MULHER

Você sabe o que é Pet Play? Entenda a prática que deu o que falar na Internet

Publicados

em


source
Reprodução
Divulgação

Entenda o que é a prática fetichista conhecida como Pet Play


Nas últimas semanas, uma imagem deu o que falar na Internet: a foto tirada em um supermercado em Los Angeles, nos Estados Unidos, que mostra uma dominatrix levando seu  submisso para passear numa coleira. O rapaz estava de quatro e usava uma máscara de cachorro e os dois andavam tranquilamente dentro do mercadinho.

As pessoas não entenderam muito bem o que estava acontecendo, até chegar o momento do segurança pedir para que os dois saíssem. Os presentes acharam que a atitude fosse uma falta de respeito. “Eles disseram ‘Nós respeitamos o que você está tentando fazer, mas vamos ter que te pedir para sair’. Fazer isso em público é obviamente controverso”, disse Mistress Larke, a mulher da foto, em entrevista ao tablóide estadunidense The Daily Pot. 

Os dois estavam praticando o Pet Play, uma  variação do BDSM (Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo). E sta prática gira em torno de hierarquia, comando, submissão e obediência. Também por serem usados artigos específicos para “adestrar” cada animal imitado (coleiras, correntes, chicotes, mordaças).

Marcos Santos, Psicólogo  Especialista em Sexualidade Humana da Plataforma Sexo sem Dúvida , explicou em entrevista ao IG Delas, um pouco mais sobre a prática. Veja a seguir.


O que é o Pet Play? 

Pet Play é uma brincadeira que pode ser sexual ou não. É um fetiche que costuma ser praticado entre casais. É uma encenação em que as pessoas envolvidas desempenham papéis diferentes. Uma faz de conta que é um animal (pet) e a outra pessoa desempenha o papel de treinador ou de dono.

“Durante essa brincadeira, a pessoa pet imita literalmente o comportamento de um filhote ou animal adulto, enquanto que o treinador ou o dono do animal ensina truques, elogia e recompensa bons comportamentos ou pune  seus erros e maus comportamentos”, acrescenta o especialista. 

De acordo com o desejo dos participantes, a intensidade pode variar de um simples carinho em troca de lambidas, à humilhação e palmadas corretivas. Nessa prática, a pessoa submissa é transformada em animal para obedecer a um dominador.

“É importante lembrar que o intuito da brincadeira não é a humilhação e que o fetiche possui várias interpretações e aplicações. Existem pessoas que gostam de ser humilhadas nas brincadeiras sexuais, mas essa não é a intenção principal do pet play”, explica. 

O foco principal da brincadeira é justamente ensinar truques e disciplina para um animalzinho, sem envolver necessariamente maus tratos. O segredo para a brincadeira dar certo é o incentivo positivo do treinador e as recompensas pelo bom comportamento do pet. 

Como praticar o Pet Play? 

Adeptos do Pet Play se comportam assim entre quatro paredes e algumas vezes em público frequentando festas fetichistas e bares temáticos. “Nestes locais os donos e adestradores podem até servir petiscos no chão.”

Leia Também:  HPV: saiba porque é importante não abrir mão do preservativo

A caracterização dos pets vai além das fantasias e maquiagem, incluindo acessórios encontrados em petshops (coleiras, guias, correntes) ou artigos de sex shops como os chamados plug tails (caudas ou rabos), em diversos materiais e formatos. 

Varia também a intensidade da prática. Dentro do pet play existem as práticas mais brandas, como um simples “abanar o rabinho”, pegar coisas com a boca e fazer carícias no(a) parceiro(a). Há também as mais intensas, que derivam do sadismo e masoquismo e envolvem palmadas ou castigos mais severos.

Mas, assim, assim como vários outros fetiches, o pet play não precisa ter um contexto erótico. Se na maioria das vezes se trata de algo sexual, em outros casos a brincadeira pode ser apenas uma atividade muito divertida quando as pessoas assumem os papeis escolhidos e mergulham de cabeça na interpretação.

“É uma oportunidade de tirarem uma folga de suas vidas comuns. Permite também a inversão de papel assumido para a sociedade, algo muito comum das pessoas em posição social de liderança e autoridade se submeterem aos comandos de alguém durante a brincadeira (homens cachorrões com suas donas)”, diz o especialista.

Ele acrescenta que isso significa tirar o peso e estresse em ser alguém preso a uma rotina, virando durante alguns momentos um bichinho inocente e brincalhão. “Ou simplesmente deixar seus medos e fraquezas de lado para ser um animal selvagem e cheio de vida”, encerra. 

Fonte: IG Mulher

Propaganda

MULHER

Descubra as melhores combinações entre os signos

Publicados

em


source

João Bidu

undefined
Ana Melo

Descubra as melhores combinações entre os signos

Existem várias formas para saber se a pessoa de tal signo é ou não compatível com você. Pensando nisso, vamos mostrar uma maneira simples de saber se a outra pessoa combina com você. 

Como analisar combinações astrais:

Os dozes signos do zodíaco são separados por elementos, decanatos, entre cardinais, mutáveis ou fixos e vários outros termos que fazem a diferença na hora de analisar um mapa astral. O mapa astral é bastante complexo e tem muitos detalhes que dizem muito sobre a pessoa e, por isso, ele é uma ótima ferramenta para autoconhecimento. Mas, como a intenção é simplificar, usaremos apenas o signo do Sol, Lua e Ascendente para fazer as combinações. 

Existem duas informações para considerar na hora de fazer as combinações e saber se existe afinidade entre o casal ou entre amigos: combinações elementares e signos opostos complementares.

+Inscreva-se no Clube João Bidu e receba conteúdo exclusivo! Basta baixar o app do Telegram no seu celular e entrar neste Link !

Combinações através dos elementos:

Os 12 signos do zodíaco são separados por 4 elementos, sendo eles fogo, terra, ar e água. Cada elemento traz em si um potencial. O elemento água, por exemplo, rege os signos mais emocionais e intuitivos; o elemento ar rege a racionalidade e criatividade; o elemento fogo é a impulsividade, coragem e determinação; enquanto o elemento terra é conhecido por ser pé no chão, persistente e ligado às estruturas.

Leia Também:  Participantes do reality show "Beleza GG" contam como será a nova temporada

FOGO : Áries, Leão e Sagitário.

TERRA : Touro, Virgem e Capricórnio.

AR : Gêmeos, Libra e Aquário.

ÁGUA : Câncer, Escorpião e Peixes.

Os signos do mesmo elemento sempre vão ter mais afinidade entre si. Porém, existem combinações entre elementos que sempre são matchs, como:

FOGO e AR

O elemento fogo é sobre agir e o elemento ar é só pensar. Esses dois elementos juntos fazem com que o fogo ajude a colocar em prática as ideias de ar. 

TERRA e ÁGUA 

O elemento água é sobre emoções e terra é sobre estruturas. Esses dois elementos juntos possibilitam que água tenha alguém para trazer algo duradouro para depositar seus sentimentos e terra tenha alguém para construir uma estrutura sólida e duradoura, como uma família, por exemplo.

Signos opostos complementares:

Você viu?

Os signos opostos complementares tem uma forte atração entre si, pois as suas características opostas acabam atraindo um ao outro. E, se você reparar, os signos opostos também estão combinados entre elementos afins como citado anteriormente. Os signos opostos complementares são:

Áries e Libra  (Fogo e Ar)

Leia Também:  Descubra a lingerie ideal de cada signo

Touro e Escorpião  (Terra e Água)

Gêmeos e Sagitário  (Ar e Fogo)

Câncer e Capricórnio  (Água e Terra)

Leão e Aquário  (Fogo e Ar)

Virgem e Peixes  (Terra e Água)

Como analisar a afinidade entre as combinações?

Uma maneira fácil de saber se o crush é compatível com você, é comparando os signos Solar, Lunar e Ascendente. 

Sol: é como a pessoa age.

Lua: é a forma como a pessoa lida com seus sentimentos.

Ascendente: é como a pessoa se mostra e expressa.

Compare um signo por vez e veja se eles estão entre as combinações citadas acima. 

  • Se forem signos do mesmo elemento: perfeito!
  • Se forem signos de elementos diferentes porém afins: boa dinâmica! Será melhor ainda se for o elemento complementar. 

Caso a combinação não seja tão boa, vale a pena tentar mesmo assim. Pois o que importa é que a outra pessoa esteja aberta ao diálogo e esteja decidida a fazer dar certo, não é mesmo?! 

Para uma análise mais completa, você tem a opção de fazer a sinastria , uma técnica para ver a compatibilidade entre o casal em diferentes setores da vida. Recomendamos procurar um profissional para fazer a sinastria. 

LEIA TAMBÉM:

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA