NACIONAL

Gatinha da Cracolândia: Irmão diz que não abandonará a traficante, presa em SP

Publicados

em


source
Gatinha da cracolândia, traficante presa em SP
Reprodução O Dia

Gatinha da cracolândia, traficante presa em SP

O irmão de Lorraine Cutier Bauer Romero,  conhecida como “Gatinha da Cracolândia”, presa em São Paulo na última quinta-feira, disse que jamais a abandonará. A afirmação foi uma resposta de Lorruan Bauer a um seguidor numa rede social, que havia perguntado, na noite desta segunda-feira: “Vai abandonar sua irmã?”. O rapaz postou junto uma foto dos dois, quando eram crianças.

Além de Lorraine, o namorado dela, André Luiz Santos de Almeida, também está preso por suspeita de tráfico desde o fim do mês passado. Os dois são pais de uma menina. em entrevista ao portal “UOL”, publicada nesta terça-feira, a mãe de André, Karina Pereira, de 35 anos, contou que se surpreendeu com a notícia do envolvimento do filho e da jovem com o crime.

“Não sei se a mãe a ajudava. Mas ela tem condições, né? Então não desconfiei de nada. O meu filho sempre trabalhou fazendo ‘bicos’ em obras ou entregando panfletos. O meu filho nunca foi marginal”, disse.

Leia Também:  RJ: Desabamento causa morte de criança em Lins de Vasconcelos

Segundo ela, Lorraine é “uma menina meiga, inteligente e carinhosa”: “Dizia que me amava e me chamava de ‘tia’. Era de uma família bem estruturada. Mas o meu filho também tem família. E também foi bem educado”. Karina falou que trabalhou em “várias profissões” para sustentar André e afirmou que o rapaz vai responder pelas acusações feitas pela polícia: “Infelizmente, ele fez escolhas erradas e vai responder por isso”.

Você viu?

Polícia apura ligação com facção paulista

A Polícia Civil de São Paulo investiga a ligação de Lorraine com uma facção paulista. Segundo o delegado Severino Pereira de Vasconcelos, do 77º Distrito Policial, todos os presos na Operação Caronte, que há quatro meses investiga o tráfico nas tendas da cracolândia, são implicados com o crime organizado:

— Motivo pelo qual o IP (inquérito policial) está na Vara Especializada de Combate à Lavagem de Dinheiro e Crime Organizado.

Leia Também:  Sol predomina nesta sexta-feira em São Paulo

De acordo com as investigações, Lorraine lucrava, em média, R$ 6 mil por dia com tráfico de drogas na região central de São Paulo. Ela pegava um quilo por cerca de R$ 21 mil o vendia por até R$ 35 mil. Ainda segundo a Polícia Civil, Lorraine era uma das chefes do tráfico na cracolândia. Para não chamar a atenção no local, ela usaria roupas escuras e um chapéu ou um capuz.

Propaganda

NACIONAL

Ricardo Nunes sanciona projeto que torna igrejas serviços essenciais em SP

Publicados

em


source
Culto religioso em São Paulo
Patrícia Cruz

Culto religioso em São Paulo

O prefeito de São Paulo , Ricardo Nunes (MDB), sancionou ontem (24) o Projeto de Lei que incluem as atividades religiosas na lista dos serviços essenciais durante a pandemia de covid-19. O PL 410/2020 é de autoria do vereador Rinaldi Digilio (PSL), e já havia sido aprovado em uma primeira votação, realizada em dezembro.

“Ficam reconhecidas como serviços essenciais as atividades realizadas pelas igrejas ou templos de qualquer culto, inclusive em situação de emergência, perigo iminente, de calamidade pública ou decorrente de epidemias, ou pandemias”, diz o texto, publicado no Diário Oficial de hoje (25).

A publicação determina que as instituições devem “observar as determinações sanitárias destinadas à prevenção e mitigação da situação de risco, regulamentadas pelos órgãos competentes nos casos de situação de emergência, calamidade pública ou decorrente de epidemias ou pandemias”.

Leia Também:  Delegado youtuber é indiciado por suspeita de crime de peculato

As igrejas já são reconhecidas como atividades religiosas em todo o estado. Em março, o governador João Doria (PSDB) também assinou um decreto nos mesmos moldes. O Plano SP, que direciona a flexibilização dos estabelecimentos durante a pandemia, já permite a realização de cultos religiosos seguindo as regras sanitárias de distanciamento cultural e uso de máscaras.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA