MULHER

Máscara de vaselina vira febre no Tiktok; conheça o slugging

Publicados

em


source

Alto Astral

Máscara de vaselina vira febre no Tiktok
Reprodução: Alto Astral

Máscara de vaselina vira febre no Tiktok

Novidades no mundo da beleza é o que não faltam. Sempre movimentado por novas tendências, uma área que ganha cada vez mais força é a dos cuidados com a pele – o famoso skincare .

A febre do momento, que viralizou no aplicativo de vídeos Tiktok , se trata se um produto básico, que, até então, nem era tão popular: a vaselina. Com a proposta de continuar cuidando do rosto mesmo durante o sono, o truque chamado “slugging” consiste em passar uma camada generosa do produto na face, deixando mesmo um aspecto bem pegajoso (o que justifica seu nome, que tem a ver com lesma), como uma máscara .


Essa nova skincare gosmenta já virou tendência, por isso conversamos com o médico dermatologista e membro da Doctoralia, Dr. Érico Pampado Di Santis, para conhecer os benefícios e malefícios desse produto para a pele e descobrir quais são suas indicações. Será mesmo que serve para todo mundo?

Leia Também:  Conhece-te a ti mesmo através dos números
Vaselina
A vaselina costumava ser usada para hidratar os lábios – Shutterstock

A vaselina sólida também conhecida como petrolatum, é normalmente utilizada em manipulações de alguns produtos quando há a intenção de deixá-lo com aspecto mais amanteigado, segundo o especialista. Além disso, ele explica que sua indicação é para peles excessivamente ressecadas ou acometidas por alguns tipos de psoríase e regiões do corpo que já são naturalmente secas, como pés e mãos. Logo, o uso da substância em peles oleosas ou acneicas não é indicado, pois, poderá desobstruir os poros.

Você viu?

O médico alerta sobre o uso excessivo da substância. “Pode obstruir os poros e a saída das secreções naturais da pele. Em áreas que já produzem sebum (oleosidade natural da pele), o uso pode aumentar essa produção, podendo causar acne ou dermatite seborreica, por exemplo”.

Aderir a essa hidratação noturna não é uma recomendação médica frequente devido à face já ser uma área mais oleosa, conta Dr. Érico. Entretanto, há exceções em casos específicos. “Após a realização de alguns procedimentos como laser ou peelings, ou em casos de acidentes como queimaduras, sob orientação do dermatologista para auxiliar na recuperação”, explica.

Leia Também:  Inove na cozinha com essas 8 receitas de maionese

Como foi visto, o slugging é considerada a última etapa da skincare, vez que o truque é tratar a pele mesmo durante o sono. Diferente dessa recomendação popular, o dermatologista enfatiza que a vaselina não é um bom hidratante facial de rotina, portanto só deverá ser usada quando receitada por um profissional da área. “O mercado já oferece uma gama diversa de produtos mais compatíveis com a região da face que podem se encaixar na rotina de hidratação diária, conforme o tipo de pele de cada um”, conclui o médico.

Ressaltamos a importância de sempre consultar um dermatologista antes de usar algum produto, porque cada pele reagirá de uma forma diferente. O uso indevido pode não gerar os resultados esperados e causar efeitos colaterais, como alergia, por exemplo.

Fonte: IG Mulher

Propaganda

MULHER

Pílula do dia seguinte: respondemos 5 dúvidas sobre o método de emergência

Publicados

em


source

Alto Astral

Pílula do dia seguinte: respondemos 5 dúvidas sobre o método de emergência
Reprodução: Alto Astral

Pílula do dia seguinte: respondemos 5 dúvidas sobre o método de emergência

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto de Saúde, em 2018, metade das mulheres em idade fértil (dos 15 aos 44 anos) já recorreram à pílula do dia seguinte. Apesar de um número muito expressivo, as dúvidas relacionadas à contracepção de emergência continuam sendo frequentes e o tabu sobre ela também.

Conversamos com a ginecologista e obstetra, Julia Barbi Melim Marques, para respondermos às 5 questões mais frequentes sobre tema. Confira!

Qual a composição da pílula do dia seguinte?

Ela é composta pelo hormônio levonorgestrel, derivado da progesterona, capazes de atrasar a ovulação, de modo que a fecundação não ocorra, segundo a médica.

Quando e como usá-la?

“A ingestão é recomendada em caso de relação sexual desprotegida, ou seja, sem nenhum método contraceptivo, no prazo de no máximo 3 dias. Porém, ela deve ser tomada tão logo seja possível, não devendo esperar o “dia seguinte”, pois quanto mais tempo se passar após a relação, maior a chance de falha. Não existe contraindicação.”, esclarece Marques.

Leia Também:  Os 3 signos mais sedutores

A ginecologista explica também sobre os casos nos quais as mulheres que usam anticoncepcionais se esquecem de alguma(s) pílula(s). Assim, ela diz que, considerando o uso irregular, elas também poderão recorrer ao contraceptivo de emergência.

A pílula do dia seguinte pode falhar?

Você viu?

Assim como um método regular, ela pode falhar, mesmo tomando-a corretamente. No entanto, o índice de falha aumenta conforme o tempo após a relação desprotegida for passando. Sendo assim, a especialista alerta para que a pílula seja tomada o mais rápido possível.

No caso da mulher engravidar mesmo com o método emergencial, ela assegura que o uso não acarretará nenhum dano ao feto, dado que o hormônio presente na composição também faz parte da gestação .

Quais são os efeitos colaterais?

“Entre os principais, podemos citar irregularidade menstrual , inchaço, dor nas mamas e cefaleia, além de outros menos comuns”, pontua a obstetra.

É preciso consultar um ginecologista antes de usá-la?

A médica adverte que não, porque essa procura atrasaria a tomada da pílula, que deve ser ingerida o mais rápido possível, após a relação sexual desprotegida.

Leia Também:  6 curiosidades sobre o signo de Leão

No entanto, ela ressalta a importância de consultar o ginecologista para escolher um método contraceptivo regular, seguro e eficaz, visto que a pílula do dia seguinte só deve ser usada em momentos de emergência e não regularmente.

Consultoria: Dra. Julia Barbi Melim Marques , médica ginecologista e obstetra e membro da Doctoralia.

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA