NACIONAL

Aziz afirma que Bolsonaro afrontou a democracia ao encontrar deputada alemã

Publicados

em


source
Senador Omar Aziz durante sessão da CPI
Edilson Rodrigues/Agência Senado

Senador Omar Aziz durante sessão da CPI



Mais de uma semana após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se reunir com a deputada alemã Beatrix von Storch , do partido Alternativa para a Alemanha, sigla investigada por potencial defesa de ideias neonazistas, o senador Osmar Aziz (PSD-AM) fez um discurso veemente contra a reunião.

Exaltado, o parlamentar afirmou que Bolsonaro afrontou a democracia brasileira. “Às escondidas, o presidente recebe uma deputada nazista, afrontando a Constituição brasileira, afrontando a nossa democracia, afrontando o holocausto, afrontando o exército brasileiro que lutou contra o nazismo”, disse Aziz, durante uma sessão da CPI da Covid-19, nesta terça-feira (03). “Nós temos que respeitar o povo judeu”, continuou.



O senador, que preside a CPI da Covid-19, contestou a presença de várias bandeiras de Israel nas manifestações pró-presidente. “Ele, às escondidas, apunhala os judeus. Quando é para pedir ajuda, liga para o primeiro-ministro de Israel. Mas quando é para se reunir às escondidas, reúne-se com uma deputada nazista. Nazismo, não! Nazismo, não!”, completou o parlamentar.

Leia Também:  Ricardo Nunes sanciona projeto que torna igrejas serviços essenciais em SP

Propaganda

NACIONAL

VÍDEO: Tempestade de areia invade cidade no interior de São Paulo

Publicados

em


source
Nuvem 'engoliu' a cidade de Franca e assutou os moradores
Reprodução/redes sociais

Nuvem ‘engoliu’ a cidade de Franca e assutou os moradores

Um fenômeno da natureza assustou os moradores do município de Franca, localizada a 313 km de São Paulo, neste domingo (26). Isso porque uma  tempestade de poeira invadiu a cidade. As informações são do jornal A Folha de S.Paulo. Assista o momento em que a densa núvem ‘engole’ parte do interior paulista:

A ocorrência impossibilitou os comerciantes a permanecerem com as portas abertas e os motoristas de dirigir pela cidade. Moradores também relataram dificuldade para respirar durante a passagem do fenômeno.

Eduardo Rodrigues Sanches, comerciante de 56 anos, percebeu a nuvem de poeira quando saia para levar o filho a um supermercado local. “Foi uma cena apavorante, ficou tudo tomado pela poeira, eu não enxergava nada na minha frente. Do lado, muitas sacolas, folhas e papéis estavam voando para todo lado e até o carro sacudia com o vento. Todo mundo ligou o pisca alerta dos carros. Fiquei com medo porque a gente não pode subestimar a força da natureza.”

Leia Também:  Ex-assessor de Pazuello vira réu em processo por estupro de vulnerável


Jardinópolis, Orlândia, Dumont e Ribeirão Preto também registraram situações semelhantes. Em todos estes pontos houve falta de energia e, em algumas localidades, queda de serviço de internet.


A orientação da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) foi de não desperdiçar água durante o processo de limpeza dos imóveis, pois a região, atualmente, enfrenta um período de racionamento no abastecimento hídrico.

“Sabemos que o evento atípico de hoje (26/9) trouxe uma grande quantidade de poeira e fuligem para dentro das casas. Mas o município passa por um período de severa estiagem, com rodízio no abastecimento de água. É preciso que todos que usem a água de forma consciente, sem desperdícios” informou a Sabesp.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA