Momento +

Sesp realiza leilão de veículos apreendidos em tráfico; uma aeronave também está disponível para lances

Publicados

em

 

Vinte e três veículos apreendidos pelo crime de tráfico de drogas estão disponíveis para lance em leilão eletrônico até a próxima terça-feira (03.08). Todos os recursos arrecadados serão destinados ao Fundo Estadual Sobre Drogas (Funesd-MT).

Também está sendo leiloado em um lote único uma aeronave, modelo EBM-810C, o valor arrecadado com a venda será destinado à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). Os lances para o avião estarão disponíveis até a próxima quarta-feira (04.08).

O leilão é da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), representada pela Comissão Permanente de Avaliação e Alienação de Bens. Em razão da pandemia do coronavírus (Covid-19), o leilão é realizado totalmente de forma eletrônica pelo site www.majudicial.com.br.

Dentre os 23 veículos, estão disponíveis para lances motos, carros e uma caminhão Actros 2646 LS 6X4. A lista completa dos bens, os valores para lances e demais especificações, está disponível neste LINK.

O último leilão do Fundo Estadual Sobre Drogas (Funesd-MT) realizado neste ano de 2021, arrecadou um total de R$ 260.415,00. No leilão de 2020, o valor arrecadado foi de R$ 219.900,00.

Leia Também:  Governo de MT não assinou contrato de compra de vacina com Instituto Butantan, apenas protocolo de intenção

Já a aeronave, modelo EBM-810C, dois motores, conta com capacidade para cinco passageiros. O lance inicial está proposto em R$ 480.000,00. O avião era utilizado pelo Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) da Sesp-MT. Acesse a página do leilão clicando AQUI.

Para realização de visitas e verificação dos lotes é obrigatório realizar o agendamento pelo e-mail: cuiaba.nú[email protected] Sendo permitido somente um visitante por horário disponível, a fim de que sejam garantidas as determinações das autoridades públicas e de saúde quanto ao combate à pandemia do coronavírus (Covid-19).

Os veículos automotores estão no pátio da Secretária Adjunta de Justiça, na Avenida Dr. Hélio Ribeiro, n° 1.400, bairro Paiaguás, em Cuiabá. Já a aeronave está no hangar do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) em Sorriso.

(Com supervisão de Débora Siqueira)

Fonte: GOV MT

Momento +

Polícia Civil de Lucas do Rio Verde recupera equipamentos avaliados em R$ 80 mil; casal é preso

Publicados

em

Diversos produtos de furtos foram recuperados pela Policia Judiciária Civil, através de intensas investigações que por dias havia sendo feitas. Entre os diversos objetos recuperados, dois equipamentos que pertencem a uma empresa de engenharia e construção civil, que avaliados, somam R$ 80 mil.

O furto a empresa citada, aconteceu no mês de maio, e os equipamentos estavam em poder de um casal, moradores do bairro Veneza, em Lucas do Rio Verde.

Além dos equipamentos, os policiais encontraram diversos objetos que eram produtos de outros furtos. Segundo informações, o casal estava agindo como receptadores desses produtos.

A policia prendeu na data de ontem (23), a mulher, que estava em posse dos equipamentos de valor agregado, no momento da prisão a mulher usava um aparelho celular que também é produto de roubo ou furto. O Delegado Eugenio Rudy falou que o casal não possuía nota fiscal dos objetos que foram localizados, o homem inclusive chegou a confessar que era costumeiro comprar materiais de pessoas desconhecidas.

Leia Também:  Estado deve custear tratamento particular para pacientes infectados pela Covid-19

Ainda conforme o Delegado, pela quantidade de material apreendido, é notável que o casal atuava a muito tempo no ramo de receptação. Grande parte desses produtos são subtraídos por usuários de drogas.

O homem trabalhava na empresa de engenharia e construção civil, de onde foram subtraídos os equipamentos, suspeito de ter colaborado com esse furto também, facilitando o acesso dos criminosos ao local.

Após a detenção do casal em flagrante delito, a autoridade policial colheu o depoimento de ambos e autuou pelo crime de receptação de produtos furtados ou roubados. O delegado ainda pontuou que o crime possibilita o arbitramento de fiança, sendo estipulado um salário mínimo para cada um dos conduzidos, se optarem pelo pagamento responderão pelo crime em liberdade.

 

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA