MULHER

O que fazer para as unhas crescerem mais rápido? Veja 6 receitas caseiras

Publicados

em


source

Alto Astral

Mulher com unhas e batom vermelho

Às vezes é difícil fazer as unhas crescerem mais rápido, por diversos fatores, desde o  hábito de roer até o fato delas quebrarem com facilidade. Elas levam cerca de um mês para crescer um milímetro, mas se bem cuidadas, em pouco tempo elas estarão fortes e saudáveis e algumas receitas caseiras  podem te ajudar nessa missão.

As unhas, para muitas mulheres, são vistas como parte de um visual, por isso, elas requerem cuidados especiais para estarem sempre bonitas. Antes de passar o esmalte é importante ver a aparência delas, pois elas também refletem a sua saúde. Sempre cuide da sua alimentação e da sua saúde para garantir um efeito mais eficaz.


Receitas caseiras para as unhas crescerem mais rápido

1. Cravo

Para fazer esta receita, você vai precisar de 30 gramas de cravo e 200 ml de azeite extra virgem. O modo de fazer é bem simples, basta que você coloque os dois elementos em uma panela de banho-maria e deixe no fogo por 2 horas. Em seguida, espere o óleo ficar morno para que você o aplique sobre as unhas. É interessante repetir o processo três vezes por semana.

Leia Também:  Como clarear unhas amareladas pelo esmalte?

2. Laranja

O ácido fólico, um elemento que ajuda no fortalecimento das unhas, é encontrado na laranja, por isso, a receita do “suco de laranja” é tão eficaz. Para fazê-la, são necessários 4 laranjas e um pouquinho de algodão. O primeiro passo é espremer as laranjas em um recipiente e molhar o algodão na substância obtida. Depois é só colocar o algodão nas unhas e aguardar 10 minutos.

3. Leite e limão

Você vai precisar de leite e suco de limão sem açúcar para fazer esta receita. Com os ingredientes em mãos, misture-os em um recipiente e mergulhe suas unhas no local por 15 minutos. Em pouco tempo será possível perceber a diferença.

4. Sementes de linhaça e chia

Ambas são ricas em aminoácidos, fibras e ácidos graxos . Além disso, também são fontes de gorduras boas, tornando-se capazes de modular o sistema imunológico, melhorando a circulação e a glicemia. A linhaça e a chia também podem aprimorar a função e a saúde intestinal, promover a saciedade e controlar o peso corporal. Inclua elas na sua dieta para fazer as unhas crescerem mais rápido.

Leia Também:  Looks do Emmy 2020: confira o que os famosos vestiram na premiação

5. Ovos

Para esta receita bastam apenas um ovo e uma colher de azeite. Com os ingredientes em mãos, misture a gema do ovo com o azeite e passe a substância nas unhas com a ajuda de um pincel. Depois de 15 minutos, enxague.

6. Tomate

Por conter a biotina, uma substância que estimula o crescimento das unhas e do cabelo, o  tomate é super indicado para te ajudar a ficar com as unhas compridas! Para isso, misture no liquidificador um tomate e uma colher de azeite. Feito isso, umedeça o algodão com a substância e aplique sobre as unhas por cerca de 10 minutinhos.

Fonte: IG Mulher

Propaganda

MULHER

Mulheres indígenas criticam a fala de Bolsonaro na ONU sobre queimadas

Publicados

em


source

O presidente Jair Bolsonaro participou da 75ª edição Assembleia Geral da ONU na manhã desta terça-feira (22). Entre os pontos abordados no discurso,  ele comentou as queimadas no Pantal e na Amazônia e disse que elas são causadas pelos povos indígenas. 

sonia guajajara e bolsonaro
Reprodução/Instagram/TV Brasil

Mulheres indígenas criticam a fala de Bolsonaro na ONU

“Nossa floresta é úmida e não permite a propagação de fogo no seu interior. Os incêndios ocorrem onde o caboclo e o índio queimam seus roçados em busca de sobrevivência, em áreas já desmatadas”, disse o presidente. 

Essa fala causou revolta entre as lideranças das comunidades tradicionais e mulheres indígenas se criticaram o posicionamento de Bolsonaro. Chirley Pankará, militante e codeputada estadual em São Paulo pela Bancada Ativista (Psol),  chamou Bolsonaro de mentiroso no Twitter e escreveu: “Somo nós os responsáveis por apagar o fogo causado por seus aliados, grileiros fazendeiros, assassinos da natureza. Não toleraremos calunias e incitação de ódio!”. 

Leia Também:  Luiza Ambiel fala de pressão estética: "Não deixam a gente envelhecer em paz"

Já Sonia Guajajara, que foi candidata a vice-presidente em 2018 , disse que o presidente mentiu mais uma vez e que os responsáveis pelas queimadas se sentem mais empoderados a desmatar por causa dessas falas. A ativista Watatakalu Yawalapiti questionou os eleitores de Bolsonaro ao questionar: “Será que os eleitores dele não tem vergonha de ter colocado um mentiroso desse no poder? Não sei de quem que fiquei com mais pena, se foi dos que colocaram ele no poder ou de quem estava lá ouvindo as mentiras”.

A deputada federal Joenia Wapichana (Rede Sustentabilidade) também se pronunciou sobre a fala na ONU. “É vergonhosa e leviana a atitude do presidente Bolsonaro na ONU, ao jogar a culpa pelos incêndios ambientais aos povos indígenas, originários desse país. Isso prova o despreparo, a incompetência e irresponsabilidade em administrar o Brasil. O incêndio no Pantanal, somado ao aumento do desmatamento na Amazônia, é o resultado do desmonte das políticas de proteção ao meio ambiente adotado por esse desgoverno”, ela escreveu no Twitter.

Leia Também:  Looks do Emmy 2020: confira o que os famosos vestiram na premiação





Fonte: IG Mulher

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA