MULHER

Como manter-se no bem

Publicados

em


source

João Bidu

Como manter-se no bem
Liggia Ramos

Como manter-se no bem

Você já reparou como a reclamação vicia? Como é fácil ficar na decepção e achar desculpas ou justificativas para tudo? Pois bem, a maioria das pessoas que vivem sob essa ótica da vida não se dão conta do malefício que é ter uma vida assim. O que vou falar aqui é fazer você partir para ação, sair de uma vez por todas dos altos e baixos emoções e de uma vida de insatisfações. 

Há um músculo chamado força de vontade. É falado assim porque é equiparado a um músculo do nosso corpo que precisa ser exercitado para ganhar força e resistência e sustentar o corpo. Se não somos adeptos aos exercícios físicos tendemos a encurtar as funções do organismo e damos margem às doenças. Se nos exercitamos, protegemos o corpo e prolongamos a vida por mais alguns anos.

A mesma coisa acontece com o manter-se bem na vida. É preciso querer não estar mais na reclamação e no desânimo. E isso requer decisão e assumir a responsabilidade de não mais se abalar com qualquer coisa. É lógico que existem acontecimentos muito ruins como o falecimento de uma pessoa querida. Dói muito. Mas, até pra momentos como esse, é preciso levantar a cabeça e seguir em frente. Entender que a perda faz parte da nossa vida porque tudo tem seu ciclo de nascimento, vivência e falecimento. 

Leia Também:  Lua Minguante em Sagitário

Tirando situações como essa, se você deseja ser mais feliz, ter paz e alegria é preciso exercitar a sua força de vontade para constantemente vibrar nessa sintonia em conexão com o Todo ou Deus.

Sabe por que o mal existe? Porque ele persiste! Isso mesmo. O mal é a ausência do bem. Numa visão espiritualista, existem seres da luz e os seres das sombras e estes, ou não conhecem a luz ou a rejeitam se comprazendo da dor e do sofrimento alheio.

Agora te pergunto: a quem você acha que estará agradando se levar uma vida de reclamações e tristeza? A quem você estará alimentando e trazendo pra sua vida? Pessoas do bem e seres de luz ou o contrário?

Consegue perceber o quão profunda e importante essa reflexão está trazendo para você? Posso lhe garantir que é uma reflexão de luz!

Por isso amado leitor(a), independentemente de como a sua vida está, quero lhe dizer que vale mais a pena nos dedicar a todo instante para vibrar no bem e no amor e ainda, ter compaixão daqueles que fazem mal a si mesmo e a outros. 

Leia Também:  Abobrinhas podem ser práticas e saborosas nas receitas; aprenda

Você viu?

Tenha força de vontade e persevere no bem.

TEXTO:  Liggia Ramos | Numeroterapeuta e Taróloga 

INSTAGRAM: @liggiaramos

LEIA TAMBÉM: 

Fonte: IG Mulher

Propaganda

MULHER

Especialistas explicam o que é o squirting, a ejaculação feminina

Publicados

em


source
Aquele jato que saiu durante a relação sexual não era xixi e sim squirting
Lina Kivaka/Pexels

Aquele jato que saiu durante a relação sexual não era xixi e sim squirting











Reza a lenda que, além do orgasmo , outra sensação poderosa do corpo é o squirting. Mas afinal, o que ele representa e significa? O iG Delas conversou com Daiane Becker, fisioterapeuta pélvica e colaboradora da plataforma Sexo sem Dúvida, e Débora Pádua, fisioterapeuta pélvica e sexóloga para entender o que é e como ocorre.

Uma dúvida que paira na cabeça de muitas mulheres é: o squirting e a urina são a mesma coisa? Débora explica que a secreção não é urina. “Algumas mulheres, não todas, têm a facilidade de excretar essa secreção que vem de uma glândula. Quando ela está muito excitada com o estímulo no canal vaginal, isso faz com que a mulher jorre do próprio corpo um líquido que é parecido com a urina, mas não tem cheiro, é transparente e um pouco mais viscoso”, diz.


Na busca sobre como chegar ao squirting, as especialistas lembram que ideias erradas como exemplos de filmes pornôs criam expectativas e frustrações em muitas mulheres. “Sempre falo: o importante é ter orgasmo e sentir prazer. Se sai algo ou não, é outra história”, conta Daiane.  

“É válido experimentar os toques na região. É uma busca interessante para a sexualidade. O que não pode ocorrer é uma fixação das mulheres encontrarem essa reação. Pode gerar frustração porque, não necessariamente, o corpo dela funciona desse jeito”, completa Débora.

Você viu?

Squirting x orgasmo

Para Daiane, os dois são totalmente diferentes! Ela diz que o orgasmo é a sensação máxima de prazer, que pode ser relatada como tremor, explosão, choques, é um sentido individual e diferente de cada mulher. “Importante falar que, para ter orgasmos, não precisa sair líquido! Muitas frustrações são geradas por não sair nada, quando a maior parte não terá liberação nenhuma sequer! Apenas a sensação do orgasmo”, alerta.

Débora ressalta que os dois podem acontecer juntos. “Uma coisa que pode ser o squirting é uma resposta do corpo frente a uma excitação extrema que seria o orgasmo. Chega-se ao ápice da excitação, desencadeia essa sensação e o corpo pode responder a esse orgasmo gerando o squirting.”

Leia Também:  Lua Minguante em Sagitário

Outra dúvida bem comum é se o squirting é o equivalente à ejaculação feminina. Daiane explica que para ter a ejaculação não é preciso, necessariamente, esguichar. “Ter ejaculação significa que suas glândulas de Bartholin lubrificam!”, diz. Por isso, muitas vezes essas glândulas liberam esse conteúdo de lubrificação leitosa, mas não esguicham e podem só escorrer.  

A sexóloga explica que é chamado de ejaculação feminina porque, no começo, não se sabia de onde vinha, sabia-se apenas que a mulher esguicha um líquido. Ela completa dizendo que em algumas mulheres, o squirting pode vir em maior quantidade, mas que nem sempre é o caso. “Então,  não necessariamente isso vai acontecer, depende muito de cada mulher.” 

Qual é a sensação?

O orgasmo proporciona zilhares de formas da mulher se expressar, assim como conta Débora. Se no orgasmo alguns músculos se contraem, o oposto acontece no squirting. “Muitas dizem que é uma sensação inversa, que está expulsando tudo que existe ali dentro e é bastante intensa, dura mais do que reação no clitóris.

Por fim, Daiane lembra que o squirting é difícil de acontecer. “Desfoquem em pornôs ‘ensaiados’, não se cobrem se não acontecer. O que vale é aproveitar o sexo ou a masturbação da melhor forma: sentindo e se permitindo viver o prazer”, pontua.

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA