Momento +

Tribunal de Justiça de Mato Grosso autoriza o retorno das atividades em 28 comarcas do Estado à partir desta segunda-feira(03)

Publicados

em

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso autorizou o retorno das atividades, a partir desta segunda-feira (03), em 28 comarcas, localizados em municípios classificados com risco “baixo” e “moderado” pela Secretaria Estadual de Saúde (Ses-MT).

Pela autorização do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, as comarcas devem seguir o “Plano de Retorno Programado às Atividades Presenciais (PRPAP).

Das 79 comarcas, 53 já iniciaram a implantação da primeira fase do plano. Desta vez, estão na lista as seguintes comarcas Alta Floresta, Campo Verde, Canarana, Chapada dos Guimarães, Colíder, Juara, Juína, Pontes e Lacerda, São José do Rio Claro, Vila Rica, Apiacás, Arenápolis, Campinápolis, Guarantã do Norte, Jauru, Matupá, Nobres, Nortelândia, Novo São Joaquim, Paranaíta, Pedra Preta, Porto dos Gaúchos, Porto Espiridião, Ribeirão Cascalheira, Rio Branco, Santo Antônio de Leverger, São Félix do Araguaia e Vila Bela da Santíssima Trindade.

Nessa primeira etapa do retorno programado, de acordo com a portaria 506, de 30 de julho, as atividades presenciais nessas comarcas serão retomadas de modo gradual e sistemático, levando-se em consideração as peculiaridades de cada Comarca e o que está estabelecido na portaria-conjunta 428/2020, da presidência do TJ e da Corregedoria-Geral da Justiça.

Leia Também:  Infecção pelo coronavírus de 22 jogadores adia Treze x Imperatriz pela série C e Goiás e São Paulo em Goiânia pela série A do brasileirão

Assim, haverá apenas expediente interno, com o retorno exclusivo da presença física dos servidores e colaboradores (estagiários, terceirizados e credenciados), no horário das 13 horas às 19h, com manutenção da suspensão dos prazos processuais dos processos físicos e híbridos, conforme regime especial estabelecido na Resolução 314/2020, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

As demais etapas, das cinco estabelecidas no plano, conforme a portaria, serão iniciadas no prazo e nas formas definidos na portaria-conjunta 428/2020.

“E caso aconteça o agravamento da classificação do risco epidemiológico para esses patamares será suspensa, através de ato específico do presidente do Tribunal de Justiça, qualquer das etapas, mesmo se já tiverem sido iniciadas”, prevê. O presidente também suspendeu o plano de retorno na Comarca de Paranatinga, em função do município ter sido classificado, no boletim epidemiológico 144, com risco “alto”.

 

Otavio Ventureli(com ascom)

COMENTE ABAIXO:

Momento +

Após denúncias de vizinho policiais civis da Delegacia de Homicidios e Proteção a Pessoa DHPP encontram corpo de mulher morta em casa

Publicados

em

Policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já estão investigando mais um caso de uma pessoa encontrada em adiantado estado de decomposição.

O corpo de Nilda Gomes de Souza, de 63 anos, foi encontrado dentro da casa dela, no bairro Cohab São Gonçalo, região do Coxipó, em Cuiabá.

Vizinhos sentiram um odor muito forte, no início da noite desta  segunda-feira (10), e acionaram a Polícia Militar. Segundo os vizinhos, a mulher não era vista há dias no local.

O corpo foi liberado por policiais da DHPP, após a perícia preliminar de local de crime, realizada por agentes Perícia Oficial do Estado (Politec). A Polícia ainda desconhece as causas da morte,  pois o corpo já estava em decomposição.

Aparentemente, não foram detectadas marcas de violência. Os policiais da DHPP vão aguardar o laudo de necropsia do Instituto Médico Legal (IML) para oficializar as causas da morte.

 

Otavio Ventureli(com PJC)

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Meia japonês Honda, do Botafogo, vai doar R$ 500 diariamente para brasileiros: "Estou aqui para abrir portas"
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA