Momento +

Universidade do Estado de Mato Grosso UNEMAT inicia nesta segunda as aulas do semestre letivo 2021 para seus 11.285 alunos matriculados

Publicados

em

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) dá início nesta segunda-feira (03) às aulas do semestre letivo 2021/1. No total, 11.285 alunos matriculados em 3.608 disciplinas oferecidas de forma totalmente on-line retomam suas atividades.

No ano de 2020, a Unemat se adequou de forma rápida aos impactos provocados pela pandemia da Covid-19 e os alunos puderam continuar seus estudos de forma remota (on-line) nos Períodos Letivos Suplementares (PLSEs), que ocorrem em três edições em 2020 e uma em 2021. Foram os PLSEs que permitiram a Unemat continuar com a formação de seus acadêmicos e devolver à sociedade mais de 1.000 profissionais formados.

Em 2021, serão oferecidos dois semestres letivos, com carga horária maior e com mais tempo para a oferta das disciplinas. O primeiro semestre (2021/1) será ofertado de forma remota, com disciplinas on-line. O Calendário Acadêmico foi aprovado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Conepe), em sessão realizada nos dias 17 e 18 de dezembro do último ano.

“Foi graças ao empenho de todos que a Unemat se reorganizou para ofertar os PLSEs e assim manter suas atividades de Ensino. Dessa forma, entramos em um grupo muito seleto de universidades públicas no País que estão com seus calendários letivos relativamente em dia, considerando a situação de pandemia pela qual estamos passando. Isso é resultado de um investimento de recursos e de muito trabalho para minimizar os prejuízos do processo de formação dos nossos alunos”, destacou o reitor Rodrigo Bruno Zanin.

Leia Também:  Policiais da DERF de Cuiabá prendem mulher estelionatária que vinha praticando golpes em cidades do interior do Estado de MT

De acordo com o reitor, os dados positivos são resultado do trabalho de gestores, professores e técnicos. “A Unemat teve que se reinventar. Adequamos nossas atividades pedagógicas, administrativas e investimos em tecnologia de informação para possibilitar as condições necessárias para acolher nossos acadêmicos”.

DOCENTES QUALIFICADOS

A Unemat tem 761 professores efetivos. Destes, 450 são doutores, 260 mestres e 43 graduados, com uma capacidade pedagógica, técnica e de experiência de docência de excelência no processo de formação dos acadêmicos.

Neste período letivo 2021/1, a universidade registrou o maior número de alunos matriculados, comparando-se com os três períodos letivos suplementares excepcionais (PLSE) do último ano. “Estes dados significam que a Unemat está no caminho certo para possibilitar ao aluno seguir sua formação acadêmica”, destacou a vice-reitora Nilce Maria da Silva.

 

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria)

Momento +

Brasil do “futuro”: Um dos Senadores mais sujos do País com dezenas de processos na Justiça Renan Calheiros ameaça pedir prisão de ex-Secretário da Presidência em CPI

Publicados

em

O ex-secretário de Comunicação da Presidência da República, Fábio Wajngarten, irritou o presidente e o relator da CPI da Covid durante seu depoimento nesta quarta-feira (12), ao ser questionado sobre frases do presidente Jair Bolsonaro contra as vacinas. Wajngarten respondeu: “Pergunte para ele”.

O relator, Renan Calheiros, queria saber se as declarações de Bolsonaro contrárias a vacinas causavam impacto na população. Renan, ameaçou pedir a pri~so do ex-Secetário da presidência.

Wajngarten evitou responder apenas “sim” ou “não”, o que fez o relator repetir a questão diversas vezes.”Você não pode dizer ‘pergunte a ele’. Você está aqui como testemunha. Sim ou não?”, disse o presidente da CPI, Omar Aziz.

“Você não pode dizer ‘pergunte a ele’. Você está aqui como testemunha. Sim ou não?”, disse o presidente da CPI, Omar Aziz.

Fabio Wajngarten deixou a Secretaria de Comunicação do governo em março deste ano, após quase dois anos no cargo..

Este é o quinto dia de depoimentos da comissão parlamentar de inquérito, que apura ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia de Covid e eventual desvio de verbas federais enviadas a estados e municípios.

Leia Também:  Policiais da DERF de Cuiabá prendem mulher estelionatária que vinha praticando golpes em cidades do interior do Estado de MT

Na condição de testemunha, o depoente se compromete a dizer a verdade, sob o risco de incorrer no crime de falso testemunho.

Otavio Ventureli(da redação de Brasilia)

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA