Publicados

em

O governador Mauro Mendes afirmou que já abriu duzentos leitos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Mato Grosso somente em 2021.

Com isso, o Estado chegou a 608 leitos exclusivos para tratar pacientes com Covid-19.

 “No início desse ano, tínhamos 403 UTIs para tratar coronavírus. Agora já temos 608 para atender a população de todas as regiões. São mais de 200 novas UTIs só este ano que abrimos, parte delas em parceria com os municípios”, afirmou, Mendes,  na manhã desta terça-feira..

Segundo Mauro, dez UTIs custam R$ 200 mil por mês, e grande parte destes leitos é bancada somente pelo Governo do Estado. Outro montante possui cofinanciamento federal. Apesar dos esforços, o gestor alertou que o Estado precisa da colaboração da população para que a taxa de ocupação de UTIs diminua, assim como o índice de contaminação.

“Já percebemos uma ligeira redução no contágio, mas é preciso que continuemos seguindo as medidas de distanciamento. Ainda somos o estado que menos pratica o distanciamento. E isso resulta em mais contágio, internações e mortes. Não é momento ainda de achar que está tudo bem. O novo vírus é muito mais letal e está pegando todo mundo, inclusive com muita gente jovem morrendo”, frisou.

Leia Também:  Indícios de roubalheira: Falta medicamentos e insumos utilizados no combate a Covid 19 em dez unidades de saúde de Cuiabá; TCE apura

O governador ainda citou que a recuperação do equilíbrio econômico do estado, obtida nesta gestão, possibilitou que o Governo faça investimentos e ações na Saúde para enfrentar a covid-19, como a liberação de R$ 69,8 milhões aos municípios, para aplicarem na atenção básica. Esses valores eram de dívidas da gestão anterior e foram repassados em parcela única.

“Também somos o segundo estado que mais testa no país. Estamos comprando 500 mil novos testes e 180 mil já chegaram e estão sendo distribuídos às prefeituras. São testes de antígeno, com grande assertividade”, afirmou Mauro.

O governador também citou as medidas para aliviar o bolso da população nesse momento difícil. “Criamos o auxílio emergencial que vai ajudar 100 mil famílias em todo o estado. Postergamos o ICMS de pequenas empresas e dos setores atingidos pela pandemia. Postergamos o IPVA de todo mundo, assim como o licenciamento. Concedemos R$ 55 milhões em crédito para empresas dos ramos com maior dificuldade. Devemos mandar até amanhã outro projeto de lei que estabelece isenção do IPVA a diversas categorias, como o pessoal de van, transporte escolar, bares, restaurantes, turismo, entre outros. E continuaremos a tomar todas as ações necessárias nesse sentido”, concluiu

Leia Também:  Várzea Grande abre inscrição para 60 anos depois de vacinar 6,5 mil pessoas nos últimos dias

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA