NACIONAL

Caso Henry: Jairinho mandou mensagem para amante 2h antes de ‘socorrer’ menino

Publicados

em


source
Jairinho conversou com amante e não mencionou morte de Henry
Tânia Rêgo/Agência Brasil

Jairinho conversou com amante e não mencionou morte de Henry

O relatório da Polícia Civil aponta que o padrasto do menino Henry Borel , Jairo Souza Santos Junior, o Dr. Jairinho , mandou mensagem para a amante aproximadamente duas horas antes do horário que ele diz ter encontrado a criança caída no chão, na madrugada do dia 8 de março.

“Pelo amor de Deus”, escreveu Jairinho a Débora Mello Saraiva, às 1h57. De acordo com a polícia, a frase foi uma tentativa de impedir o fim do relacionamento anunciado pela mulher no dia anterior, às 15h57. “Tô cansada de você!”, disse ela.

Segundo o relatório, Jairinho voltou a conversar com a amante na manhã da morte do menino, às 11h47, sem mencionar o ocorrido, chamando a atenção dos investigadores.

Outras agressões

À polícia, Débora disse que ela e o filho foram agredidos pelo político. Eles começaram o relacionamento em 2014 e ficaram juntos por seis anos, terminando em outubro de 2020, após a mulher descobrir que o vereador estava com  Monique Medeiros, mãe da vítima. No entanto, Débora disse que voltou a ter contato com Jairinho em dezembro de 2020 e eles se reencontraram três vezes em janeiro de 2021.  

Leia Também:  Anta de mais de 200 kg é salva após cair em piscina no MS

Defesa dos acusados

O advogado do padrasto do menino, Braz Sant’Anna, disse que vai aguardar a citação do cliente para falar nos autos do processo. Já a defesa de Monique , afirmou que “o Inquérito Policial foi finalizado prematuramente com erros investigativos. Foram reinquiridas várias pessoas e admitida mudança de seus relatos. Monique não teve igual direito, em ‘dois pesos e duas medidas’. Mesmo a reconstituição dos fatos, baseada em versão irreal de Monique sob coação e dissimulação, é imprestável”.

O casal foi indiciado por tortura e homicídio duplamente qualificado com emprego de tortura na morte de Henry. 

Propaganda

NACIONAL

Criança de 12 anos morre após cair de sacada do 22º andar em Goiânia

Publicados

em


source
Criança de 12 anos caiu do 22º andar do prédio em Goiânia; não se sabe ainda o motivo do incidente
Reprodução

Criança de 12 anos caiu do 22º andar do prédio em Goiânia; não se sabe ainda o motivo do incidente

Uma criança de 12 anos morreu neste domingo (9) após cair da sacada do apartamento em que morava, no 22º andar de um prédio em Goiânia. Não se sabe, ainda, o motivo da queda, mas a suspeita é de que a criança tenha se atirado.

O local foi isolado, e equipes da Polícia Civil de Goiás (PCGO), Polícia Técnico-Científica e do Corpo de Bombeiros foram acionadas. A situação está sob responsabilidade dos investigadores.

Segundo informações do portal Metrópoles, uma equipe da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) se encontra de plantão no local.

Leia Também:  PT, PSB e PSD estudam 'acordão' para derrotar Bolsonaro em 2022, diz jornalista
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA