MULHER

Swipe Night, recurso do Tinder, detecta traços mais profundos de personalidade

Publicados

em


source
Na série%2C quem toma as decisões é o usuário
Reprodução

Na série, quem toma as decisões é o usuário


Um novo recurso do Tinder pretende deixar o match ainda mais certeiro. Com o Swipe Night, o usuário assiste a um vídeo de uma história na qual os personagens se encontram diante de dilemas morais e precisam escolher, em apenas sete segundos, como eles agirão a agir. As escolhas ficam registradas no perfil e revelam traços da personalidade e dos valores de cada um. 

Os vídeos só podem ser assistidos quando estiverem disponíveis, aos finais de semana. Eles permanecem no ar a partir das 10h de sábado e se encerram às 23:59h do domingo, até o final do mês de setembro. Além de ser uma forma de conhecer mais o seu match, o recurso também ajuda a ter um papo sobre uma experiência em comum para quebrar o gelo nas conversas.

Leia Também:  Retiro no interior de São Paulo busca resgatar autoestima das mulheres

E o recurso veio em boa hora. Durante a pandemia, o Tinder percebeu um novo comportamento dos usuários: devido ao isolamento, houve um aumento de 52% no volume de mensagens enviadas globalmente.

Fonte: IG Mulher

Propaganda

MULHER

Ex-BBB revela ter sido xingada por causa de religião: “Macumbeira desgraçada”

Publicados

em


source
Amanda Djehdian
Reprodução

Amanda Djehdian


Amanda Djehdian resolveu revelar o motivo de não mais falar sobre religião. A ex-BBB, que entrou na 14ª edição falando abertamente que seguia a religião Umbanda, sofreu vários ataques nas redes sociais e por conta da intolerância religiosa vem evitando falar sobre sua crença. Durante o jogo de perguntas e respostas no Instagram, ela fez um desabafo.

“Evito ficar falando porque infelizmente minha religião (tão linda) sofre muito preconceito, e falo que é o preconceito seletivo. É minha religião, minha fé, onde aprendi e aprendo diariamente, onde nunca daria as costas por conta da ignorância de algumas pessoas, que não entendem que nenhuma religião prega maldade. Quem faz maldade são as pessoas, que usam a religião para fazer isso como desculpa, para ser ruim”, explicou a empresária que já foi chamada de ‘macumbeira desgraçada’.

Leia Também:  Mulheres criticam ataque de Biel à Jojo Todynho: ‘uma hora a máscara cai’

“No ‘BBB’, eu era chamada de macumbeira desgraçada para baixo. Mas se você pega uma cantora, atriz mega famosa, ninguém xinga. Não acho que religião, caridade, etc, tem que ficar noticiando. Mas se alguém quiser saber sobre a Umbanda, procure uma casa séria, alguém que te ensine os fundamentos, te mostre o caminho certo”

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA