Momento +

Thiago Silva propõe política de atenção à saúde mental de pessoas com sequelas da Covid-19

Publicados

em


PL de Thiago Silva prevê atendimento pós-covid à população

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

O deputado estadual Thiago Silva (MDB) apresentou o Projeto de Lei nº 219/2021 na Assembleia Legislativa, que “institui a Política Estadual de Atenção à Saúde Mental das Vítimas da Covid-19 em Mato Grosso”.

O objetivo do projeto é que o governo estadual possa atender, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, as pessoas que sofreram de Covid e ficaram com sequelas físicas e mentais após o processo de contaminação e cura.

“Sabemos que a saúde mental se faz essencial para que a pessoa consiga dar andamento em sua vida após vencer a batalha da Covid. Tivemos muitas perdas, então vejo que é importante esse amparo para as pessoas que ainda sofrem algum tipo de sequela em decorrência do coronavírus”, disse o deputado Thiago.

As campanhas de conscientização farão parte do projeto e trarão orientações acerca de medidas para o enfrentamento de sentimentos como medo e estresse, bem como apresentarão estratégias de cuidado em saúde mental.

Leia Também:  Nenê comemorou seu 100º jogo pelo Fluminense marcando gol que deu a vitório do tricolor sobre o Santos nesta noite de quinta no Maracanã

De acordo com o projeto, o Sistema Único de Saúde (SUS) será responsável pela implementação e execução das ações e serviços a serem oferecidos às vítimas da Covid-19.

A aposentada Eliane Xavier relatou que ainda sente algumas sequelas do vírus e, se o atendimento for feito pelo SUS, ela acredita que irá ajudar famílias que precisam desse amparo.

Segundo o artigo 5º do projeto de lei, o atendimento a vítima de Covid-19 poderá ser realizado presencialmente ou à distância, de acordo com o regramento específico de cada modalidade, determinado pelo respectivo conselho profissional do membro da equipe multidisciplinar que prestar o atendimento.

Fonte: ALMT

Momento +

Governo de MT investe em municípios sem ligação asfáltica do Noroeste de MT doando novas máquinas; prefeituras comemoram

Publicados

em

Os munícipios do extremo Noroeste de Mato Grosso, Rondolândia e Colniza, receberam sete novas máquinas e equipamentos rodoviários, entregues pelo governador Mauro Mendes, e já preveem uma grande transformação na infraestrutura rodoviária das cidades.

Os municípios foram os que mais receberam equipamentos para manutenção de rodovias estaduais não pavimentadas.

Foram entregues, através de convênio com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), um total de três motoniveladoras, duas pás-carregadeiras e duas escavadeiras aos municípios, durante evento realizado na última quarta-feira. Além das prefeituras, outras 20 entidades também foram beneficiados com a entrega de equipamentos.

Sem nenhum acesso às sedes das cidades por via asfaltada, os municípios possuem 100% de rodovias estaduais e municipais não-pavimentadas e, por essa razão, o ganho dos novos equipamentos vai contribuir em todas as áreas, para além da infraestrutura rodoviária, de acordo o prefeito de prefeito de Colniza, Milton Amorim.

“Essas máquinas são de suma importância para o município, pois Colniza tem 4,7 mil quilômetros de rodovias não-pavimentadas, vicinais e estaduais, e temos poucas máquinas.  Isso é muito importante. Estamos muito contentes, porque essas máquinas são um investimento de quase R$ 3 milhões que o Governo está passando para o município e a população vai ficar muito contente”, disse.

Segundo o prefeito, investir nesses equipamentos é assegurar dignidade aos cidadãos, que dependem da rodovia não apenas para promover o escoamento da produção agrícola local, mas para ter acesso a saúde, ao transporte escolar, e ter assegurado o seu direito de ir e vir. Hoje, Colniza possui cerca de 865 quilômetros somente de rodovias estaduais não-pavimentadas.

Leia Também:  Com o empate diante do Atlético GO na noite desta quinta em Goiânia Fortaleza segue líder do Brasileirão com dez pontos conquistados

“Jamais conseguiríamos fazer essa aquisição. Com recursos próprios, isso seria sem chance. O governador doou as maquinas e só temos a agradecer. Hoje Colniza é 100% sem pavimentação. É um benefício e uma ação positiva receber essas máquinas. Um desenvolvimento muito grande para nossa região”, concluiu Milton Amorim.

Em Rondolândia, a realidade não é muito diferente. Distante da Capital e sem pavimentação asfáltica, o munícipio está mudando graças ao empenho da atual gestão do Governo de Mato Grosso em valorizar a cidade, segundo o prefeito de Rondolândia, José Guedes de Souza.

“É uma vitória que Rondolândia está conquistando atrás dessa ação do governo do Estado. Vai levar um desenvolvimento enorme para aquela cidade. É uma cidade que está a 1,1 mil quilômetros da Capital. Eu tenho que passar por outro Estado e voltar para Mato Grosso. É uma cidade muito distante. Mas o governador tem um olho clinico e está conduzindo o trabalho em Rondolândia como se fosse a menina dos olhos dele e está deixando o povo de Rondolândia muito feliz”, afirmou.

A expectativa é de que o Munícipio, com novos equipamentos, possa crescer economicamente e se desenvolver ainda mais, como nunca antes ocorreu na história da cidade, segundo o prefeito, que fez questão de ressaltar a atenção que o Município está recebendo do Governo.

Leia Também:  Barbaridade: Polícia caça assassino de mulher de 34 anos encontrada seminua com 28 facadas em estrada vicinal na zona rural de Sorriso MT

“Nunca foi visto, há 20 anos que aquela cidade foi emancipada, chegar tanto maquinário ao mesmo tempo, como vai chegar essa semana lá, por meio da Sinfra e do Governo do Estado.  Rondolândia tem pouco acesso dentro do estado. De lá, saímos para Aripuanã, Conselvan e Colniza, mas não tínhamos estrada. Não tínhamos condição de fazer, mas com esse maquinário, pode ter certeza, que o desenvolvimento já chegou na nossa região”, concluiu.

Outros equipamentos 

Além das duas prefeituras, outras oito prefeituras, 10 consórcios intermunicipais  e duas associações foram beneficiadas com a entrega de máquinas e equipamentos rodoviários. Ao todo, foram entregues 74 máquinas, sendo 46 motoniveladoras, 14 pás-carregadeiras e 14 escavadeiras hidráulicas. O investimento realizado foi de R$ 42,2 milhões oriundos do Mais MT, maior programa de obras e ações da história de Mato Grosso.

Todos esses equipamentos rodoviários fazem parte do primeiro lote de máquinas que foram repassados pelo Governo de Mato Grosso às entidades. No total, o Estado vai repassar 175 máquinas e equipamentos rodoviários, com investimento de R$ 96,5 milhões como parte do Programa Mais MT, de modo a atender todas as regiões de Mato Grosso.

 

Otavio Ventureli(da redação com secommt)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA