NACIONAL

Jovem é morto a pauladas por impedir agressão a mulher no meio da rua

Publicados

em


source
jovem morto
Reprodução

Jovem é morto a pauladas por impedir agressão a mulher no meio da rua

Um jovem foi morto a pauladas por tentar defender uma mulher que estava sendo agredida no meio da rua, na cidade de Igarapé do Meio, no Maranhão, cidade a cerca de 220 km da capital do estado, São Luís. O caso ocorreu no último domingo (22).

Segundo as informações da polícia, o jovem se chamava Gabriel da Silva Reis e tinha 22 anos. Ele passava à noite por uma rua quando viu uma mulher sendo atacada por um homem, que não teve o nome revelado. 

Houve o início de uma discussão e Gabriel acabou atingido com um pedaço de madeira na cabeça, sendo depois agredido várias vezes pelo homem. Ele chegou a ser socorrido por outro homem que passou pelo local, mas chegou ao hopsital sem vida.

Leia Também:  Turista idoso cai de ponte e desaparece em rio em cidade do Pará

A Polícia Civil ainda investiga o caso, assim como a briga envolvendo o homem e a mulher, que não foi hospitalizada. A delegacia na cidade está ouvindo testemunhas e ninguém foi preso até agora.

Propaganda

NACIONAL

Direita faz carreata por impeachment de Bolsonaro após movimento “de esquerda”

Publicados

em


source
Após carreata da esquerda, direita protesta pedindo impeachment de Bolsonaro
Reprodução

Após carreata da esquerda, direita protesta pedindo impeachment de Bolsonaro

Um dia após a carreata convocada por movimentos de esquerda contra o presidente Jair Bolsonaro , a direita também se uniu para protestar da mesma forma. Separados no impeachment de Dilma Rousseff (PT), hoje os movimentos protestam no mesmo fim de semana com um objetivo comum: o impeachment de Bolsonaro.

Neste sábado (23), Povo Sem Medo e Frente Brasil Popular, movimentos de esquerda, convocaram e reuniram grande número de manifestantes em carreatas pelo impeachment de Bolsonaro por todo o Brasil. Na manhã do dia seguinte, o Movimento Brasil Livre (MBL) e o Vem Pra Rua se agruparam pedindo o Fora Bolsonaro pelo país.

MBL e Vem Pra Rua foram às ruas em 2015 e 2016 pedindo o impeachment da então presidente Dilma, enquanto a Frente Brasil Popular e o Povo Sem Medo defendiam a petista. Hoje, os grupos seguem com suas richas e diferenças, mas protestam todos contra Bolsonaro .

De acordo com os organizadores, o formato de protestar pelas  carreatas foi escolhido para tentar reduzir o contágio pelo novo coronavírus, evitando aglomerações como protestos nas ruas impossibilitariam.

Leia Também:  Em todo o país, pessoas "furam fila" para serem vacinadas contra a Covid-19

Você viu?

“Estelionato eleitoral, entregou o governo pro centrão, fez aliança com Toffoli, Aras, Kassio, abandonou pautas econômicas, abandonou o combate à corrupção e sabota o combate à pandemia”, escreveu o MBL ao publicar vídeo do protesto contra o presidente na avenida Paulista, neste domingo. Em São Paulo , o ato partiu do estádio do Pacaembu, na zona oeste, por volta das 10h. Outras carreatas aconteceram também fora da capital, segundo os organizadores.

No Rio de Janeiro , a carreata “de direita” começou por volta das 10h30, na Avenida as Américas e, às 10h, em frente ao Monumento Zumbi dos Palmares, no Centro. Os manifestantes foram, de carro, até a Praça da Bandeira antes de retornarem.

Em Cuiabá e em Belém , as manifestações ocorrem mais cedo, por volta das 9h. Em Belo Horizonte , o ato foi marcado para 15h, na Praça do Papa.

Leia Também:  DF: mulher é presa após jogar faca em ex-namorado; confira vídeo

Confira alguns destaques das passeatas deste domingo contra Bolsonaro

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA