Momento +

Vice-presidente da FCDL/MT participa de reunião na Câmara de Vereadores para discutir desconto do IPTU sustentável

Publicados

em

Assessoria de Imprensa
FCDL/MT

Representando a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL/MT), o vice-presidente Gustavo Nascimento participou de uma reunião com o presidente da Comissão de Indústria e Comércio, vereador Diego Guimarães (Republicanos). Também participaram outras entidades.

Na oportunidade foi apresentado um substitutivo ao projeto que concede desconto de até 2,5% no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) aos imóveis de Cuiabá. A mudança irá contemplar os comerciantes que adotem e mantenham medidas que estimulem a proteção, a preservação e a recuperação do meio ambiente.

“Uma comissão que terá a Ordem dos Advogados, o Conselho Regional de Contabilidade, a FCDL/MT e outras entidades representativas da indústria e do comércio vai avaliar um substitutivo que contemple os imóveis comerciais e com isso, todas as parcelas da sociedade que atenderem medidas de sustentabilidade serão contempladas”, explica o vereador.

Para o vice-presidente da Federação da CDLs essa mudança é de extrema importância para o varejo como um todo, em especial por convocar as entidades para construir uma proposta de forma conjunta. “O vereador Diego Guimarães está de parabéns por ter acionado as entidades do setor privado para fazer essa construção. Vemos essa incorporação do comércio na legislação como bastante positiva, vai contemplar de fato todo mundo que empreende em Cuiabá, que gera emprego, gera renda, gera oportunidade”.

Leia Também:  São Paulo sai vitorioso do Antonio Acioly em Goiânia ao derrotar o Atlético GO neste domingo pelo Brasileirão

Autor da proposta ainda em seu primeiro mandato, Diego ressalta a importância de garantir a isenção para quem tem estimulado a proteção do meio ambiente. Como o projeto não pode ser de autoria do Legislativo, o Executivo abraçou a ideia e apresentou uma mensagem no mesmo sentido. Na proposta, é concedido o benefício do desconto tributário, no percentual de 2,5%, sendo que o desconto previsto não pode ser superior a 25% do valor do imposto.

Luiz Cláudio, secretário de Governo da Prefeitura que participou da reunião, lembrou que Diego apresentou a proposta e ressaltou que a prefeitura está disposta a construir um projeto junto com o comércio. “Vamos criar uma comissão para fazer as adequações do IPTU sustentável trazendo o benefício ao comércio e também adequando o texto quanto a fiscalização e outras questões para que a lei seja bem fluente e condizente com a realidade do povo de Cuiabá”.

PRESENÇA – Além da FCDL/MT, também estiveram presentes na reunião representantes da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (FIEMT), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL), Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio), Instituto Euvaldo Lodi (IEL), Conselho Regional de Contabilidade do Mato Grosso, Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT), Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção (Acomac), Associação Comercial e Empresarial de Cuiabá (ACC).

Momento +

Grupos de pais, crianças e adolescentes participam dinâmicas que tratam dos problemas sociais

Publicados

em

A ação faz parte do programa de atendimento às famílias em estado de vulnerabilidade social e integra os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do Município.

Por Kátia Passos
Da Secom-VG
Com o intuito de promover o debate sobre caminhos e soluções para a construção de uma sociedade melhor, mais justa e humana, técnicas de referência e orientadoras da Secretaria Municipal de Assistência Social de Várzea Grande trabalharam, neste mês de junho, rodas de conversa e dinâmicas sobre a preservação do meio ambiente, o combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, além do trabalho infantil. A ação é voltada aos grupos de pais, crianças e adolescentes que integram os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).

O trabalho visa envolver os pais, que participam de palestras e rodas de conversa. Já as crianças, que também participam dos diálogos, se envolvem nas dinâmicas como pinturas e brincadeiras, destacando os temas de forma singular e de fácil entendimento, valendo-se de linguagem acessível à cada faixa etária. “O objetivo deste trabalho é chamar a atenção da população para as questões que afetam toda sociedade, promovendo a conscientização sobre tais problemas”, pontuou a secretária Municipal de Assistência Social, Ana Cristina Vieira.

Leia Também:  CNHs vencidas entre Janeiro e junho do ano passado têm até 31 de julho para renovar o documento em MT

De acordo com a gestora, os temas estão vinculados diretamente às datas alusivas ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado no último dia 18 de maio; Meio Ambiente, comemorado no dia 05 de junho; e do Combate ao Trabalho Infantil, dia 12 deste mês. Ana Cristina explica que cada Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) tem a liberdade de tratar de um tema específico e, a partir daí, elaborar seu cronograma de atuação e a sua dinâmica, incluindo palestras, rodas de diálogo, plantio de árvores, jogos e brincadeiras.

No CRAS da unidade São Mateus, por exemplo, as orientadoras realizaram rodas de conversa e diversas dinâmicas no sentido de alertar às crianças sobre a necessidade de estarem atentas sobre qualquer situação que envolva toques em partes do seu corpo. Já na unidade do bairro Jardim Glória, as orientadoras, além da acolhida e roda de conversa, aplicaram atividades como caça-palavras, pintura da flor símbolo do programa ‘FAÇA BONITO’, de combate ao abuso de exploração sexual de menores de idade. Além disso, estão promovendo uma dinâmica do “diga sim” para palavras como: respeito, direito, proteção, liberdade e confiança.

Leia Também:  Grupos de pais, crianças e adolescentes participam dinâmicas que tratam dos problemas sociais

“O Município tem um Rede de Proteção atuante nas questões que envolvem a violência contra a mulher, idoso e a criança. As ações desenvolvidas pelo Conselho Tutelar, aliado aos trabalhos promovidos nos bairros por meio dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, além da atuação das escolas com dinâmicas e palestras sobre temas importantes, fazem da nossa Rede uma teia de resistência às mazelas que assolam nossa sociedade”, apontou a primeira-dama, Kika Dorilêo Baracat, ao concluir que diante de tantos problemas sociais existentes no Brasil, só a união de esforços é capaz de romper esses estigmas.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI