MULHER

Os signos mais manipuladores do zodíaco

Publicados

em


source

João Bidu

Os signos mais manipuladores do zodíaco
Leonardo Ferreira

Os signos mais manipuladores do zodíaco

Você já mentiu para conseguir algo que desejava muito? Se você for um desses quatro signos que vamos lhe mostrar provavelmente a resposta é um sim. Eles são conhecidos por terem uma facilidade em manipular as situações em benefício próprio, são considerados inteligentes e calculistas, quase não deixam rastros de suas manobras emocionais.

É preciso ter um cuidado redobrado quando estamos diante deles, principalmente quando deixamos eles chateados com as nossas ações. Então, conheça agora os signos mais manipuladores do zodíaco e se prepare para o jogo da persuasão.

+Inscreva-se no Clube de Membros do João Bidu no YouTube e receba conteúdo exclusivo! Acesse neste LINK .

Os signos mais manipuladores do zodíaco

Escorpião

Os escorpianos são considerados os mais manipuladores do zodíaco. São pessoas sensíveis e possuem uma defesa poderosa capaz de esconder suas inseguranças e medos. Não gostam de perder o controle das situações e quando estão sob ameaça usam a manipulação sem se importar com as consequências.

Leia Também:  Agosto sem desgosto: simpatias e dicas para afastar o azar

Câncer

Carentes, os cancerianos podem usar a manipulação para conseguir a atenção e companhia dos mais próximos. São capazes de abalar emocionalmente as pessoas para descontar a sua raiva e insegura, além de enxergarem na chantagem um caminho fácil para atingir seus objetivos.

Peixes

Você viu?

Os piscianos são extremamente sensíveis e usam a manipulação por temerem a rejeição e o abandono. Podem assumir um papel de vítima para chamar a atenção das pessoas e quando isso não acontece eles partem para a chantagem emocional.

Capricórnio

Os capricornianos utilizam a manipulação como uma arma, só usam quando sentem que irão perder o controle da situação. Perseverantes por natureza, eles não são de desistir dos seus sonhos e podem usar a persuasão como uma aliada para atingir as suas metas.

LEIA TAMBÉM:

  • Os signos mais determinados do zodíaco
  • Os signos mais fiéis do zodíaco

    Os signos mais frios do zodíaco

    Fonte: IG Mulher

    Propaganda

    MULHER

    Rebeca Andrade: conheça a ginasta brasileira medalhista de ouro

    Publicados

    em


    source
    Rebeca Andrade, a ginasta brasileira que fez história nas Olimpíadas 2020
    Reprodução Instagram

    Rebeca Andrade, a ginasta brasileira que fez história nas Olimpíadas 2020

    Rebeca Andrade é a primeira mulher ginasta brasileira campeã olímpica e a primeira ginasta do Brasil a ganhar duas medalhas numa mesma edição das OlímpiadasA modalidade de salto garantiu o ouro para Rebeca este domingo (1). Porém,  a atleta conquistou o mundo e a medalha de prata com sua apresentação solo ao som de “Baile de Favela”, funk do MC João. A letra fala sobre diversos bairros das cidades de São Paulo e Guarulhos – esta última, onde Rebeca nasceu no dia oito de maio de 1999.

    História

    A filha de Rosa Rodrigues tem sete irmãos e começou a praticar ginástica olímpica aos quatro anos de idade, no Ginásio Bonifácio Cardoso, em um projeto social de iniciação ao esporte da prefeitura de Guarulhos, em São Paulo. Lá sua dedicação e talento fizeram com que ela ganhasse o apelido de “Daianinha de Guarulhos”, uma referência a ginasta Daiane dos Santos, primeira ginasta brasileira, entre homens e mulheres, a conquistar uma medalha de ouro em uma edição do Campeonato Mundial. . 

    Rebeca Andrade
    Reprodução Instagram

    Rebeca Andrade

    Familiares e amigos de Rebeca contam que quando a família passou por uma crise financeira, a pequena de seis anos caminhava duas horas em direção ao ginásio localizado na Vila Tijuco. Depois de um tempo, o irmão mais velho (na época 15 anos) conseguiu comprar uma bicicleta e levava à irmã aos treinos. Rebeca treinou no ginásio de Guarulhos por cinco anos, entre 2005 e 2010, até que seu empenho rendeu um convite para treinar em Curitiba, no Paraná, quando tinha nove anos. Em 2012, ela foi convidada a treinar pelo Flamengo, onde está até hoje.

    Cirurgias e medalhas

    Rebeca Andrade
    Reprodução Instagram

    Rebeca Andrade

    Com lesões persistentes, no mesmo ano (2015) em que conquistou a medalha internacional de bronze entre adultas, nas barras assimétricas, Rebeca teve uma ruptura de ligamento cruzado anterior do joelho direito em um treino. Isso fez com que a atleta ficasse afastada dos treinos por oito meses e não tivesse o desempenho desejado nos Jogos Olímpicos de 2016. 

    Em 2017 e 2019, Rebeca passa por outras lesões no joelho ao mesmo tempo em que conquista medalhas de ouro nas etapas de Copa do Mundo. No total, Rebeca tem nove medalhas de ouro – já contando com o ouro olímpico -, oito pratas (a das Olimpíadas também está na soma) e três bronzes.


    Fonte: IG Mulher

    Leia Também:  5 signos mais procrastinadores do mundo místico
    Continue lendo

    MOMENTO POLICIAL

    MOMENTO DESTAQUE

    MOMENTO MULHER

    MOMENTO PET

    MAIS LIDAS DA SEMANA