MULHER

O poder da mente: mude seu destino com a força do pensamento

Publicados

em


source
O poder da mente: mude seu destino com a força do pensamento
Redação João Bidu

O poder da mente: mude seu destino com a força do pensamento

Quem nunca teve um pressentimento de que algo ruim poderia acontecer em nossa vida ou a uma pessoa querida? Quando isso ocorre, nos sentimos impossibilitados de ajudar quem precisa de auxílio e, em outros momentos, nós mesmos invocamos mentalmente a presença de alguém conhecido para nos apoiar. E, na maioria das vezes, não obtemos respostas. Nesses casos, não seria útil se soubéssemos cultivar o nosso poder da mente para receber ou enviar mensagens de ajuda? Isso é o que você irá aprender, a seguir, com o chamado socorro telepático.

JÁ CONFERIU O SEU HORÓSCOPO HOJE ? NÃO?! DESCUBRA TUDO O QUE PODE ROLAR NO SEU DIA E AS TENDÊNCIAS ASTRAIS PARA O SEU SIGNO, AGORA!

Conheça o seu poder

Ouvir, ver e sentir através da mente. Essas habilidades são conhecidas como “sintonia entre as pessoas”. Ela assemelha-se com termos mais populares como a clarividência e a telepatia. 

Especialistas afirmam que é muito mais fácil perceber mensagens telepáticas de pessoas íntimas a nós do que receber um pedido de socorro de um estranho. Os namorados, por exemplo, devido às trocas energéticas que ocorrem entre eles, são pessoas que têm mais facilidade no processo de comunicação, por isso, muitos casais sentem a distância o que o outro sente ou pensa.

O mesmo se passa com os irmãos ou amigos muitos unidos, pois encontram-se ligados por laços fortes, e os seus corpos físicos e energéticos conseguem se conectar com mais facilidade.

Disciplina mental

Quanto maior a sua habilidade para se concentrar, mais fácil será para você enviar e receber uma transmissão telepática. O exercício de concentração mais simples para se fazer é dizer palavras positivas, que elevam suas vibrações e fazem de você uma pessoa mais consciente. Por exemplo, “Eu sou abundante”; “Eu sou generoso(a)”; “Eu tenho paz mental”. Diga a você mesmo(a) as qualidades que deseja adquirir e melhore sua autoconsciência para elevar suas vibrações.

Três passos

Quem você acha que está altamente capacitado para auxiliar ou ser auxiliado pela mente? Acredite na resposta: todos nós. Isso porque os seres humanos, em geral, possuem essa capacidade, mas com potenciais diferentes.

Os cientistas que estudam a comunicação telepática explicam que há vários programas de treinamento para exercitar o nosso pensamento. Um deles se compõe de três etapas consecutivas: captação, concentração e direção de energia. 

Diante da repetição diária desses passos, a sua mente acumulará a quantidade de energia positiva necessária para receber ou enviar os pedidos de socorro.

Programa de treinamento diário

  1. Captação de energia: o primeiro passo consiste em absorver uma grande quantidade de energia cósmica. Para isso, sente-se em um local tranqüilo, abra seus braços e imagine um grande triângulo iluminado por uma luz branca forte.
  2. Concentração de energia: visualize essa luz entrando em seu corpo e percorrendo um caminho interior, desde os seus pés até a sua cabeça.
  3. Direção de energia: sinta que essa claridade lhe traz paz e segurança para interagir com outra pessoa. Imagine essa luz como uma grande tela branca, onde você vai escrever mentalmente: “Meus seres queridos, nós gozamos da harmonia do Universo e estamos unidos por um laço de proteção.”
Leia Também:  Calcinhas com carbono prometem aliviar cólicas menstruais sem remédio

Esse exercício vai aumentar o potencial de sua capacidade telepática. Após fazê-lo, você já estará mais relaxado(a) e, quando se sentir pronto(a) para se comunicar, siga as seguintes instruções:

Para receber mensagens

Por 15 minutos, sente-se confortavelmente. Comece observando seus pensamentos, não julgue, nem faça comentários. Quando você puder distinguir bem seu fluxo de pensamentos, você descobrirá uma camada de pensamentos desconectados, de imagens e até de sons. 

Leia Também

É difícil dizer o que você conseguirá com esse exercício: imagens podem envolver pessoas que você conheça e vozes tendem a ser familiares. Em um papel, descreva tudo o que percebeu. Se envolve alguém que você conheça, terá que verificar com a pessoa se o que você recebeu foi uma legítima recepção. Nem tudo que você receber será telepático.

 Para ficar melhor nisso, você tem que conhecer mais sua própria energia. Dessa maneira, você será capaz de separar telepatia de sua imaginação.

Como transmitir mensagens

Esse é um exercício para iniciantes, o mais fácil que você pode fazer, que consiste em enviar amor para alguém.

Primeiramente, sente-se, feche seus olhos e imagine uma esfera violeta brilhante em sua cabeça, representando a sua sabedoria. Depois, concentre-se no centro do seu peito e imagine uma luz rosa, que guarda a energia do amor. Imagine uma corrente violeta iluminada, vindo de seu chakra cardíaco para o da pessoa que você escolheu. Faça isso por alguns minutos. Saberá quando a outra pessoa recebeu sua transmissão telepática pela sensação de bem-estar que tomará conta de você.  

Em alguns casos, pode sentir-se frustrado(a). Isso acontece quando você envia amor a alguém que fechou o coração dela para você. Não procure respostas imediatas na outra pessoa, a única medida do sucesso é a maneira como se sente ao fazer isso. 

Se você fizer esse exercício muitas vezes com a mesma pessoa, seu relacionamento vai começar a melhorar. Uma ótima dica é convidar alguém para treinar com você. Combine horas exatas com relógios sincronizados mutuamente.

Proteja quem você gosta

Quando perceber que alguém conhecido poderá ser energeticamente prejudicado por outro ser humano, projete o rosto da pessoa afetada e, ao seu lado, o da pessoa que está querendo prejudicá-la. Na frente da primeira, imagine brilhando o símbolo “+”, na cor branca e, na frente da segunda, o símbolo “-“, na mesma cor. Mantenha essa imagem durante 60 segundos e repita o exercício, várias vezes, no decorrer do dia.

Leia Também:  Horóscopo do dia: previsões para 28 de maio de 2022

Comunicação específica

A mensagem telepática dirigida é composta por uma fórmula linguística, acompanhada da emissão de uma imagem. Esses elementos se projetam mentalmente sobre um fundo branco que recebe o nome de programação mental.

Existem algumas mensagens que podem ser transmitidas somente por meio de figuras, letras, símbolos ou pela projeção de uma única cor. Veja, abaixo, os códigos básicos para fazer o intercâmbio de recados telepáticos:

  • Se sente que uma pessoa querida está em perigo: projete em seu pensamento o rosto dessa pessoa da forma mais nítida possível e, ao seu lado, a palavra “CUIDADO”. Mentalize-a em vermelho, como uma luz que se acende e se apaga alternadamente.
  • Quando é você quem está em perigo: caso esteja em uma situação arriscada e não tem como pedir socorro de forma convencional, pense na pessoa que deseja chamar e fixe o pensamento no seu pedido de ajuda: “ME AJUDE!”. Use também o vermelho para destacar a sua mensagem.
  • Se precisa ver alguém com extrema urgência: visualize seu próprio rosto e, a sua direita, a face da pessoa com a qual deseja se comunicar. Entre vocês, mentalize a cor rosa e a seguinte frase: “VENHA A MIM!”
  • Ao sentir alguma angústia ou tristeza: se passar por alguma situação de mal-estar físico ou psíquico, solicite a ajuda de alguém que lhe passe sensações agradáveis. Mentalize sua face e, do lado esquerdo, o rosto da pessoa que deseja solicitar ajuda emocional. Depois, imagine que uma luz rosa sai dessa pessoa e vai em sua direção.
  • Se necessita enviar ajuda a alguém querido: quando há uma pessoa enferma na família, pense no rosto dela e, à sua volta, a seguinte frase em letras verdes: “CURA-TE!”
  • Quando uma pessoa está passando por uma fase complicada: envie sua ajuda projetando em sua mente o rosto dela e ao seu lado imagine o símbolo “+” na cor violeta.
  • Se deseja contar com a presença de alguém em um determinado momento: pense na face dessa pessoa e escreva mentalmente em letras azuis a expressão: “CONTO COM VOCÊ!”

Quer saber mais sobre as energias que nos esperam em 2022? Confira as Previsões 2022 e dicas de simpatias para começar o ano novo com o pé direito para uma nova fase em um novo ciclo.

LEIA TAMBÉM

Fonte: IG Mulher

Propaganda

MULHER

Covid pode causar efeitos colaterais após preenchimentos estéticos

Publicados

em

source
As reações imunológicas são na maioria dos casos benignas e se resolvem sozinhas.
Thinkstock/Getty Images

As reações imunológicas são na maioria dos casos benignas e se resolvem sozinhas.

Pouco invasivos e muito versáteis, os preenchedores estéticos a base de ácido hialurônico ou toxina botulínica têm se tornado cada vez mais populares. No entanto, reações imunológicas adversas pós-Covid chamam a atenção dos especialistas. Nomeada de Edema Tardio Intermitente e Persistente, algumas pessoas têm apresentado inchaços na região em que o procedimento foi realizado. 

O médico dermatologista Luann Lôbo explica que apesar de parecer assustador, não há necessidade de pânico. A reação é a rara, geralmente benigna e de pouca duração. Os casos graves são ainda mais incomuns; nesses casos, é necessário o uso de remédios ou mesmo a realização de remoção dos preenchedores. 

“O que ocorre é uma reação imunológica benigna ao preenchedor, deflagrada pela infecção viral. O Edema Tardio Intermitente e Persistente, ETIP, em sua grande maioria, tem curso benigno, de curta duração e de resolução espontânea, sem maiores repercussões clínicas. Apenas em casos de maior gravidade, ainda mais raros, que precisamos recorrer a corticóides locais, orais, ou a enzimas que degradam o preenchedor”, reforça o dermatologista. 

Leia Também:  Calcinhas com carbono prometem aliviar cólicas menstruais sem remédio

Apesar de ser uma reação rara e que não requer muitas preocupações, os profissionais estão atentos às ocorrências e indicam alguns cuidados ao fazer os procedimentos. Por exemplo, é importante evitar realizá-los caso o indivíduo esteja infectado com a Covid e esperar ao menos duas semanas após a vacinação para fazer o preenchimento. 

“Durante a infecção, já existem diversas reações imunológicas e inflamatórias em andamento no nosso organismo a fim de controlar o quadro infeccioso. Por isso, para evitar quadros inflamatórios exacerbados após o preenchimento, evitamos a aplicação de ácido hialurônico durante infecções virais agudas, incluindo a Covid-19”, explica o médico. 

O profissional reforça que, caso qualquer sintoma negativo apareça após o preenchimento, é necessário buscar o dermatologista responsável pelo procedimento. 

Agora você pode acompanhar todos os conteúdos do iG Delas pelo nosso canal no Telegram. Clique no link para entrar no grupo. Siga também o perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA