NACIONAL

Caso Chico Rodrigues não tem “nada a ver” com o governo, diz Bolsonaro

Publicados

em


source
.
Reprodução

Bolsonaro volta a afirmar que há honestidade entre seus ministros


Em sua tradicional live às quintas-feiras, hoje (15) o presidente Jair Bolsonaro voltou a afirmar que seu governo está livre de corrupção . “Quando eu falo do meu governo, eu falo dos meus ministros. Até agora, nenhum deles foi citado por corrupção. Isso é muito difícil de se conseguir, porque a corrupção está enraizada no Brasil há muitos anos.”


A transmissão semanal, usada para atualizar seus apoiadores, acontece em  meio ao escândalo envolvendo o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), agora ex-vice-lider no Senado Federal . “Caso Chico Rodrigues não tem nada a ver com o meu governo”, afirmou Bolsonaro. 

Rodrigues ganhou as manchetes ao se tornar alvo de uma operação da Polícia Federal que apura irregularidades na prestação de serviços voltados ao combate da pandemia de Covid-19 em Roraima. O parlamentar foi flagrado com R$ 17,9 mil escondidos dentro da cueca e das nádegas.

Leia Também:  Ministério da Saúde distribuiu quase 6 milhões de caixas de cloroquina no Brasil

“Qualquer coisa que acontece, alguns de má-fé culpa o meu governo. Alguns querem dizer que o caso de Roraima é do meu governo porque o senador é meu vice-líder, temos 18 vice-líderes. Hoje ele foi afastado . Senador ora gozava do prestígio, lamento o caso ocorrido”, acrescentou o presidente.

Bolsonaro fez a transmissão ao lado do ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, e de André Mendonça, ministro da Justiça e Segurança Pública.

Propaganda

NACIONAL

Kataguiri convida Moro para jogar Among Us, que provoca: “é como no Brasil?”

Publicados

em


source
Ex-ministro da justiça, Sergio Moro
ESTADÃO CONTEÚDO

Ex-ministro da justiça, Sergio Moro

O deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) convidou o ex-ministro da justiça Sergio Moro, no twitter, para uma partida de Among Us, afirmando que ele tem “um talento natural” para ser detetive. Em resposta, Moro perguntou se no final do game o impostores e assassinos são presos ou se saem impunes, “como no Brasil.




Carlos rebate

Carlos Bolsonaro, atual vereador do Rio pelo Republicanos e candidato à releição, ingressou na conversa provocando Kim e Moro, em clara piada de cunho homofóbico.

Mais cedo, Carlos Bolsonaro postou em seu twitter uma mensagem defendendo a reabertura das escolas no Rio de Janeiro. O vereador compartilhou um estudo da UFRJ que afirma que as escolas não têm papel relevante na transmissão do vírus.

Leia Também:  46% acham gestão de Bolsonaro em defesa da Amazônia ruim ou péssima

“Nessas horas não vale a ciência, só aquela ‘siênssia’ da nova e velha esquerda, biografados, antas, alicate, calça encravada, socialismo e liberdade.”


Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA