Internacional

Montenegro aprova lei que permite ao Estado se apropriar de bens das igrejas

Publicado

source
Nova lei de liberdade religiosa aprovada em Montenegro incomodou igrejas arrow-options
Reprodução
Nova lei de liberdade religiosa aprovada em Montenegro incomodou igrejas


Após uma sessão que resultou na detenção de 18 deputados pró-sérvios da oposição, o Parlamento de Montenegro aprovou nesta sexta-feira (27) uma controversa lei de liberdade religiosa , que busca nacionalizar os bens das igrejas do país que não conseguirem provar que pertenciam a elas antes de 1918.

As comunidades religiosas montenegrinas devem apresentar documentos que comprovem os direitos de propriedade antes de 1918 sobre terras, igrejas e mosteir os. Nesse ano, o país perdeu sua independência e ingressou no reino dos sérvios, croatas e eslovenos, progenitor da Iugoslávia . Nos últimos dias, o projeto foi contestado pelos líderes da Igreja Ortodoxa Sérvia , detentora de centenas de mosteiros pela nação.

Leia também: Grupo Estado Islâmico executa mais 11 cristãos na Nigéria

Insatisfação 

O governo negou que queira privar as comunidades religiosas de suas propriedades, mas a Igreja Sérvia insiste que o Estado gostaria de tirar suas posses, incluindo igrejas medievais e mosteiros. Montenegro , que se tornou independente da Sérvia em 2006, tem cerca de 620 mil habitantes, e 72% da população são cristãos ortodoxos.

De acordo com a imprensa local, os 18 parlamentares do partido Frente Democrática , que apoiam as posições da Igreja Sérvia , estão sendo interrogados pelas autoridades. Os políticos fizeram ameaças durante o debate, como causar incidentes e até pegar em armas.

Fonte: IG Mundo
Comentários Facebook
publicidade

Internacional

Primeiro-ministro da Irlanda renuncia

Publicado


source
Primeiro-ministro da Irlanda Leo Varadkar arrow-options
Wikimedia Commons/ William Murphy

Primeiro-ministro da Irlanda Leo Varadkar

O primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, anunciou nesta quinta-feira (20) a sua renúncia ao cargo, após o seu partido ter sofrido uma dura derrota nas eleições legislativas do país.

Mesmo tendo apresentado seu pedido de renúncia ao presidente da Irlanda , Michael Higgins, o premier afirmou que seguirá interinamente no cargo até a formação de um novo governo. Até o momento, nenhum nome de um possível sucessor emergiu para líderar o país.

A saída de Varadkar era esperada, já que seu partido Fine Gael (FG) ficou em terceiro nas eleições, atrás das legendas Sinn Fein e Fianna Fail (FF). No entanto, nenhum dos partidos conseguiu maioria. No momento, as conversas entre as legendas para a formação de uma possível coalização estão paralisadas.

Na eleição na Irlanda , o candidato que recebeu mais votos foi Mary Lou McDonald, líder do Sinn Fein, que somou 45. No entanto, ela ficou longe dos 80 necessários para ter maioria parlamentar.

Micheál Martin, do Fianna Feil, recebeu 41 votos, mas poderia ser eleito como novo primeiro-ministro da Irlanda caso conseguir o apoio do Fine Gael. Os Verdes, quarta força política, também poderiam desempenhar papel fundamental.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Continue lendo

Internacional

Democratas fazem prévias em Nevada, nos EUA

Publicado


source
Debate Democrata arrow-options
Reprodução/CNN

Debate Democrata

Os pré-candidatos do Partido Democrata voltarão a participar de um caucus neste sábado (22), em Las Vegas, no estado de Nevada, nos Estados Unidos. Essa será a terceira etapa do processo de primárias da legenda para definir quem enfrentará o presidente Donald Trump na próxima eleição presidencial.

Leia também: Veículo militar dos EUA empurra furgão russo para fora de estrada; assista

O senador Bernie Sanders é o grande favorito para vencer em Nevada, mas chega no estado questionado pelas denúncias de interferência da Rússia nas eleições a seu favor. O político ficou em segundo em Iowa, nos Estados Unidos, e ganhou a primária em New Hampshire.

De acordo com o portal Real Clear Politics, Sanders aparece em primeiro nas pesquisas, com 30%, sendo seguido por Joe Biden (16%), Elizabeth Warren (14,5%), Pete Buttigieg (12,5%), Tom Steyer (10,5%) e Amy Klobuchar (9,5%).

Segundo o jornal The Guardian , a prévia de Nevada será importante para os pré-candidatos, pois será o primeiro em um estado da região oeste do país, além do local ter também um eleitorado diverso.

Leia também: Impeachment de Trump perde força no Senado dos EUA

O bilionário e ex-prefeito de Nova York Michael Bloomberg não participará da prévia de Nevada, nos Estados Unidos , já que está concentrando suas forças na chamada “Super Terça” do dia 3 de março, quando 14 estados do país votarão simultaneamente.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana