NACIONAL

2 dias após ser detida por injúria racial, mulher ofende outra pessoa negra

Publicados

em


source
Em João Pessoa, mulher afirma 'Eu sou a maior racista do planeta'
IG – Último Segundo

Em João Pessoa, mulher afirma ‘Eu sou a maior racista do planeta’

Luzia Sandra de Medeiros , detida na última quarta(14) por injúria racial , voltou a ser flagrada nesta sexta(16) em um vídeo se declarando racista e dizendo que “a raça negra é amaldiçaoda”, em uma loja no centro de João Pessoa, na Paraíba.

Nas imagens, a mulher grita com outra, que era negra, e diz: “Sou racista porque sua raça é ladra”. Após descobrir que estava sendo filmada, ela continua com os ataques: “Sou racista de carteirinha, se eu pudesse escrevia na minha testa, ‘racista’,”.

Luzia ainda se comparou com Adolf Hitler , líder nazista que perseguiu minorias baseado em um pensamento falacioso de que a raça ariana seria superior do que outras.

Leia Também:  Bebê de um mês é resgatado com vida entre os corpos dos pais assassinados

No caso de quarta, Luzia fez declarações racistas contra um guia turístico dentro de uma agência bancária. A mulher foi detida na central de polícia de João Pessoa e após pagar R$ 350 de fiança , responderá o crime de injúria racial em liberdade.

Contudo, após as imagens divulgadas nesta sexta, o rumo do processo pode ser outro. A Polícia Civil do estado informou que agora ela poderá responder pelo crime de racismo , que é inafiançável .

“Para minha surpresa, tivemos acesso a um novo vídeo. Esse foi gravado em uma loja onde a mulher faz comentários até mais graves que no primeiro dia. Eu já expedi um ofício e a polícia vai instaurar o inquérito”, afirmou o delegado Pedro Ivo Soares Bezerra , da Delegacia Seccional da Polícia Civil da Paraíba.

Segundo a família de Luiza Sandra, a mulher sofre de um transtorno afetivo bipolar, e que esse seria a razão dos ataques racistas. O laudo médico foi apresentado, e é datado de 15 de outubro deste ano, um dia após ela ser detida, mas o laudo indica que ela está em tratamento há 3 anos. O laudo ainda não foi apresentado à polícia.

Leia Também:  Manifestantes fazem carreata contra "acordão pela impunidade" no DF; assista

Pela constituição, o crime de racismo é punível com até cinco anos de prisão e multa. 

Propaganda

NACIONAL

Cidade do RS registra surto de vômito e diarreia

Publicados

em


source
Xangri-lá, no litoral norte do Rio Grande do Sul
Acervo Secretaria de Turismo e Meio Ambiente de Xangri-lá

Xangri-lá, no litoral norte do Rio Grande do Sul

Xangri-lá , município gaúcho de 16 mil habitantes passa por um surto de intoxicação alimentar . Desde o último sábado(17) até esta segunda(19), 94 pessoas procuraram atendimento médico, a maioria delas são crianças.

Segundo Luis Antonio Ferreira, secretário de Saúde da cidade, todos os pacientes relataram terem consumido picolé , comprado do mesmo vendedor, ainda não identificado, que passava de carro vermelho pelos bairros.

“A gente tem algumas suspeitas. É uma bactéria que está causando vômitos e diarreia. Pode ser provavelmente de alguma fábrica de picolés que andou circulando aqui na cidade no final de semana. Já conversamos também com as equipes da Corsan para averiguar se está tudo correto com a água, mas nada foi apontado. Em conversa com todos nossos pacientes que estão sendo atendidos com o mesmo sintoma, todos eles compraram picolé”, afirmou o secretário para o Zero Hora.

Leia Também:  Bebê de um mês é resgatado com vida entre os corpos dos pais assassinados

Nenhum dos contaminados teve de ser internado, o procedimento padrão para este caso é fazer o soro e ir para casa, mas segundo Antonio, muitas pessoas tiveram de retornar ao posto de saúde pela persistência dos sintomas.

Amostras do picolé serão enviadas para o Laboratório Central do RS(Lacen) para verificar a suspeita nesta terça (20).

O Secretário, que diz ter “99% de chance de que seja” a causa da contaminação, clamou para a população de Xangri-lá que não consuma ou compre o sorvete.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA