NACIONAL

Idoso tenta invadir agência bancária com o carro após cobrança de dívida

Publicados

em


source
idoso tenta entrar com carro em banco
Reprodução

idoso tenta entrar com carro em banco

Um homem de 61 anos foi preso depois de tentar invadir uma agência do banco Santander, colidindo com o carro na porta da unidade. Segundo a Polícia Civil, ele também tentou incendiar o local. O caso ocorreu no Município de Limoeiro (PE), na madrugada desta sexta-feira, 30, e teria sido motivado pela cobrança de uma dívida. As informações são do portal G1.

Conforme o delegado Eronildo Rodolfo, responsável pelo registro da ocorrência, o objetivo do idoso era se vingar do banco, porque havia recebido a cobrança de uma dívida. “Ele disse que estava com uma dívida no banco e ficou sabendo que havia saído um mandado de busca de um veículo que ele possui. […] Como forma de se vingar, foi atear fogo no banco”, disse o delegado em entrevista ao G1.

De acordo com Eronildo, o homem chegou à agência por volta de 0h30 e quebrou a porta de vidro do banco com o veículo. Logo depois, ele saiu do automóvel e começou a jogar um líquido inflamável para incendiar a agência. No entanto, policiais militares, que realizavam rondas pela área, conseguiram evitar o incêndio.

Leia Também:  RJ: Polícia Civil enviará à PF informações sobre helicóptero sequestrado

“Quando chegaram, já encontraram o cidadão dentro da agência com material incendiário e já com alguns focos de fogo nas partes internas do banco. Nesse momento, foi iniciada uma negociação para que ele pudesse sair do banco e se render”, afirmou o delegado.

Após a negociação, o idoso foi levado à delegacia do município, onde foi detido em flagrante. O carro e o material utilizado por ele foram apreendidos pela polícia. De acordo com a corporação, o homem estava bastante alterado e nervoso no momento em que foi detido pelos agentes de segurança.

“Ele alegou que o carro era utilizado para o transporte do filho, que tem um tipo de doença, e que o leva para o Recife duas vezes por semana. Ele disse que não teria mais jeito e a última alternativa foi a que ele lançou mão”, contou o delegado.

Leia Também:  Dr. Jairinho participará por videconferência de audiência sobre a morte de Henry

Propaganda

NACIONAL

Ricardo Nunes sanciona projeto que torna igrejas serviços essenciais em SP

Publicados

em


source
Culto religioso em São Paulo
Patrícia Cruz

Culto religioso em São Paulo

O prefeito de São Paulo , Ricardo Nunes (MDB), sancionou ontem (24) o Projeto de Lei que incluem as atividades religiosas na lista dos serviços essenciais durante a pandemia de covid-19. O PL 410/2020 é de autoria do vereador Rinaldi Digilio (PSL), e já havia sido aprovado em uma primeira votação, realizada em dezembro.

“Ficam reconhecidas como serviços essenciais as atividades realizadas pelas igrejas ou templos de qualquer culto, inclusive em situação de emergência, perigo iminente, de calamidade pública ou decorrente de epidemias, ou pandemias”, diz o texto, publicado no Diário Oficial de hoje (25).

A publicação determina que as instituições devem “observar as determinações sanitárias destinadas à prevenção e mitigação da situação de risco, regulamentadas pelos órgãos competentes nos casos de situação de emergência, calamidade pública ou decorrente de epidemias ou pandemias”.

Leia Também:  Queiroga compartilha post antivacina após ser diagnosticado com Covid-19

As igrejas já são reconhecidas como atividades religiosas em todo o estado. Em março, o governador João Doria (PSDB) também assinou um decreto nos mesmos moldes. O Plano SP, que direciona a flexibilização dos estabelecimentos durante a pandemia, já permite a realização de cultos religiosos seguindo as regras sanitárias de distanciamento cultural e uso de máscaras.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA