NACIONAL

Internações no Estado de São Paulo caem pela 4ª semana consecutiva

Publicados

em


source
Equipamentos hospitalares
Agência Brasil

Ocupação de leitos em São Paulo fechou abaixo de 55% pela primeira vez


Em coletiva realizada hoje (28) no Palácio dos Bandeirantes, o governador de São Paulo , João Doria (PSDB), e o secretário estadual de saúde, Jean Gorinchteyn, afirmaram que o número de internações caíram pela 4ª semana no estado. Segundo Doria, São Paulo superou o pior momento da pandemia .


Segundo Doria, em relação ao período de quinta a domingo da última semana, houve redução de 9% em internações e óbitos por Covid-19 em São Paulo. O número de óbitos está caminhando para sua 3ª semana consecutiva em queda.

Pela primeira vez desde a confirmação do primeiro caso no país, que aconteceu em 26 de fevereiro no estado, o índice de ocupação de leitos de UTI fechou abaixo de 55% no Estado e na Grande São Paulo.

Leia Também:  Rachadinha: Ex-assessor de Flávio Bolsonaro fez 16 saques que somam R$ 260 mil

De acordo com os dados apresentados pelo secretário de saúde, o estado fechou com ocupação de leitos em 54,3% enquanto a região metropolitana de São Paulo teve ocupação de 51,9%.

Segundo Doria, em relação ao período de quinta a domingo da última semana, houve redução de 9% em internações e óbitos por Covid-19 em São Paulo. O número de óbitos está caminhando para sua 3ª semana consecutiva em queda.

Gorinchteyn afirmou que os níveis de óbitos por Covid-19 no estado atingiu níveis similares ao da 22ª semana epidemiológica do estado de São Paulo. 

Comparado com a última semana, o número de casos no estado teve queda de 5%, internações de 15% e óbitos 11%. Na Grande São Paulo, a queda de casos foi de 2%, de internações 11% e de óbitos 6%.

O número de casos também apresentou queda, o que, segundo o governador, é o caminho para São Paulo sair do platô e se encaminhar para queda. “Isso não deve inibir precaução, zelo, cuidado e atenção no combate à pandemia “, reforçou Doria. “Nenhum relaxamento deve ser adotado pelos bons resultado conquistados até aqui.”

Leia Também:  Tempo quente neste sábado em São Paulo

Propaganda

NACIONAL

Adminsitração Covas é considerada boa ou ótima para 28% dos paulistanos

Publicados

em


source
Bruno Covas
Andre Bueno / Camara de São Paulo

Desaprovação do tucano caiu nos últimos seis meses.

Segundo dados revelados pelo Ibope, 28% dos moradores da cidade de São Paulo consideram a administração do prefeito Bruno Covas (PSDB) boa ou ótima, o que mostra um crescimento nos últimos seis meses. Os dados foram obtidos em levantamento feito em parceria com o jornal O Estado de S. Paulo e a Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

Ao mesmo tempo em que avaliações positivas subiram, o número de eleitores que consideram a administração Covas ruim/péssima caiu de 32% para 28%. Ao todo, 1.001 eleitores participaram da pesquisa. A margem de erro é de três pontos percentuais.

A pesquisa também questionou os participantes sobre a atuação de Covas na pandemia de Covid-19 e, neste ponto, a aprovação do prefeito chegou em 54%, enquanto que a reprovação ficou em 40%.

Leia Também:  Bolsonaro reforça que preço do arroz não será tabelado após ouvir cobrança

A pesquisa também avaliou os governos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e do governador João Doria (PSDB).  Segundo o levantamento, 27% dos paulistanos consideram a atuação de Bolsonaro boa ou ótima, 24% regular e 47% como ruim ou péssima.

No caso de Doria, houve uma melhora na avaliação. O número de paulistanos que desaprovava seu governo caiu de 44% para 39% e a quantidade de avaliações positivas subiu de 17% para 23%.

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA