Momento Esportes

Mundial de Clubes da Fifa vai inaugurar primeiro estádio da Copa de 2022

Publicado

Ainda falta definir dois dos sete classificados (o campeão da Libertadores e o representante da Ásia), mas, aos poucos, o Mundial de Clubes de 2019, no Qatar, vai ganhando forma. Já se sabe, por exemplo, os estádios da competição e um é uma grande novidade: o Education City, para 40 mil pessoas, será o primeiro palco construído para a Copa de 2022 a ser inaugurado, justamente durante a competição, em dezembro, três anos antes da competição entre seleções.

Leia também: Fifa define confrontos do Mundial de Clubes; confira

mundial arrow-options
Divulgação

Qatar vai inaugurar primeiro estádio construído para Copa de 2022 no Mundial de Clubes


O primeiro jogo oficial na moderna arena para 40 mil pessoas, construída após a confirmação do Qatar como sede da Copa, será a estreia do Liverpool , na semifinal do Mundial de Clubes , dia 18 de dezembro.

Quem vencer a Libertadores – Flamengo, Grêmio, River Plate ou Boca Juniors – vai ter que esperar para jogar na nova joia da península na final, ou na decisão do terceiro lugar. O campeão da Libertadores vai estrear no Estádio Internacional do Khalifa, também sede da Copa de 2022 , mas única das oito arenas já pronta que o país utilizará daqui a três anos.

Leia também: Fifa divulga as datas do Mundial de Clubes 2019, que será realizado no Catar

Atualmente, o estádio do Khalifa, construído em 1976, e reformado em 2017, com capacidade para 40 mil pessoas, recebe o Mundial de Atletismo, que vem lidando com as críticas devido ao forte calor. A organização do Mundial de Clubes garante, porém, que os jogos do torneio, disputados no inverno, terão temperaturas entre 15°C e 24°C.

As partidas serão às 17h30 e 20h30 (hora local). O torcedor brasileiro não terá que acordar muito cedo: as partidas serão às 11h e às 14h30, no horário de Brasília. Flamengo ou Grêmio, se chegarem e jogarem a final, só atuarão no horário noturno no Qatar, vespertino no Brasil.

estádio arrow-options
Reprodução

Estádio Jassim Bin Hamad, do Al Sadd


Leia também: Edições de 2019 e 2020 do Mundial de Clubes da Fifa serão realizadas no Qatar

Antes da estreia do Liverpool e do campeão da Libertadores, o Mundial de Clubes acontecerá em um estádio menor, que não será usado em 2022: o estádio Jassin Bin Hammad, para 12 mil pessoas, sediará a abertura, e os dois primeiros jogos

Fonte: IG Esportes

Comentários Facebook
publicidade

Momento Esportes

Fiba define datas de Pré-olímpico masculino de basquete

Publicado


.

A Federação Internacional de Basquete (Fiba, na sigla em inglês) anunciou nesta quinta (9) que definiu as datas do torneio pré-olímpico masculino, após adiar a competição em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

A decisão foi tomada durante uma reunião, por videoconferência, do Comitê Executivo da entidade.

Na reunião, a Fiba informou que recebeu na última semana “a confirmação das datas revisadas para Tóquio 2020”, que agora está programado para o período de 23 de julho a 8 de agosto de 2021.

Assim, no caso masculino, “os torneios de qualificação olímpica da Fiba serão disputados no período de 22 de junho e 4 de julho de 2021”. Porém, a confirmação depende de aprovação do Comitê Olímpico Internacional (COI).

Esta decisão afeta diretamente a seleção masculina de basquete, que está garantida no torneio Pré-Olímpico marcado para Split (Croácia). Na competição, o Brasil está na chave dos donos da casa e da Tunísia. O outro grupo é formado por México, Rússia e Alemanha. Apenas o campeão garante uma vaga nos Jogos de Tóquio.

Já no feminino tudo está definido, pois o Pré-Olímpico aconteceu antes da pandemia. A equipe do Brasil não conseguiu a vaga.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento Esportes

Serviço Nacional de Saúde britânico recebe apoio do Manchester United

Publicado


.

O Serviço Nacional de Saúde da Inglaterra (NHS, sigla em inglês) – referência para a criação no Brasil do Sistema Único de Saúde (SUS) –  não para de ganhar apoio de clubes e estrelas do futebol para combater o novo coronavírus (covid-19) O último reforço veio do Manchester United que colocou à disposição a frota 16 automóveis e os motoristas do clube à disposição de dois hospitais da cidade britânica.

Os diabos vermelhos, como são popularmente conhecidos, também anunciaram ontem (8) a doação de equipamentos de proteção individual (EPIs) para os profissionais de saúde. Cerca de 3,5 mil brindes do Manchester também serão distribuídos aos trabalhadores das áreas de limpeza e administrativa dos hospitais.

Pelas redes sociais, o Manchester está incentivando o voluntariado na luta contra a covid-19 e, em troca, o clube oferece, inclusive, retribuição financeira. O time inglês também disponibilizou o estádio Old Trafford, com capacidade para 70 mil pessoas, às autoridades sanitárias para que no sejam realizadas coletas de sangue.  Além disso, o Manchester se comprometeu a doar 30 mil itens alimentícios – incluindo bebidas – a instituições de caridade.

Tratado de uma hemorragia cerebral no NHS em 2018, o lendário Alex Ferguson –  técnico do Manchester por 27 anos durante os quais conquistou 38 títulos – disse estar  “satisfeito por reconhecermos a importância do NHS . A resposta a esta pandemia foi magnífica, orgulhoso como o clube e o povo britânico estão reunidos para ajudar”.

Até o fechamento desta edição, o Reino Unido registrava 61.497 casos da doença e 7097 mortes.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook
Continue lendo

Momento MT

Momento Nacional

Momento Esportes

Momento Entretenimento

Mais Lidas da Semana