NACIONAL

Depois de negar dinheiro, mãe é agredida pelo filho com pedaço de cano no Rio

Publicados

em


source
Mulher violência
Marcos Santos/USP

Mulher já havia sido ameaçada pelo filho em outras ocasiões.

Um homem de 31 anos foi preso na última terça-feira (28) em Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, por ter agredido a própria mãe, de 64 anos, com um pedaço de cano. Segundo o G1, o filho teria pedido dinheiro do auxílio emergencial e ela negou a solicitação dele.

Segundo as autoridades, a mulher foi agredida na cabeça, nas costas e nas mãos. Ela disse à polícia que já havia sofrido ameaças e chegou a denunciar a situação. Entretanto, ela não registrou a ocorrência.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCERJ) disse que o agressor foi levado para a delegacia depois do episódio. Ele tem passagem por lesão corporal e ameaça.

Pela agressão contra a mãe, ele irá responder, sob a Lei Maria da Penha, por lesão corporal, injúria, calúnia e ameaça. Já a mãe, que não teve a identidade revelada, recebeu alta e deixou o hospital.

Leia Também:  Serial killer do DF: Moradores relatam medo e angústia durante buscas da polícia

Propaganda

NACIONAL

Polícia encontra pano ensanguentado e acredita que Lázaro Barbosa esteja ferido

Publicados

em


source
Lázaro Barbosa, o serial killer do DF
Reprodução: iG Minas Gerais

Lázaro Barbosa, o serial killer do DF

A polícia de Goiás acredita que o serial killer Lázaro Barbosa possa estar ferido. O secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, informou que um pano ensanguentado foi encontrado. O ferimento teria sido causado após um  tiroteio ocorrido entre o criminoso e a polícia na tarde desta quinta-feira (17).

“Cão farejador achou pano ensanguentado, pode ser até um ferimento grave. Ele tentou acertar um dos cachorros, policiais visualizaram e revidaram. Ele entrou em uma vala e depois, provavelmente, na água, e os policiais perderam o rastro dele”, disse o secretário. O tiroteio ocorrido hoje por volta das 17h foi o segundo entre Lázaro e a polícia.  Na primeira ocasião, Lázaro fazia uma família de refém — que já foi resgadada.

Segundo informações do G1, moradores de Cocalzinho de Goiás relataram ter ouvido mais de 50 disparos. “Muito tiro para o rumo do mato. Acho que pegaram ele. As viaturas todas descendo”, disse Marcos Douglas.

As  buscas ao criminoso já duram 9 dias.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA