MULHER

Mulher do Fim do Mundo: Elza Soares e a luta feminista

Publicados

em


source
A artista morreu aos 91 anos de causas naturais
Divulgação

A artista morreu aos 91 anos de causas naturais

“A mulher do fim do mundo é aquela que busca, é aquela que grita, que reivindica, que sempre fica de pé. No fim, eu sou essa mulher”, disse Elza Soares em entrevista ao HuffPost Brasil, em 2020. A música de Alice Coutinho e Romulo Froes ganhou vida na voz da cantora, que morreu nesta quinta-feira (20), aos 91 anos . O álbum homônimo se destaca pelas composições que marcam um posicionamento assumidamente feminista da cantora, com letras e discursos inspirados na história de vida dela e que falam de amor,  sexo, violência doméstica e liberdade.

Aos 12 anos, Elza Soares foi forçada a se casar e, aos 13, daria à luz o primeiro filho. Ficou viúva aos 21 anos do primeiro marido e, anos depois, conheceu o jogador de futebol Mané Garrincha, com quem se casou anos depois. Do relacionamento, Elza foi vítima de violência doméstica e chegou a ter os dentes quebrados em um episódio de agressão. 

Com a verdade da própria vida, gravou “Maria da Vila Matilda”, onde cantou: “Cadê meu celular, eu vou ligar pro 180. Vou entregar teu nome e explicar meu endereço. Aqui você não entra mais, eu digo que não te conheço e jogo água fervendo se você se aventurar (…) Você vai se arrepender de levantar a mão para mim”.

Leia Também:  Janja casa com Lula usando vestido de estilista de Isis Valverde

Elza cantava sobre amor, sobre a vida e sobre as mulheres.

Em 2015, ela lançou o marco
Redação

Em 2015, ela lançou o marco “Mulher do Fim do Mundo”

Em diversas entrevistas, a artista comentava sobre o assunto e afirmava  já ter nascido feminista e como era importante lutar e conseguir os direitos das mulheres. Em 2016, à Época, a cantora contou que se considerava uma das primeiras artistas brasileiras a defender o feminismo e se viu como feminista desde nova.

Leia Também

Leia Também

Leia Também

“Sou feminista convicta. Vivo protegendo as mulheres e vejo que, às vezes, somos burras demais. Temos que pensar mais em nós mesmas e não nos doarmos tanto. Precisamos receber mais dos homens. No meu show, eu faço um alerta para as mulheres ficarem espertas. Já passou o tempo de sofrermos calada”, disse.

Leia Também

Nas redes sociais, internautas e personalidades lamentaram a perda da artista não só para a música, mas para movimentos importantes como o antirracista e, claro, o feminismo. Djamila Ribeiro, filósofa e ativista do movimento negro e feminista, compartilhou uma lembrança com a cantora e lamentou. “O nosso país é o nosso lugar de fala. Elza, eterna. Gratidão por tudo”. 

A atriz Taís Araújo também homenageou a artista. “Eu honro Elza Soares. Honro a mulher, a artista, a cidadã, a amiga. Ela é f*da! Sempre foi e sempre será! Dura na queda, nos ensinou a levantar a cabeça a cada tombo e depois seguir (…) Perdi uma ídola e ganhei uma ancestral forte, firme, uma luz.”. 

O legado da artista que com uma incrível potência de voz ganhou um Grammy Latino foi eternizado em diversas músicas, que vão seguir reproduzindo a palavra do direito das mulheres no Brasil. 


Fonte: IG Mulher

Propaganda

MULHER

Conheça os efeitos da acne em diferentes fases da vida

Publicados

em

source
Conheça os efeitos da acne em diferentes fases da vida
Redação EdiCase

Conheça os efeitos da acne em diferentes fases da vida

Problema pode afetar crianças, adultos e até bebês

Por Júlia Kalili

Quando se escuta a palavra “acne”, a primeira coisa que vem à mente são os cravos e espinhas no rosto que, normalmente, aparecem durante a puberdade. No entanto, este problema também pode afetar bebês, crianças e adultos. A principal causa da acne comum costuma ser os problemas hormonais.

“Os sintomas da acne são desencadeados por oscilações na proporção entre os hormônios sexuais masculinos e femininos. Portanto, a alteração hormonal durante a puberdade é um dos principais desencadeantes da acne, mas também há fatores em outros momentos da vida que podem afetar o equilíbrio hormonal”, explica a a dermatologista Sarah Bechstein.

Tipos de acnes

Para esclarecer sobre os diferentes tipos de acnes que podem se manifestar ao longo da vida, Sarah Bechstein, especialista em tratamentos dermatológicos via telemedicina, explica a seguir os pontos de atenção ao observar mudanças na pele.

> Entenda como o uso maquiagem vencida aumenta as chances de problemas na pele

Acne em recém-nascido

Quando termos como “acne do recém-nascido” ou “acne do bebê” são mencionados, muitas vezes não fica claro a qual doença eles se referem. Aqui é importante distinguir entre acne neonatorum (acne do recém-nascido) e acne infantil.

A acne do recém-nascido (ou acne do bebê) afeta cerca de 20% dos bebês, ela ocorre nas primeiras semanas após o nascimento e os sintomas comuns são: manchas vermelhas isoladas, cravos e pústulas. Ao contrário da maioria das outras formas de acne, a acne neonatal desaparece sozinha após algumas semanas e não requer tratamento.

Leia Também:  7 tipos de pincéis fundamentais para a maquiagem

Acne infantil

A acne infantil afeta cerca de 10% das crianças com idade entre 3 e 12 meses. Na maioria dos casos, você pode reconhecê-la por um grande número de cravos densos no rosto e pápulas ou pústulas isoladas. Ao contrário da acne em recém-nascido, neste caso você deve levar a criança ao pediatra ou ao dermatologista para que as impurezas da pele sejam examinadas profissionalmente.

Acne na adolescência 

Cerca de 70% de todos os jovens entre 15 e 18 anos luta contra a acne clássica da puberdade. Os principais responsáveis pela manifestação são as mudanças hormonais significativas deste período. Muitas vezes, referida como acne “normal” ou “comum”, na maioria das pessoas ela diminui ou até mesmo desaparece após a puberdade, mas há uma alta probabilidade de que crises individuais ocorram na idade adulta.

Por isso, mesmo com sintomas leves, pode ser importante procurar a orientação de um dermatologista para que uma possível deterioração seja neutralizada ou para evitar a disseminação dos sintomas em um estágio inicial. Como os efeitos físicos dos hormônios sexuais masculinos são responsáveis pela acne, ela é muito mais comum em meninos durante a puberdade.

> Telas de celular e computador: veja como elas podem afetar a saúde da pele

Leia Também:  5 dicas para ter sobrancelhas incríveis

Acne na idade adulta

A acne tardia ocorre em cerca de 25% dos adultos com mais de 25 anos. Geralmente, ela pode ser identificada ao redor do queixo e da mandíbula, bem como no pescoço e na parte superior do corpo.

Ao contrário de todos os tipos de acnes mencionados anteriormente, a princípio, as mulheres são mais afetadas do que os homens nessa fase, que tem como consequência causas hormonais envolvidas, como: gravidez, interrupção no uso da pílula anticoncepcional e a menopausa, “eventos” que podem causar graves oscilações hormonais em mulheres.

> Remova a maquiagem sem danificar a pele

Tratamento eficaz para a acne

A Dra. Sarah Bechstein explica que sofreu com a acne quando jovem e, anos mais tarde, ao parar de tomar a pílula anticoncepcional , enfrentou vários desafios ao tentar controlar os problemas de pele causados pelos hormônios. “Como tantos que lutam com esses problemas, experimentei diferentes produtos e usei muita maquiagem para cobrir as manchas, mas nada parecia funcionar”, lembra.

No caso da acne em adolescentes e adultos, de acordo com a dermatologista, o sucesso da terapia aplicada hoje se deve ao constante contato com o paciente e os produtos de composição personalizada. “Graças ao acompanhamento minucioso, podemos responder com precisão aos problemas de pele individuais e desenvolver uma fórmula que combine os ingredientes apropriados para a pele de cada pessoa”, destaca a dermatologista. 

Veja dicas para cuidar da pele na revista ‘Inspire-se” Beleza’

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA