MULHER

9 receitas diferentes para inovar no pão de queijo

Publicados

em


source

Alto Astral

9 receitas diferentes para inovar no pão de queijo
Reprodução: Alto Astral

9 receitas diferentes para inovar no pão de queijo

Protagonista dos cafés da manhã e lanches da tarde, o pãozinho mais famoso do Brasil teve origem aqui mesmo, na América do Sul, e ganhou força no estado de Minas Gerais, onde era regularmente cozinhado nas antigas fazendas.

Você já sabe do que estamos falando, não é mesmo? O pão de queijo! Ele é um dos alimentos que mais recebe elogios quando gringos visitam o país, ou mesmo quando tenta ser reproduzido em outros lugares do mundo.

Além disso, com o passar do tempo, o pão de queijo passou a ser incrementado, ganhando, por exemplo, versões recheadas doces e salgadas. E as invenções não pararam por aí: atualmente, sua massa foi incorporada a outros pratos, como tortas e pizzas!

Para inovar, confira 9 receitas super práticas e gostosas feitas a partir do delicioso e brasileiro pão de queijo!

Pão de queijo gigante

Reprodução / Guia da Cozinha

Tempo: 30min Rendimento: 10 porções Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de leite
  • 3 ovos
  • 1/2 xícara (chá) de óleo
  • 1 xícara (chá) de queijo parmesão ralado
  • 2 xícaras (chá) de polvilho doce
  • 1 xícara (chá) de polvilho azedo
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • Óleo para untar
  • Queijo parmesão ralado para polvilhar

Modo de preparo

Bata no liquidificador o leite, os ovos, o óleo, o queijo, o polvilho doce e o azedo, e o sal até ficar homogêneo. Acrescente o fermento e misture em uma colher. Despeje em uma forma de buraco no meio de 20 cm de diâmetro untada. Polvilhe com parmesão e leve ao forno médio, preaquecido, por 20 minutos ou até dourar levemente. Desenforme morno e sirva.

Minipizza de pão de queijo

Reprodução / Guia da Cozinha

Tempo: 1h Rendimento: 20 unidades Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 2 ovos
  • 2 xícaras (chá) de queijo de minas padrão (meia cura) ralado
  • 1/2 xícara (chá) de óleo
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 250g de polvilho doce (aproximadamente)
  • 250g de polvilho azedo
  • Óleo para untar

Recheio

  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 1 cebola picada
  • 1 tomate picado
  • 500g de salsicha em rodelas
  • 2 xícaras (chá) de molho de tomate
  • 300g de queijo muçarela ralado
  • Orégano para polvilhar

Modo de preparo

Para o recheio, aqueça uma panela com o óleo, em fogo médio, e frite a cebola até murchar. Adicione o tomate, a salsicha e refogue por 3 minutos. Adicione o molho de tomate e cozinhe até ferver. Desligue e reserve. Para a massa, em uma tigela, misture os ovos, o queijo, o óleo e o leite. Acrescente os polvilhos, aos poucos, até formar uma massa homogênea. Se necessário, adicione mais polvilho doce. Divida a massa em bolinhas e abra com um rolo, formando disquinhos de 10 cm. Coloque um ao lado do outro em uma forma grande untada, espalhe o refogado de salsicha sobre eles e cubra com a muçarela. Polvilhe com orégano e leve ao forno médio, preaquecido, por 20 minutos ou até assar e dourar. Sirva.

Palito de pão de queijo

Reprodução / Guia da Cozinha

Tempo: 50min Rendimento: 25 unidades Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 1 e 1/2 xícara (chá) de leite
  • 1 xícara (chá) de óleo
  • Sal a gosto
  • 3 xícaras (chá) de polvilho doce
  • 1/2 xícara (chá) de queijo de minas padrão (meia cura) ralado
  • 4 ovos
  • 1/2 xícara (chá) de água
  • Margarina para untar
  • Queijo parmesão ralado para polvilhar

Modo de preparo

Em uma panela, em fogo médio, aqueça o leite, o óleo e sal. Deixe amornar e misture com o polvilho doce. Adicione o queijo meia cura e os ovos, misturando até ficar homogêneo. Acrescente a água, aos poucos, até obter uma consistência lisa. Unte levemente as mãos e enrole a massa, formando rolinhos. Corte no tamanho que desejar e coloque em uma forma untada. Polvilhe com queijo parmesão e leve ao forno médio, preaquecido, por 25 minutos ou até dourar. Sirva.

Leia Também:  "Começaram um movimento para que a minha mãe perdesse minha guarda"

Torta de pão de queijo com frios

Reprodução / Guia da Cozinha

Tempo: 1h10 Rendimento: 8 porções Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 2 xícaras (chá) de polvilho doce
  • Margarina para untar
  • 2 xícaras (chá) de leite quente
  • 2/3 de xícara (chá) de óleo
  • 1 colher (sopa) rasa de sal
  • 2 xícaras (chá) de polvilho azedo
  • 3 ovos
  • 3 xícaras (chá) de queijo de minas padrão (meia cura) ralado
  • 1 xícara (chá) de Catupiry®

Recheio

  • 1 xícara (chá) de queijo muçarela em cubos
  • 1 lata de milho-verde escorrido
  • 1 xícara (chá) de queijo prato em cubos
  • 1 xícara (chá) de mortadela em cubos
  • 1 xícara (chá) de presunto em cubos

Modo de preparo

Reserve os polvilhos em uma tigela e bata os ingredientes restantes no liquidificador até homogeneizar. Despeje na tigela e misture até homogeneizar. Espalhe metade em uma forma de 24 cm de diâmetro de aro removível, untada e espalhe os ingredientes do recheio misturados. Faça uma camada com o Catupiry®, cubra com a massa restante e leve ao forno médio, preaquecido, por 40 minutos ou até dourar. Desenforme morna e sirva.

Pão de queijo com doce de leite

Você viu?

Reprodução / Guia da Cozinha

Tempo: 1h Rendimento: 20 Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 2 xícaras (chá) de polvilho doce
  • 1/2 colher (chá) de sal
  • 2 e 1/2 xícaras (chá) de leite
  • 1 xícara (chá) de margarina
  • 3 ovos
  • 2 xícaras (chá) de queijo meia cura ralado
  • 2 xícaras (chá) de doce de leite
  • Óleo para untar

Modo de preparo Em uma tigela, misture o polvilho e o sal e reserve. Misture o leite e a margarina em uma panela e leve ao fogo médio até levantar fervura. Despeje o leite sobre o polvilho, aos poucos, mexendo com uma colher até formar uma massa homogênea e deixe esfriar. Junte os ovos, um a um, e misture com as mãos. Acrescente o queijo ralado e misture bem. Modele bolinhas com as mãos e coloque em uma forma untada. Leve ao forno médio, preaquecido, por 25 minutos ou até dourar. Retire do forno, corte ao meio e recheie com porções do doce de leite. Sirva em seguida.

Pão de queijo com goiabada

Reprodução / Guia da Cozinha

Tempo: 1h Rendimento: 15 porções Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 2 xícaras (chá) de leite
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 1/2 colher (chá) de sal
  • 1/2 xícara (chá) de óleo
  • 500g de polvilho doce
  • 3 ovos
  • 500g de queijo de minas curado ralado
  • 100g de queijo parmesão ralado
  • 2 xícaras (chá) de goiabada em cubos
  • Margarina para untar

Modo de preparo

Em uma panela, em fogo médio, coloque o leite, a manteiga, o sal, o óleo, e deixe levantar fervura. Retire do fogo. Em uma tigela, coloque o polvilho doce e despeje o leite quente. Acrescente os ovos e os queijos ralados, e misture até formar uma massa firme e uniforme. Pegue pequenas porções de massa, abra na palma da mão e coloque uma porção de goiabada. Feche, enrole e distribua em uma forma média untada. Leve ao forno médio, preaquecido, por 35 minutos ou até dourar. Retire do forno e sirva.

Leia Também:  Terapias orientais poderosas

Torta de frango cremosa com massa de pão de queijo

Reprodução / Guia da Cozinha

Tempo: 40min Rendimento: 8 porções Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 3 xícaras (chá) de polvilho doce
  • 3 ovos
  • 1 xícara (chá) de queijo de minas padrão (meia cura) ralado
  • 1/2 xícara (chá) de óleo
  • 1 xícara (chá) de leite quente
  • 1 e 1/2 colher (chá) de sal
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • Óleo para untar
  • Queijo parmesão ralado para polvilhar

Recheio

  • 1 colher (sopa) de margarina
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 cenoura ralada
  • 2 colheres (sopa) de extrato de tomate
  • 1 tomate sem sementes picado
  • 3 xícaras (chá) de frango cozido e desfiado
  • 1 lata de milho verde em conserva escorrido
  • 2 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • Sal, pimenta-do-reino e salsa picada a gosto
  • 2 xícaras (chá) de Catupiry®

Modo de preparo

Aqueça uma panela com a margarina e doure a cebola e o alho. Junte a cenoura, o extrato, o tomate e refogue por 3 minutos. Junte o frango, o milho e refogue por 2 minutos. Junte a farinha dissolvida na água do milho, mexendo até engrossar. Tempere com sal, pimenta, salsa e deixe esfriar. Bata no liquidificador os ingredientes da massa e despeje metade em uma forma de 24 cm de diâmetro de aro removível e untada. Espalhe o recheio e cubra com o Catupiry®. Cubra com a massa restante, polvilhe com parmesão e leve ao forno médio, preaquecido, por 30 minutos ou até dourar. Desenforme e sirva.

Pão de queijo com requeijão e bacon

Reprodução / Guia da Cozinha

Tempo: 50min Rendimento: 20 unidades Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de queijo de minas padrão (meia cura) ralado
  • 1/2 colher (sopa) de sal
  • 3 ovos
  • 1/2 xícara (chá) de óleo
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 3 xícaras (chá) de polvilho doce
  • Margarina e farinha de trigo para untar
  • Queijo parmesão ralado para polvilhar

Recheio

  • 1 copo de requeijão cremoso (200g)
  • 1 colher (sopa) de salsa picada
  • 1 xícara (chá) de bacon frito picado

Modo de preparo

Bata todos os ingredientes do pão de queijo no liquidificador até ficar homogêneo. Despeje em forminhas de empada médias, untadas e enfarinhadas. Polvilhe com queijo parmesão e leve ao forno médio, preaquecido, por 20 minutos ou até assar e dourar. Para o recheio, misture o requeijão com a salsa e o bacon. Abra os pães ao meio e recheie assim que sair do forno. Sirva em seguida.

Lanchinho de pão de queijo no palito

Reprodução / Guia da Cozinha

Tempo: 1h Rendimento: 20 unidades Dificuldade: fácil

Ingredientes

  • 1 caixa de creme de leite (200g)
  • 1 xícara (chá) de queijo parmesão ralado
  • 1/2 xícara (chá) de polvilho doce
  • 1/2 xícara (chá) de polvilho azedo
  • Sal a gosto
  • Óleo para untar
  • Folhas de manjericão para decorar

Recheio

  • 1 xícara (chá) de cream cheese
  • 2 colheres (sopa) de cebolinha picada
  • 2 salsichas aferventadas em rodelas grossas
  • 5 fatias de queijo cheddar cortadas em 4 partes

Modo de preparo

Para os pães de queijo, em uma tigela, misture o creme de leite, o queijo, os polvilhos e sal, formando uma massa homogênea. Modele bolinhas pequenas e coloque em uma forma untada, uma ao lado da outra. Leve ao forno médio, preaquecido, por 20 minutos ou até dourar. Retire e corte ao meio. Para a montagem, em cada pãozinho, coloque cream cheese misturado com cebolinha, uma rodela de salsicha e um pedaço de cheddar. Feche com a outra parte do pão de queijo e coloque uma folha de manjericão. Espete com palitos e sirva em seguida.

Fonte: Guia da Cozinha

Fonte: IG Mulher

Propaganda

MULHER

Opinião: Obesidade não deveria ser considerada doença

Publicados

em


source
Thais Carla, Ellen Valias, Luana Carvalho, Jéssica Balbino, Juno Vecchi, Gabi Menezes, Malu Jimenez e Agnes Arruda: veja ativistas gordas para seguir abaixo
Reprodução/Instagram

Thais Carla, Ellen Valias, Luana Carvalho, Jéssica Balbino, Juno Vecchi, Gabi Menezes, Malu Jimenez e Agnes Arruda: veja ativistas gordas para seguir abaixo

Você sabia que a ideia de obesidade como doença foi construída a partir de um paradigma científico patriarcal e mercadológico? Esse mesmo estigma nos vendeu, há alguns anos, que pessoas LGBTQIA+ eram doentes. Hoje, os Estudos do Corpo Gordo defendem que nem todo corpo gordo pode ser considerado doente , por isso, rechaçam o uso da palavra obesidade para se referir à totalidade destes corpos. Pessoas gordas são apenas gordas. O marco da balança não é capaz de definir se a pessoa tem coração saudável, índices de glicose, etc.

Um estudo publicado esta semana pela revista científica Science MAG  dá conta que obesidade nem sempre significa problemas de saúde. “Há muitas pessoas classificadas como obesas e que não têm nenhum sinal de doença e vivem uma vida longa e saudável”, afirma à publicação o fisiologista Lindo Bacon, autor e defensor da positividade corporal e professor da Universidade da Califórnia. 

Bacon considera que o peso em si não é um fator determinante em doenças. Para o especialista, marcadores como condição social, discriminação e acesso a alimentos saudáveis são mais decisivos em relação à saúde das pessoas. Ele cita ainda estudos que atestam que pessoas gordas sem problemas metabólicos geralmente têm maior nível de escolaridade e têm melhores condições socioeconômicas do que as consideradas obesas com problemas de saúde.

Em março de 2020, um estudo publicado pela Nature Medicine  indica que a comunidade médica precisa urgentemente rever a ideia de patologização dos corpos gordos. O estudo demonstra como esse atendimento negligente, moralista e preconceituoso traz consequências graves para as pessoas gordas, como ansiedade, isolamento social, estresse, transtornos alimentares e suicídio, por exemplo. O estudo atesta que estas, sim, são doenças relacionadas diretamente à gordofobia, preconceito contra pessoas gordas.

Outro estudo é o “Obesidade em adultos: uma diretriz de prática clínica”, assinado por mais de 100 profissionais de saúde canadenses, publicado pela renomada Revista CMJA Open, que pede a revisão imediata do CID da obesidade e sugere sua exclusão . O documento propõe uma maneira mais humana para tratar os corpos gordos, considerando suas variações e necessidades, não o número de Índice de Massa Corporal (IMC) – formado por apenas duas variáveis: peso e altura. A medida é tão ultrapassada quanto a que, em tempos de eugenia, era usada para medir o crânio de pessoas negras e atestar violências contra estes corpos, acusando-os de serem menos saudáveis ou capazes.

Em 2013, a American Medical Association (AMA), decidiu classificar a obesidade como doença. Porém, antes da reunião, a associação pediu ao seu Comitê de Ciências e Saúde Pública para exemplificar a questão e o grupo trouxe um grande documento sugerindo que a obesidade não fosse oficialmente nomeada doença. No documento,  especialistas ressaltaram que não havia sintomas reais para que a questão fosse realmente considerada uma doença. Além disso, a medicalização da obesidade poderia ser danosa para as pessoas gordas, criando mais estigma e colocando-as em tratamentos desnecessários.

De acordo com o livro Nutrição Comportamental, os membros da AMA ignoraram as recomendações do comitê e argumentaram que o rótulo de doença traria mais benefícios do que danos. A questão econômica também falou alto, pois, caso o programa governamental de saúde americano reconhecesse a obesidade como doença, as pessoas passariam a ser elegíveis para tratamento e os médicos poderiam cobrar mais ao atendê-los.

Apesar de a obesidade ter sido considerada doença para que as pessoas recebessem tratamento adequado e para diminuir o estigma sobre os corpos gordos, o preconceito só piorou. Hoje, as pessoas gordas são ainda mais negligenciadas pelos profissionais da saúde .

A gordofobia médica é um problema vivenciado pela maior parte das pessoas gordas . Além da falta de aparelhos e objetos acessíveis, há muitos relatos de descaso dos próprios profissionais de saúde, sobretudo médicos, o que acaba gerando consequências graves na vida de uma pessoa gorda , inclusive um ciclo de não-cuidado.

O CID de doença (CID 10 E66) hoje nada mais é que uma ferramenta de poder da medicina para controlar, perseguir e invisibilizar os corpos gordos.

Leia Também:  A depilação influencia no desempenho dos atletas?

Existe muita gente falando sobre isso. Confira abaixo oito perfis de ativistas para acompanhar.








O que é gordofobia? Entenda o que é esse preconceito e descubra as diversas indústrias que lucram com a insatisfação corporal ‑ sobretudo das mulheres ‑ e com os padrões de beleza.



Como combater a gordofobia? Empatia, conhecimento e despatologização do corpo gordo: saiba como lutar contra esse preconceito e contra esse estigma social que está institucionalizado na nossa sociedade. 


Todo gordo é doente ou come muito? A nutricionista Júlia Criscoullo responde essas perguntas de forma bem rápida e simples.


*A jornalista Naiana Ribeiro é ativista gorda e editora da PLUS, primeira revista para gordas do país

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA