NA CAPITAL

Secretário de Infraestrutura de Mato Grosso afirma que o contrato do VLT da Copa foi rescindido por corrupção, bandidagem e safadeza

Publicados

em

As supostas negociações entre o governo do Estado e a Prefeitura do Rio de Janeiro (RJ) para a venda dos vagões do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) segue gerando polêmica no Palácio Paiaguás.

Na sexta-feira (27), o secretário de Infraestrutura de Mato Grosso, Marcelo Oliveira(foto), comentou sobre o assunto pela primeira vez e reforçou a negativa do Executivo em torno das articulações.

O chefe da pasta também recordou os escândalos de corrupção  em torno do modal e rebateu as críticas do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), que defende a instalação do VLT.

“O prefeito está enganado sobre as vendas dos vagões. O governo do Estado não pode vender o que não é dele. Esse contrato foi rescindido por corrupção, safadeza, bandidagem e outros sinônimos. O governo não comprou vagão, comprou sistema e não está rodando. Distribuíram o dinheiro, que foi para o bolso de alguém”, disse.

Apesar da negativa em torno do assunto, a tratativa da possível venda passou pelo próprio governador Mauro Mendes (União), conforme revelou o secretário municipal de Coordenação Governamental do Rio, Jorge Luiz Arraes, quando da intenção de estudar a possibilidade de compra dos vagões e trilhos do VLT.

Leia Também:  Região do Morro da Luz e da Ilha da Banana ganha novo sistema de iluminação pública

No fim de 2020, a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) ingressou com uma ação na Justiça pedindo ressarcimento e indenização, no valor total de R$ 830 milhões, contra o Consórcio VLT, que venceu a licitação para construção do modal que nunca foi entregue à população.

Atualmente o Estado tenta implantar o Ônibus de Trânsito Rápido (BRT). Contudo, os procedimentos das obras do BRT foram suspensos pelo Tribunal de Contas da União (TCU) a pedido da própria Prefeitura de Cuiabá.

“O governo já pagou a dívida e está brigando para que esse pessoal que ganhou a concorrência devolva o dinheiro. Não queremos ter nenhum problema com ninguém”, finalizou o chefe da pasta de Infraestrutura.

 

Otavio Ventureli(da redação com assessoria e GD)

NA CAPITAL

PM de MT comemora logo mais as 19h no Teatro Cerrado Zulmira Canavarros em Cuiabá os 22 anos do Proerd

Publicados

em

A Polícia Militar de Mato Grosso realiza, na noite desta quarta-feira (22), a cerimônia de alusão aos 22 anos do Programa Educacional de Enfretamento e Repressão às Drogas e Violência (Proerd) com a formatura dos alunos da Escola Militar do Corpo de Bombeiros Dom Pedro II.

A cerimônia será realizada a partir das 19h, no Teatro Cerrado Zulmira Canavarros, no Centro Político Administrativo, em Cuiabá.

Nestas duas décadas, o Proerd já realizou mais de 4,6 milhões de atendimentos.

Somente neste ano, foram mais de 100 mil com público-alvo crianças cursando o 3º ano do ensino fundamental na rede de ensino público e privada. 

Ainda durante a programação será entregue Medalhas Mérito Proerd às autoridades civis e militares que contribuíram com a segurança pública no Estado.  

Serviço

Comemoração dos 22 anos do Proed e entregue de medalhas Mérito Proerd 

Data: quarta-feira (22.06), às 19h

Local: Teatro Cerrado Zulmira Canavarros, no Centro Político Administrativo, em Cuiabá 

 

Otavio Ventureli(da Redação com assessoria)

Leia Também:  WF reafirma sua confiança no ex-Ministro da Educação Milton Ribeiro preso nesta quarta pela Polícia Federal
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI