NACIONAL

Hospital de campanha do Anhembi será desativado em SP

Publicados

em


source
médicos mexendo em equipamento de hospital
Joaquim Sarmiento/AFP/BBC

Hospital de campanha será desativado após cinco meses de funcionamento


O prefeito da cidade de São Paulo , Bruno Covas (PSDB), anunciou nesta sexta-feira (4) que o hospital municipal de campanha Anhembi será desativado no próximo dia 10. Motivo para desativação do hospital de campanha seria a baixa taxa de ocupação do espaço.


Quando foi inaugurado, em 11 de abril, o hospital de campanha começou a operar com 870 leitos credenciados. No dia 1º de agosto, este número caiu para 310; e agora em setembro, foi para 150, sendo 140 de observação e 10 de UTI. O hospital do Anhembi parou de receber novos pacientes na noite de ontem (3).

Com os números que a cidade tem e a taxa de ocupação do hospital, temos a tranquilidade de poder desativá-lo sem a necessidade de voltar a utilizar aqueles leitos. Até porque enquanto os dois hospitais municipais de campanha [Anhembi e Pacaembu] passaram a funcionar, a cidade pode entregar também oito hospitais permanentes”, explicou Covas.

Leia Também:  Secretário de Saúde do Rio de Janeiro entrega o cargo após três meses

Quando o hospital de campanha foi inaugurado, em abril, o custo mensal de funcionamento era de R$ 28 milhões. Com a desativação de leitos, o valor caiu para R$ 9 milhões em agosto.

Durante todo seu tempo de funcionamento, o hospital municipal de campanha Anhembi atendeu 6.350 pessoas e 80 mil exames foram realizados no espaço.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

NACIONAL

Sem máscara, Bolsonaro joga sinuca em bar no Ceará com apoiadores

Publicados

em


source
Bolsonaro sinuca
Reprodução

Bolsonaro joga sinuca com apoiadores no Ceará

Em passagem pelo Ceará, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) causou muita aglomeração ao entrar em um bar para jogar sinuca e cumprimentar apoiadores. No vídeo, Bolsonaro aparece sem máscara, assim como seus apoiadores, que disputam espaço para ver o presidente.

O vídeo foi gravado na região do Cariri, no Ceará. Mesmo com o exército chegando um dia antes para armar o esquema de segurança do presidente, a população da região foi pega de supresa pela visita do presidente.



Um homem ofereceu refrigerante ao presidente e, logo após, ele tentou dar algumas tacadas de sinuca enquanto tirava selfies com moradores. A visita ao bar não estava programada.

Leia Também:  Secretário de Saúde do Rio de Janeiro entrega o cargo após três meses

Essa é a segunda visita do presidente ao estado desde que tomou posse. Em junho, ele foi até Jati, próximo à divisa com Pernambuco, para inaugurar um trecho da Transposição do Rio São Francisco.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA