NACIONAL

Imagem de Nossa Senhora Aparecida aparece decapitada no DF e revolta fiéis

Publicados

em


source
Nossa Senhora decapitada no DF
Reprodução

Nossa Senhora decapitada no DF

Uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, que fica próxima à capela Cristo Rei, na QR 117 de Santa Maria, no Distrito Federal, apareceu decapitada nesta quarta-feira (7). Fiéis que se revoltaram ao ver a obra vandalizada, segundo informações do Metrópoles .

A cabeça da padroeira brasileira estava jogada próxima ao gramado em frente à igreja. Um  boletim de ocorrência foi aberto na 33ª Delegacia de Polícia (Santa Maria).

Segundo o delegado-chefe da unidade, Rodrigo Telho, os agentes entraram em contato com o padre da paróquia responsável pela capela, que confirmou que a estátua foi danificada. “Infelizmente a capela não conta com câmeras de vigilância para identificação dos responsáveis”, informou Telho.

A capela Cristo Rei é vinculada à paróquia Sagrada Família de Nazaré. “Como a imagem era de concreto, a restauração iria demorar, logo optei por removê-la”, informou o padre responsável pelo espaço de oração, o pároco Alan Regis. 

Leia Também:  PGR avalia que Saúde não agiu de má-fé ao cancelar compra de 'kit intubação'

Essa não é a primeira vez que a mesma imagem de Nossa Senhora sofreu atos de vandalismo. O caso segue em investigação.

Propaganda

NACIONAL

Pacheco descarta adiar instalação da CPI da Covid, afirma jornalista

Publicados

em


source
Pacheco descarta adiar instalação da CPI da Covid, afirma jornalista
Agência Brasil

Pacheco descarta adiar instalação da CPI da Covid, afirma jornalista

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, descartou a possibilidade de adiar a instalação da CPI da Covid e afirmou que vai determinar uma sessão para eleger o presidente que vai comandar a comissão. A informação foi publicada nesta quarta-feira (14) pela coluna do jornalista Gerson Camarotti, do portal ‘G1’.

“Estou aguardando os nomes e indicações de partidos. Depois, anunciarei a data para instalação da CPI. Vou determinar que a eleição do presidente da comissão seja presencial e recomendar que funcionamento também seja presencial. Mas caberá ao presidente da CPI determinar, num acordo de procedimento com os demais membros, o que pode ser presencial, o que pode ser semipresencial”, afirmou Rodrigo Pacheco.

O Supremo Tribunal Federal (STF) julga, nesta quarta-feira (14), a decisão do ministro Luís Roberto Barroso que determinou a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que deve apurar as ações e possíveis omissões do governo federal na condução da pandemia de Covid-19.

Segundo a coluna de Camarotti, ministros do STF dão como certa a manutenção da liminar de Barroso, mas estudam uma modulação que deixe clara a prerrogativa do presidente do Senado para definir como será o funcionamento: se presencial, virtual ou num modelo híbrido.

Leia Também:  Caso Henry: Jairinho foi a festa horas após a morte do menino, diz ex-mulher

O governo aposta nessa decisão do STF para ganhar tempo e adiar a instalação da CPI. Para isso, investe no discurso de que não há condições sanitárias para realização de sessões presenciais.

Você viu?

O presidente do Senado mantém firme posição de seguir a decisão do ministro Barroso e garantir a instalação da comissão já nas próximas duas semanas.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA